conecte-se conosco


Policial

Filho se apresenta à polícia e confessa que matou a mãe de 71 anos após usar drogas

Publicado

Vítima foi morta no último dia 10 e corpo foi encontrado nessa quinta-feira

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), representou pela prisão preventiva do suspeito de matar a própria e ocultar o corpo por vários dias, no apartamento em que moravam no bairro Jardim Aeroporto, em Várzea Grande.

O suspeito, de 33 anos, filho da vítima, se apresentou espontaneamente, na noite de quinta-feira (26) na DHPP, onde foi interrogado pelo delegado Hércules Batista Gonçalves e confessou o crime.

Ele revelou que matou a mãe no dia 13 de maio, durante uma discussão e que estava sob o efeito de drogas no momento dos fatos. O corpo da vítima foi localizado pela equipe da DHPP na manhã de quinta-feira (26),

Segundo informações, a vítima residia no local há mais de 10 anos com seu filho e há alguns dias os vizinhos começaram a sentir um forte cheiro vindo do apartamento. Na quinta-feira, a síndica e o zelador foram até o apartamento, ocasião em que perguntaram para o suspeito sobre a sua mãe e ele disse que ela estava na cidade de Cáceres.

Enquanto estavam no apartamento, as testemunhas o um pé sobre a cama, desconfiando que poderia se tratar da vítima, porém ficaram com medo e saíram do local, em seguida acionando a Polícia. Neste momento, o suspeito, percebendo que poderia ser descoberto, decidiu deixar o local, saindo do apartamento e trancando a porta.

A equipe da Polícia Militar esteve no local, sendo necessário arrombar a porta do aparamento, ocasião em que os policiais encontraram o corpo já em estado de decomposição avançado em cima da cama, enrolado por vários cobertores. O apartamento estava revirado, com roupas pelo chão e pratos de comidas e alimentos espalhados, além de indícios de uso de drogas no local.

As equipes policiais realizaram diligências para localizar o suspeito, porém sem êxito. O investigado se apresentou na DHPP no início da noite, sendo interrogado, e posteriormente liberado, conforme previsão legal de apresentação espontânea e uma vez que não havia ainda mandado de prisão decretado.

O delegado representou pela prisão preventiva do suspeito ao Poder Judiciário.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil após invadir residência de ex-companheira e tentar enforcá-la

Publicado

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na madrugada deste domingo (26.06), em Água Boa, um homem de 35 anos por crimes de violência doméstica contra a sua ex-companheira.

A vítima procurou a Delegacia de Água Boa e afirmou que foi agredida durante a madrugada, quando o ex-companheiro invadiu a residência, pela janela, por volta das 03h15, e tentou enfoca-la.

Ela conseguiu escapar da agressão porque seu irmão chegou no momento e o agressor fugiu. Antes, ele quebrou o celular da vítima e fez ameaças contra ela.

Após diligências, o suspeito foi preso pela equipe de investigadores em sua residência, quando tentava fugir.

O investigado possui diversos registros criminais. Ele, inclusive, é alvo de medidas cautelares que o proíbem de manter contato com a vítima e da obrigação de recolhimento domiciliar no período noturno.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Agressor é preso novamente depois de sair da prisão, descumprir medida protetiva e ameaçar vítima

Publicado

Um agressor de 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil na sexta-feira (24.06), em Sapezal, após descumprir medida protetiva e ameaçar a ex-mulher, se aproximando de locais em que ela estava e rodando a casa da vítima.

O suspeito estava preso por crimes no âmbito da violência doméstica praticados contra a vítima e após ser liberado da prisão nesta semana, voltou a ameaçar a ex-mulher, que tem uma medida protetiva em vigor.

A vítima procurou a Delegacia da Polícia Civil na tarde de sexta-feira e informou que o agressor voltou a se aproximar dela no mesmo dia que deixou a prisão e também ameaçou pessoas próximas a ela.

Na quinta-feira pela manhã, por volta das 06h30 horas, o suspeito foi até a residência da vítima e ficou esperando por ela na porta do prédio e depois ligou para um familiar da vítima e fez novas ameaças.

Após as informações prestadas ela vítima, uma equipe de investigadores fez diligências e localizou o suspeito próximo ao prédio da delegacia, mexendo no seu veículo que estava estacionado. Ele foi conduzido para a Delegacia de Sapezal e autuado em flagrante pelo delegado Heberth Hugo Montenegro pelo descumprimento de medida protetiva de urgência.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana