conecte-se conosco


Mulher

Fica com a vagina inchada depois do sexo? Saiba possíveis motivos

Publicado

Women's Health

Não há nada como uma maratona de sexo para fazer você chegar lá. Isso é, até vocês descolarem os corpos, rolarem um para cada lado da cama para relaxar, e então você percebe que algo está diferente lá embaixo. É normal ficar com a vagina inchada depois do sexo?

Leia também: Secreção vaginal é sempre ruim? Entenda a diferença entre muco e corrimento

vagina inchada
shutterstock

Ficar com a vagina inchada depois do sexo não é algo normal; mas com o diagnóstico correto, é possível reverter o problema

Assim como você já deve ter imaginado, a resposta é não. Mas não há razão para enlouquecer por isso. Apesar de você e suas amigas não falarem sobre o assunto, isso é bem comum e o problema é fácil de resolver (Ufa!).

Então o que significa uma vagina inchada após o sexo? Há muitas razões para ela ficar um pouco mais ‘gordinha’ pós-coito.

Leia também: Sinto dor na penetração, por que isso acontece? Delas responde

6 razões para sua ficar com a vagina inchada depois do sexo

1. Sexo vigoroso

Lá vai: todas as vezes em que você fica excitada, sua vulva e vagina começam a inchar em razão de todo o sangue que flui na área, segundo a Cleveland Clinic (EUA).

Mas se você notar outros sintomas, como pequenos cortes na abertura da vagina – junto com o inchaço – o motivo pode ser sexo vigoroso. Se esse é o seu caso, você também pode experimentar um pouco de sangramento e a área estar um pouco escura ou azulada, explica Alyssa Dweck, ginecologista de Nova York (EUA) e coautora do livro “V is for Vagina” (V é para vagina, em tradução livre).

Leia Também:  Como montar uma mesa posta para celebrar o Dia dos Namorados?

Não há razão para parar de fazer se o sexo vigoroso for seu estilo. Para reduzir o inchaço, tome um analgésico, ou faça um banho de assento. Sentar em uma banheira cheia de água morna por 15 a 20 minutos também funciona, diz Alyssa.

2. Reação alérgica

Você nota que sua vagina, além de inchada, apresenta uma assadura. É muito possível que sua vagina esteja passando por um processo alérgico ou sensibilidade a algum produto, como o látex da camisinha, ou, até mesmo, o esperma, diz Alyssa. (Uma alergia a sêmen é uma reação alérgica rara às proteínas encontradas no líquido que pode causar vermelhidão, dor, coceira e ardência na área genital).

Muito mais frequente é que o inchaço após o sexo seja resultado de uma sensibilidade do seu corpo ou alergia a produtos como espermicidas, fragrâncias e látex. Para descobrir o que está acontecendo, Alyssa recomenda primeiro eliminar possíveis agentes e, depois, observar como o corpo responde.

Leia também: 5 dicas para melhorar a lubrificação e diminuir o desconforto no sexo

3. Infecção por fungos

Palavras que quase todas as mulheres vão ouvir uma vez na vida. Mas desculpe, garota, se está inchada lá embaixo, candidíase pode ser a resposta.

Primeiro, um lembrete: causada por um fungo chamado candida (que é naturalmente encontrado na sua vagina), essa infecção por fungos é conhecida por seus sintomas comuns, como coceira intensa ao redor da vagina.

Outros sintomas incluem:

  • Dor ao urinar ou durante o sexo
  • Ardência
  • Vermelhidão e inchaço
  • Uma pequena assadura
  • Corrimento espesso e esbranquiçado sem odor
Leia Também:  Estresse pode causar cabelos brancos? Veja quais as outras causas além da idade

Se suspeita que esse seja seu caso, procure um ginecologista.

4. Vaginose bacteriana

Essa condição acontece quando há uma quantidade muito grande de uma certa bactéria na sua vagina, segundo o Centers for Disease Control and Prevention (EUA).

Enquanto ela traz sintomas similares aos da candidíase (dor, coceira, ardência e, sim, inflamação e inchaço), a vaginose bacteriana tipicamente causa um corrimento acinzentado, ralo e com cheiro de peixe, diz Alyssa. Isso dito, também pode ser assintomática (deixando apenas a vagina inchada).

Tecnicamente, a vaginose bacteriana pode desaparecer sem qualquer tratamento. Mas se você está experimentando algum dos sintomas descritos acima, é bom se consultar com um médico, que pode prescrever medicamentos para tratar o problema.

5. Ressecamento vaginal ou atrofia

Transar com a vagina seca pode deixá-la inchada e dolorida. A razão pode ser a falta de preliminares, mas baixos níveis de estrogênio em razão da menopausa, perimenopausa, lactação ou alguns anticoncepcionais podem trazer ressecamento vaginal e atrofia .

Se for o último caso, sua vagina também pode dar a sensação de estar com menos elasticidade.
Para curar, comece levando lubrificante para o seu quarto, para simplesmente reduzir a fricção, que acaba causando o inchaço. Se isso não ajudar, considere visitar um médico para avaliar a possibilidade de suplementar estrogênio.

6. Infecções sexualmente transmissíveis

Certas infecções sexualmente transmissíveis causam inflamação no tecido vaginal, como a clamídia e a tricomoníase, o que resulta em inchaço.

Enquanto a clamídia frequentemente não causa sintomas, a tricomoníase vem acompanhada de vermelhidão, vulva inchada e sangramentos após a relação, além de irritação, odor e um corrimento amarelo acizentado com odor de peixe.

Se sentir qualquer um desses sintomas, procure o seu ginecologista.

Fonte: IG Delas
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mulher

Mulher só descobre gravidez ao entrar em trabalho de parto

Publicado

source

Erin Langmaid, 23 anos, foi surpreendida com uma gravidez inesperada no início do mês. A modelo australiana foi ao banheiro de casa para urinar quando descobriu que, na verdade, estava em trabalho de parto.

Leia também: Gravidez surpresa! Mulher descobre que está grávida e dá à luz no mesmo dia

mulher arrow-options
Reprodução/Instagram

A australiana Erin Langmaid, 23 anos, não apresentou nenhum sinal de gravidez

Sem qualquer sinal de que estava grávida, ela começou a parir a filha, Isla, ali mesmo com a ajuda do namorado, Dan Carty, que ligou para um médico que foi dando orientações em tempo real. “Durou uns 10 minutos. Foi o maior choque da vida”, falou ao Channel 7 .

Ela ainda conta que como não sabia da gravidez, não adotou nenhum cuidado necessário. Sua alimentação não era regrada, ela continuou ingerindo bebida alcoólica e até tomando injeções anticoncepcionais .

Leia também: Mulher descobre gravidez 30 minutos antes do parto acontecer

Felizmente, os hábitos não afetaram a saúde de Isla. A bebê nasceu saudável e pesando 3,4 quilos.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Queridinha do mundo fitness: veja benefícios da pimenta caiena e como usá-la

Publicado

source

Women's Health

Levante a mão se a pimenta caiena fizer você pensar naquelas bebidas detox ou que as influencers fitness tomam diariamente para dar um up no treino. Essas bebidas podem ter tornado essa pimenta famosa, mas ela é considerada um ingrediente ótimo para o bem-estar praticamente desde sempre e traz muitos benefícios para a saúde.

pimenta caiena arrow-options
shutterstock

Pimenta caiena é rica em capsaicina e traz uma série de benefícios para o bem-estar e para o emagrecimento

Leia também: 7 temperos que ajudam a emagrecer

Embora você possa pensar nela só como uma maneira de adicionar mais sabor a sua comida, o tempero também merece algum crédito no que diz respeito a saúde. Mas o que a torna tão especial? Uma coisinha chamada capsaicina, um composto que levou a pimenta a ser usada na medicina tradicional e ficar conhecida por “limpar” bebidas.

A capsaicina é o ingrediente ativo em muitas pimentas, incluindo a pimenta caiena . “É o que torna a pimenta caiena, e outras pimentas, apimentadas”, explica Jamie Alan, PhD, professor assistente de farmacologia e toxicologia na Michigan State University.

“Esse tempero é medido pelas unidades de calor de Scoville, e a capsaicina pura é o limite superior da balança”, diz Alan. A caiena contém mais capsaicina até do que os famosos jalapeños, aquela pimenta verdinha e muito picante. Acredita-se que a capsaicina esteja por trás de muitos dos benefícios à saúde, diz a nutricionista Alissa Rumsey, RD. A ciência realmente sugere que ela pode beneficiar sua saúde de várias maneira!

E quais são os benefícios da pimenta caiena para saúde?

mulher medindo a cintura arrow-options
shutterstock

Pimenta caiena ajuda a acelerar o metabolismo, prato cheio para quem quer emagrecer. Veja mais benefícios


Acelera o seu metabolismo

Como a capsaicina pode aumentar levemente a temperatura do corpo (o que significa que você queima mais calorias), a pimenta caiena pode oferecer um aumento no metabolismo, diz Keri Gans, RD, autor de The Small Change Diet.

O que não fica claro é o quanto a pimenta pode  aumentar seu metabolismo – e a quantidade necessária para que isso aconteça. Além disso, não é exatamente uma pílula mágica do metabolismo: “Uma pitada de pimenta caiena em uma refeição enorme, que consiste em muita gordura e açúcares, não vai reduzir todo o excesso de calorias daquela refeição”, diz Gans.

Leia Também:  Como conquistar o homem de cada signo? Conheça características de cada um

Pode ajudar com a dor

Uma pesquisa bastante forte sugere que a capsaicina pode ajudar com a dor, cremes tópicos feitos a base dessa pimenta estão disponíveis há anos, diz Alan. “Sabemos que a capsaicina funciona reduzindo a quantidade de ‘substância P disponível’, um produto químico importante para a transmissão da dor”, explica Alan.

Quando você usa um creme de capsaicina, “haverá uma queimadura inicial, pois a substância P é esgotada, seguida pelo alívio da dor”, diz Alan. Embora algumas pessoas não estejam super confortáveis ​​com essa queima inicial, a abordagem geralmente funciona bem.

Contém antioxidantes

Você conhece os antioxidantes? Eles são aquelas substâncias que podem impedir ou retardar os danos às células causados ​​por compostos nocivos chamados radicais livres. Você encontrará muitas (incluindo vitamina C e carotenóides) na pimenta caiena, diz Sonya Angelone, RD, porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética.

Pode ajudar com o congestionamento

Embora ainda não haja muitas pesquisas para comprovar isso, o calor de pimenta caiena pode ajudar a eliminar o congestionamento. “A idéia é que a capsaicina possa encolher os vasos sanguíneos no nariz, aliviando temporariamente o congestionamento”, diz Alan.

Pode melhorar a circulação

“Foi demonstrado que pimentas com capsaicina reduzem o colesterol e os triglicerídeos e ajudam a impedir que as células se colem e formem coágulos sanguíneos”, diz Angelone. Todos esses fatores são boas notícias para a circulação sanguínea saudável.

A pimenta caiena tem efeitos colaterais negativos?

mulher com dor no estômago arrow-options
shutterstock

Comidas apimentadas podem ser um veneno para quem tem problemas de digestão. Nesse caso, melhor evitar a pimenta caiena

Coisas picantes, incluindo pimenta caiena, não são para todos. “Embora a comida apimentada não cause azia, ela pode piorar”, diz Rumsey. Se você  sofre de azia e ela fica pior depois de comer pimenta caiena, você pode precisar reduzir um pouco. “Frequentemente, refeições menores e quantidades menores de especiarias podem ajudar a controlar isso”, diz Rumsey.

Leia Também:  Facilitando o dia a dia: qual a maneira correta de lavar bichinhos de pelúcia?

Alimentos picantes também podem irritar o intestino, o que pode fazer com que você faz mais cocô, diz Rumsey. Ótimo.

E, enquanto a pimenta caiena pode adicionar sabor aos pratos, comê-la (e outras coisas super picantes) pura tornar seu paladar menos sensível ao longo do tempo. Sabia?

Por fim, lembre-se de que os cremes para a pele com capsaicina podem irritar a pele se não forem usados ​​com cuidado. Se você planeja experimentar um creme de pimenta caiena, siga as instruções da embalagem com cuidado e lave bem quando terminar de usá-lo para evitar irritações por exposição prolongada, diz Alan.

Entendi. Então, como devo usar pimenta caiena?

pimenta caiena arrow-options
shutterstock

A pimenta caiena pode ser usada in natura ou na versão em pó, desidratada

Embora não esteja claro exatamente quanto pimenta caiena você precisa consumir ou usar para obter seus benefícios, você pode incorporá-la à sua dieta picando algumas pimentas frescas ou comprando ela pronta para ser usada como tempero, diz Gans. (Atenção para as especiarias secas de pimenta caienas: elas são mais concentradas, então são mais picantes e têm mais capsaicina.)

A partir daí, as possibilidades são praticamente infinitas – embora os nutricionistas tenham algumas recomendações.

Adicione-a aos molhos

À procura de um snack apimentado? Gans recomenda adicionar pimenta caiena fresca a aperitivos para deixar tudo mais temperado.

Polvilhe no frango

Se você já se cansou dos seus pratos de frango de sempre, pique um pouco de pimenta caiena e polvilhe-a sobre a proteína.

Coloque em sopas

Deixe suas receitas favoritas de sopa ainda mais picantes adicionando um pouco de pimenta caiena à mistura. Apenas mexa aos poucos, para não exagerar, recomenda Angelone.

Jogue-a sobre legumes salteados

Se você quer inovar no preparo dos seus vegetais preferidos, essa pimenta vai definitivamente dar uma balançada em tudo. Polvilhe um pouco da pimenta seca em sua mistura de tempero habitual para ele ficar ainda mais potente.

Faça um óleo de pimenta

A maneira favorita de Rumsey de usar pimenta caiena: adicione algumas pitadas ao azeite antes de temperar a comida. (Ela adora para dar um gostinho a mais na pipoca.)

Para finalizar: a pimenta caiena pode auxiliar a sua saúde de muitas formas diferentes, mas ela não faz mágina. Use o suficiente para ajudar seu corpo (e para deixar sua comida mais gostosa.)

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana