conecte-se conosco


Cuiabá

Festival de Cultura Popular será realizado no dia 14 de maio na Praça da Mandioca

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro destacou durante a live, transmissão ao vivo no Facebook, desta terça-feira (03), os eventos realizados por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, que têm atraído centenas de pessoas para os espaços públicos de Cuiabá. Além disso, também anunciou a realização do Festival de Cultura Popular, o Carnaval Cuiabano, para o dia 14 de maio, a partir das 19h, na Praça da Mandioca.

Ao todo serão 14 blocos carnavalescos, sendo seis blocos de embalo, seis de enredo e dois de samba. São eles: Bloco Ho Povo Feio Raiz, Bloco Ho Povo Feio 10, Bloco Duque Folia, Unidos do Duque, Flanáticos, Explosão de Cuiabá, Unidos do Carumbé, Boca Suja, Império de Casa Nova, Tradição do Araés, Unidos Do Araés, Divas, Império de Angola e Paiaguais. A animação do palco fica por conta da banda Saca Rolha.

“Nessa linha da cultura popular, autorizamos para o dia 14 de maio, o Festival da Cultura Popular, o Carnaval cuiabano fora de época. Teve a pandemia, algumas cidades brasileiras fizeram isso, o Carnaval fora de época, porque fevereiro ainda estava muito complicada as reuniões e aglomerações e nós transferimos para 14 de maio o Carnaval cuiabano que vai ser lá na Praça da Mandioca, charmosa, linda e cuiabana até a alma. Vamos reunir os blocos carnavalescos. Então, vamos nos encontrar com esses 14 blocos carnavalescos e vamos tremer o chão da Praça da Mandioca com alegria, confraternização, paz, felicidade e famílias ali presente”, disse o prefeito.

Dentre as ações destacadas pelo chefe do Executivo Municipal, está a entrega da obra do Estádio Eurico Gaspar Dutra, realizada no mês de janeiro. Pinheiro também citou a primeira edição do festival gastronômico e cultural ‘Refestela Cuiabá’, realizado em abril para comemorar o aniversário de 303 anos da capital.

“Quero destacar o ótimo momento em que vive a Cultura, Esporte e Lazer da Capital nesse primeiro quadrimestre de 2022. Começou com o Dutrinha, templo do futebol cuiabano que está lá lindo e maravilho devolvido a ao futebol cuiabano e a nossa gente, aos apaixonados assim como eu pelo futebol. Depois veio o Refestela, maravilhoso lá na Praça 8 de Abril, uma festa maravilhosa devolvendo as praças as famílias cuiabanas”, pontuou.

O gestor citou ainda o Festival da Pamonha, realizado pela Secretaria de Turismo, em parceria com a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico.

“Depois veio o Festival da Pamonha lá na comunidade Rio dos Peixes, na Rodovia Emanuel Pinheiro, um sucesso absoluto, milhares de pessoas foram lá nos quatro dias da semana santa gerando mais de 500 empregos diretos e quase 1000 indiretos, meio milhão de reais circulou por ali potencializando o comercio e turismo. Ali foram envolvidos a parte de Turismo, sob comando do secretário Zito Adrien, Cultura, Esporte e Lazer, sob comando do Aluízio Leite, e Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, sob comando do secretário Francisco Vuolo, um sucesso absoluto”, comentou Pinheiro.  

Além disso, a Secretaria de Cultura também realizou o Festival de Culinária Cuiabana Matula, que foi um verdadeiro sucesso. “No último final de semana o Festival Matula, na praça Santos Dumont, um sucesso absoluto com envolvimento de 18 comerciantes, participação de várias escolas e, com isso exercitamos, estimulamos a riquíssima culinária cuiabana e o sucesso foi tão grande durante os três dias, que cerca de 10 mil pessoas superlotaram a restaurada Praça Santos Dumont, que entregamos recentemente a população cuiabana”, acrescentou.

Por fim, o prefeito afirmou que os festivais culturais e de gastronomia serão levados para as praças nos bairros da cidade. “Conversei com eles e quero agora que esses festivais que estão tento total sucesso no centro, sejam levados para as praças dos bairros da nossa cidade, começa regionalmente, praça do Pedra 90, do CPA, do Parque Cuiabá, no bairro Dom Aquino, enfim, esse festival popular cultural, social e de lazer deve ir para os bairros também. Porque a população dos bairros merece essa alegria, essa confraternização, essa festa que está sendo a potencialização da cultura cuiabana”, reforçou Emanuel.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá realiza ação de combate ao trabalho infantil na feira livre do CPA III

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá, via Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, realizou, na noite de sexta feira (24), uma grande mobilização popular de combate ao trabalho infantil na feira livre do bairro CPA III, Região Norte do município. 

A ação de conscientização pertence a ampla programação idealizada pela Gestão Emanuel Pinheiro com a finalidade de exterminar práticas desta natureza na sociedade, bem como alertar a população sobre as consequências devastadoras e irreparáveis ocasionadas nas vítimas. No local foram distribuídos folhetos informativos, banners e orientações sobre o tema, sensibilizando os comerciantes e visitantes sobre a importância de defesa da causa, seguindo as diretrizes do Programa Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). 

A coordenadora do PETI no município, ligada ao Executivo Municipal Rute Merle, afirmou que as iniciativas nesses locais, onde há uma intensa movimentação de pessoas, tiveram início no ano passado e, desde então, passaram a fazer parte do cronograma anual. “Tendo em vista que dentro da agricultura familiar existe um número alto de crianças e adolescentes trabalhando, ainda que seja com seus familiares, porém, não deixa de ser um trabalho que prejudica, principalmente, o desenvolvimento das crianças durante à infância, respectivamente. Somos muito bem recebidos em cada uma das feiras e vamos continuar levando a mensagem e fazendo a nossa parte enquanto representantes do Poder Público”, disse. 

O conselheiro tutelar, Osvir Leite, enfatizou que a presença da equipe em ocasiões como esta é pautada por uma atuação informativa, contribuindo para diminuição dos índices atuais. “Estamos conversando, ouvindo e dialogando de forma passiva, orientando as pessoas para se renderem à essa realidade que ainda persiste nos dias atuais”, completou. 

A moradora Andréia Arruda, elogiou o empenho da Gestão Emanuel Pinheiro em levar o assunto para às ruas da cidade. “Sou contra o trabalho infantil, pois tudo tem seu tempo e hora certa. Tudo que é feito corretamente faz bem para todo mundo”, acrescentou. 

No Brasil, é considerado trabalho infantil toda forma de trabalho exercida por crianças e adolescentes, de ambos os sexos, abaixo da idade mínima legal permitida de 16 anos, exceto perante a condição de admissão em caráter de aprendiz, a partir dos 14 anos completos. 

O encerramento das ações está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (29), nas instalações do Mercado do Porto, com início previsto para às 09 horas. Contudo, os munícipes podem ser um potente agente inibidor de ocorrências desta natureza. Para colaborar é bem simples, ao presenciar casos como este, basta entrar em contato pelo Disque 100 ou pelo telefone: (65) 99206-6741 (Conselho Tutelar Plantão). 

Continue lendo

Cuiabá

Lavagem das Escadaria do Rosário promove mensagem de paz e união entre os povos

Publicado

Luiz Alves

 

Clique para ampliar

Integração cultural, dança, cânticos e muita fé marcaram a 6º edição da Lavagem das Escadarias da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito. Apoiado pela Prefeitura de Cuiabá, o evento foi realizado neste sábado (25) e reuniu milhares de pessoas que, juntas, mais uma vez levantaram a bandeira pela paz entre os povos e pelo fim da intolerância religiosa.

A iniciativa já virou uma tradição na Capital e, por toda importância que carrega, em 2018 foi inserida no calendário oficial de eventos culturais de Cuiabá, por meio da Lei 6.304/2018, sancionada pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Além disso, também já está em processo de registro no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN-MT).

“Cuiabá é construída com base na diversidade cultural e também religiosa. Então, esse evento tem como objetivo promover a integração entre todos esses segmentos e reforçar a mensagem de união e respeito. A gestão Emanuel Pinheiro tem sempre buscado dar sua colaboração para que esse tipo de iniciativa aconteça, pois ela resulta na promoção de uma sociedade mais justa e na valorização dos povos que fazem parte da nossa história”, comentou o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite.

A celebração afro-cultural simboliza a paz e a fraternidade, reverenciando a ancestralidade e ao santo negro São Benedito. O evento é organizado pela Comissão da Lavagem das Escadarias do Rosário e São Benedito e conta com a participação efetiva da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.

A presidente da Comissão da Lavagem, Lindisey de Sá, explicou que para este ano, o evento trouxe como ideia central o lema: “Caminhada da paz, passos que salvam”. Segundo ela, o tema foi pensado levando em consideração o atual cenário mundial, em que a fome, desemprego e guerra entre países tem afligido a humanidade.

“Precisamos dar os primeiros passos para que isso seja resolvido. Se não dermos o primeiro passo para nos ajudar, não vamos conseguir evoluir. Por isso que pensamos nesse tema. O objetivo do evento é unir todos os povos independentes de religião. Aqui há um movimento cultural onde as pessoas, independentes da sua religiosidade, podem ser quem elas são de verdade”, finalizou Lindisey.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana