conecte-se conosco


Esportes

Ferj propõe debate sobre jogos de futebol com público no Rio

Publicado


.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e a prefeitura do Rio manifestaram-se sobre a fase 3 das regras de flexibilização da cidade, que prevê a realização de jogos com a presença de público nos estádios a partir de 10 de julho. Entretanto, em coletiva nesta terça-feira (30), o prefeito Marcelo Crivella disse que não pode garantir, com certeza absoluta, a abertura nesta data.

“Eles [Conselho Científico] analisam a parte médica, e o prefeito vê a parte de transporte, segurança e como a população recebe essas medidas. O conselho diz: dia 10. Não quer dizer que é dia 10. A mesma coisa aconteceu quando dissemos que poderia abrir os shoppings. Teve shopping que não abriu. Estamos analisando”, afirmou Crivella.

Na última sexta-feira (26), a prefeitura informou, em publicação no Diário Oficial, que os torcedores podem ir às partidas, desde que usando máscara, mantendo distância de 4 metros quadrados dos outros e com o estádio recebendo um terço da capacidade de público permitida. O Maracanã, por exemplo, poderia ter jogos com 22 mil pessoas presentes.

Já o comunicado da Ferj defende o debate com vários órgãos e quer também  a participação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). “Em algum momento, embora ainda não definido na prática, tal situação deverá vir a se concretizar e para tanto torna-se fundamental um debate, em razão da complexidade do tema, em que possam ser analisadas as diversas variáveis que fazem parte das operações de jogo”, diz a entidade.

Edição: Nádia Franco

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Covid-19: Copa das Nações Africanas é adiada para 2022

Publicado


.

A Copa das Nações Africanas prevista inicialmente para o ano que vem, foi adiada para  2022, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).  A decisão da Confederação Africana de Futebol (CAF) foi anunciada hoje (30) após reunião  por videoconferência. O evento estava programado para ocorrer entre janeiro e fevereiro de 2021 em Camarões, na África Central. O país está mantido como sede da competição. 

“Após consulta às partes interessadas e levando em consideração a atual situação global, o torneio foi remarcado para janeiro de 2022. A data do torneio final e as demais partidas dos qualificadores serão comunicadas oportunamente”, explicou a CAF, por meio de nota oficial

A edição 33 da Copa Africana envolverá 24 países e ainda faltam quatro rodadas de jogos eliminatórios para definir todos os classificados.

A CAF também cancelou nesta terça-feira (30) a realização de torneios femininos previstos para este ano. A Copa Africana de Mulheres ficou para 2021, também na República dos Camarões. De acordo com relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), o país registra 12.592 infectados e 313 mortes causadas pela covid-19. pela doença.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Esportes

Técnico Bruno Lage deixa Benfica e torcida já sonha com Jorge Jesus

Publicado


.

Fim da linha para Bruno Lage no Benfica. Após a derrota por 2 a 0 para o Marítimo, o técnico pediu demissão faltando apenas cinco rodadas para o término do Campeonato Português. Desde o retorno da competição após a paralisação devido ao novo coronavírus, o time de Lisboa conseguiu apenas uma vitória em cinco partidas.

O baixo rendimento fez o Benfica se distanciar do líder Porto. Há duas rodadas, as águias chegaram a liderar a competição ao vencer o Rio Ave por 2 a 1. Porém, as duas derrotas nas partidas seguintes fizeram a equipe de Bruno Lage ficar seis pontos atrás do grande rival.

O presidente do Benfica, Luís Felipe Vieira, assumiu a culpa pela fase ruim do time e revelou o incômodo de Bruno Lage com a situação.

“Sou o único culpado, não há aqui mais culpados. Sou eu. Nosso treinador, Bruno Lage, quando acabou o jogo, dirigiu-se a mim e me disse: presidente, tens meu lugar a sua disposição, porque entendo que neste momento as coisas não são boas para o Benfica. Não quero dizer que eu não tenha qualidade, não tenha capacidade para dar a volta por cima, como já dei. Mas neste momento não há condições para fazer, toda a gente parece que quer que eu vá embora”.

Primeira Liga - Benfica v Tondela Primeira Liga - Benfica v Tondela

No retorno do Campeonato Português, Benfica empatou com o Tondela diante do Estádio da Luz vazio, mas com cachecóis nas arquibancadas – Tiago Petinga/Pool via REUTERS

O sentimento de que não havia mais clima para a continuidade de Bruno Lage não é exclusividade do treinador. Torcedor do Benfica, Marco Teles, de 32 anos, entende que o técnico cometeu erros que o levaram a “perder o vestiário”.

“Em relação à saída do Bruno Lage, como benfiquista, acho que foi a melhor solução, pois ele, ultimamente, não tem feito as melhores opções. Foi um técnico muito importante no título da temporada anterior, mas neste ano não está tão bem. Ele excluiu alguns jogadores da equipe e voltou a utilizá-los agora nesta fase que a equipe está pior, como o Zivkovic. Tem também o caso do Samaris, que foi muito importante na temporada passada e nesta foi pouco utilizado. Obviamente, isto tem interferência dentro da equipe. Os jogadores sentem esses erros e também começam a falhar. Às vezes parece até falhas propositais para prejudicar a equipe e mandarem o treinador embora”.

E o futuro? Jornais portugueses apontam três opções no momento: Mauricio Pochettino, Jorge Sampaoli e Marco Silva. O favorito seria Pochettino, que está desempregado. O português Marco Silva também está livre no mercado desde a saída do Everton (ING), em 2019. Jorge Sampaoli é o atual treinador do Atlético-MG, e tem carta branca com a diretoria do Galo para contratações e início de um projeto a longo prazo. Apesar das três opções, o torcedor sente saudade de outro treinador, como lembra o benfiquista Marco Teles.

“O Sampaoli eu não sei muito bem o que pode acrescentar ao Benfica e ao futebol português, que é um futebol que ele não conhece. Também se fala no Pochettino, mas não sei se será a melhor solução. Eu, como benfiquista, não me importaria de ver o Jorge Jesus aqui outra vez. Sabendo que é difícil, talvez a melhor opção seja o Marco Silva, por ter sido treinador do Sporting na Liga Portuguesa e conhece bem o futebol português”. 

Jorge Jesus vem sendo cogitado para assumir o Benfica desde o retorno do futebol em Portugal e tem grande apelo dos torcedores, principalmente nas redes sociais. Pelo clube, conquistou três vezes o Campeonato Português, além de uma Taça da Portugal e cinco Taças da Liga de Portugal. O técnico renovou o contrato com o Flamengo até junho de 2021.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana