conecte-se conosco


Policial

Feridos em acidentes com caminhões reduz 57% durante Operação Safra

Publicado

Primeira fase da ação da PRF no Mato Grosso foi realizada em fevereiro e segunda etapa segue até abril

Um bitrem com apenas 57% da frenagem funcionando, um caminhão caçamba levando seis toneladas a mais do que pode transportar e com duas das seis rodas sem freios, outro com a suspensão toda alterada sem autorização, micro-ônibus de transporte escolar com problemas nos freios, nos cintos de segurança e com motoristas não habilitados para esse tipo de transporte.

Esses são apenas alguns das dezenas de flagrantes feitos pela Polícia Rodoviária Federal do Mato Grosso na 1a fase da Operação Safra 2019, realizada entre os dias 5 e 28 de fevereiro. Em 23 dias de atividades, foram fiscalizados 2.331 veículos, sendo 130 recolhidos aos pátios da instituição; foram fiscalizadas 2.111 pessoas, gerados 1.456 autos de infração e feitos 1.126 testes de alcoolemia.

Mas o que mais chama atenção é o resultado da operação com relação à redução no número de acidentes e vítimas, no mês em que ela ocorreu. Enquanto em fevereiro de 2018 a PRF atendeu 297 acidentes no Estado, em 2019 foram 162 (redução de 45.5%), o número de feridos caiu de 236 para 180 (-23.5%) e o de mortos de 20 para 12 (-39%). Com veículos de carga, a quantidade de ocorrências reduziu de 139 para 70 (-49%), de feridos de 55 para 23 (-57%) e de mortos se manteve em duas pessoas.

A operação tem como objetivo a fiscalização do transporte de cargas, a primeira fase teve como foco maior a verificação de freios, suspensão e outros itens, além de excesso de peso e jornada dos motoristas. Essas condutas são intensificadas na segunda etapa que iniciou em 7 de março e segue até o final de abril.

Texto Neocleciana Gonçalves – Nucom PRF/MT
Imagens: PRF

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Rotam prende dois com armas de fogo e 62 munições na Vila Sadia, Várzea Grande

Publicado

O Batalhão Rotam prendeu dois homens (38 e 33 anos) com um revólver, uma espingarda e 62 munições, na noite de sábado (8), na Vila Sadia I, em Várzea Grande. Os suspeitos que são irmãos foram detidos depois que moradores do local ouviram disparos de arma de fogo e acionaram a PM.

Por volta das 19h, os policiais realizavam patrulhamento na Avenida da Feb quando foram acionados via 190 para verificar uma situação de disparos de armas de fogo nas proximidades do Rio Cuiabá. Populares informaram que os autores dos tiros já tinham saído do local em dois carros modelos Fiat Strada e Ford Ka.

Durante a diligência, os policiais identificaram os veículos descritos pelos comunicantes em dentro de uma chácara, na Vila Sadia I. A PM chamou o proprietário do local que autorizou a entrada dos policiais. Na checagem ao local, a Rotam encontrou em um dos quartos da casa, uma espingarda ‘ carabina’ calibre 22, uma sacola com munições, um revólver calibre 38 escondido embaixo de peças de roupas amontoadas, um carregador de arma de fogo e mais munições nos veículos dos suspeitos, totalizando a apreensão de 62 munições de vários calibres.

Os dois homens foram presos por posse ilegal de arma de fogo e conduzidos à Central de Flagrantes.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

 

Continue lendo

Policial

Capotamento na MT 251 mata 4 e deixa 3 gravemente feridos; Vítimas fatais são identificadas (atualizada)

Publicado

Um grave acidente, com capotamento de um veículo, na manhã deste domingo,na rodovia manuel Pinheiro, que liga Cuiabá ao município de Chapada dos Guimarães,  matou quatro pessoas.

Ainda não há muitos dertlhes sobre o desatre, mas o Corpo de Bombeiros informou que pelo menos sete pessoas estavam no carro, cujo motorista perdeu o controle e provocou o capotamento, no local cnhecido como base da Aeronáutica, em frente à Escola Buriti, próximo a Cindacta (base da aeronáutica).

As quatro vítimas fatais ficaram presas entre as ferragens e os bombeiros precisaram fazer o desencarceramento dos corpos.Os outros ocupantes do veículo foram encaminhados em estado grave por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para uma unidade hospitalar de Cuiabá.

Mais tarde, foram identificados Yasmin de Oliveira, 21 anos, Raul Silva, de 30 anos, Jander da Silva Padua, de 30 anos, e Richard Jammes Totimura da Silva Santos, de 25 anos, músico conhecido como Rick Jammes,

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana