conecte-se conosco


Carros e Motos

Fazer carro no México é até 44% mais barato do que no Brasil, aponta estudo

Publicado

Motor Show



VW Tiguan na linha de miontagem
Divulgação

VW Tiguan é um dos modelos fabricados no México e são vendidos no mercado brasileiro hoje em dia


Um estudo realizado pela consultoria PwC Brasil a pedido da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) aponta que produzir um veículo no México custa até 18% menos do que no Brasil. Aplicando os impostos, essa diferença sobe para 44%. (
leia mais no Blog Sobre Rodas
)

LEIA MAIS:  5 coisas que ninguém te contou sobre o Volkswagen Tiguan Allspace

Resultado que afeta a competitividade do produto brasileiro no cenário de exportação e também no mercado interno. De acordo com a PwC Brasil, mesmo importado, um carro mexicano continua 12% mais competitivo no Brasil do que um carro nacional. Já no cenário de exportação, um carro produzido no México ainda é 24% mais competitivo do que um carro brasileiro vendido no país da América do Norte.

De acordo com a PwC Brasil, os fatores que mais pesaram contra o País nessa conta foram os custos logísticos e materiais mais altos, além da carga tributária bem superior. No México, há 16% de impostos incidentes sobre um veículo, enquanto no Brasil esse percentual varia entre 37% a 44%.

Leia Também:  Avaliação: primeiro Honda elétrico aposta na diversão ao volante

LEIA MAIS: Chevrolet Equinox: um dos melhores SUVs da atualidade?

Com 88% dos veículos produzidos no país exportados, o México movimentou US$ 143 bilhões em 2017. No mesmo período, o Brasil exportou US$ 26 bilhões em automóveis.

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Toyota confirma produção de modelo eletrificado na Argentina, com base na Hilux

Publicado

source
Toyota Hilux arrow-options
Roberto Assunção

Produzida na Argentina, a Toyota Hilux é o veículo mais exportado do país vizinho; confira detalhes sobre o seu futuro

O presidente da Toyota Argentina, Daniel Herrero, revelou à imprensa local que a marca japonesa deverá produzir um novo veículo eletrificado no país, com base na Hilux. De acordo com o executivo, a estratégia faz parte dos planos de impulsionar as vendas e a produção de veículos eletrificados no continente. Até o momento, o Corolla híbrido é o único na categoria fabricado na América Latina, em Indaiatuba (SP).

LEIA MAIS: Ranger e Amarok podem ganhar versões SUV de sete lugares, diz site

“Em outros mercados, a Toyota já tem picapes híbridas ou com sistema híbrido leve. Estamos cada vez mais próximos disso na América do Sul. Ainda não temos maiores detalhes, mas a decisão já foi tomada”, diz o executivo. “A Toyota vai produzir um novo veículo eletrificado sobre a base da Hilux, e ele será exportado para todo o continente”.

LEIA MAIS: Picape inédita da Hyundai é vista camuflada antes da estreia

Leia Também:  Triumph divulga teaser da Thruxton RS, versão com mais esportividade

Caminho da eletrificação

Toyota Yaris Sedan arrow-options
Divulgação

O Toyota Yaris também está nos planos de eletrificação da fabricante japonesa até 2025; chefe-executivo do Brasil confirma informação

A Toyota do Brasil já revelou que há um plano para que todos os veículos ofertados no País tenham ao menos uma versão híbrida até 2025. Isso inclui o compacto Yaris, ao qual o chefe-executivo da marca, Miguel Fonseca, confirmou à reportagem do iG Carros que também será eletrificado. “Talvez em uma próxima geração, mas os brasileiros podem sonhar com o Yaris híbrido”, disse o executivo.

LEIA MAIS: VW Nivus é visto camuflado antes da estreia no primeiro semestre

Fonseca também destaca as boas vendas dos modelos híbridos na Europa, onde correspondem a 70% das vendas da Toyota. A marca sempre utilizou a eletrificação como uma de suas grandes campanhas de marketing e nunca escondeu o interesse de lançar novos modelos híbridos em todos os mercados que atua.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Land Rover Discovery 2020 chega ao Brasil; veja preços

Publicado

source

Motor Show

Land Rover Discovery arrow-options
Divulgação

Land Rover Discovery

A Land Rover iniciou as vendas do Discovery Sport 2020. O novo modelo chega ao mercado brasileiro com novo design, aprimoramento do interior premium, e em versões a partir de R$ 232.500,00 na motorização 2.0l P250 flex de 250 cv, além de versões com motor 2.0l D180 diesel de 180 cv.

LEIA MAIS: Polo e Virtus ficam mais completos na linha 2020; veja preços

Entre seus novos recursos, o Discovery Sport 2020 oferece a nova interface de entretenimento chamada InControl Touch Pro Infotainment. Algumas versões contam ainda com o painel de instrumentos digital de 12 polegadas e configuração de 7 lugares (opcional) com arranjo de assentos.

A nova plataforma PTA Premium Transverse Architecture (ou Arquitetura Transversal Premium) da Land Rover é outro mudança. A nova estrutura é 13% mais rígida que a antecessora, reduzindo o nível de ruído e vibração na cabine w dando mais segurança em caso de acidente.

O SUV está disponível em três versões: a S, SE e R-Dynamic SE, todas com a opção de motor P250 flex ou D180 diesel. A topo de linha, R-Dynamic SE, inclui rodas pretas, para-choques dianteiro e traseiro exclusivos e as identificações do modelo no capô e na traseira na cor Shadow Atlas.

Leia Também:  Triumph divulga teaser da Thruxton RS, versão com mais esportividade

No interior, um ar mais esportivo com os assentos em couro preto com costura contrastante, borboletas pretas no volante e soleiras exclusivas. Além disso, conta ainda com fechamento elétrico e automático do porta malas, novo sistema de Navegação Pro, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bancos da segunda fileira com ajustes manuais, assistente de manutenção de faixa, monitor de condição do motorista.

LEIA MAIS: Confira os preços da linha 2020 da Volkswagen Amarok

O novo Discovery Sport é equipado com motores Ingenium 2.0l de 4 cilindros nas versões P250 flex e D180 diesel desenvolvidos pela Jaguar Land Rover. Ambas as motorizações acompanham o câmbio automático de 9 marchas .

Land Rover Discovery arrow-options
Divulgação

Land Rover Discovery mantém sua característica aventureira na linha 2020

No modelo 2020, o acionamento do câmbio passa do seletor rotativo para uma alavanca, com a possibilidade de seleção dos modos Normal e Sport, permitindo as trocas de marcha pela própria alavanca ou pelas borboletas atrás do volante (disponível apenas nas versões R-Dynamic SE).

Leia Também:  Nova Ranger chama Amarok para briga antes de compartilhar DNA

LEIA MAIS: Novo Equinox 1.5 é mais equilibrado que o 2.0 Premier

Aliado a isso, o modelo conta com sistema Terrain Response 2, de série em todas as versões. Com ele, o condutor pode, não só escolher entre cinco modos de direção (Eco, Asfalto, Areia, Grama/Cascalho/Neve e Lama/Buracos) mas, também, contar com o modo Automático, que permite o veículo selecionar o modo mais apropriado para as condições, ajustando as configurações de tração e relação de marchas automaticamente, de acordo com o tipo de terreno, proporcionando o nível mais elevado de segurança e conforto.

Veja abaixo os preços e versões disponíveis do novo Discovery Sport :

VERSÕES

PREÇO

P250 Flex S

R$ 232.500,00

P250 Flex SE

R$ 249.500,00

P250 Flex R-Dynamic SE

R$ 266.985,00

D180 S

R$ 252.500,00

D180 SE

R$ 274.500,00

D180 R-Dynamic SE

R$ 291.985,00

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana