conecte-se conosco


Nacional

Falso “sugar daddy” é preso suspeito de estuprar mulheres

Publicado


source
Eliézer
Reprodução

Eliézer (foto) usava imagem de jornalista americano para enganar vítimas.

Um homem que fingia ser um “sugar daddy” – homem que oferece dinheiro e presentes para mulheres em troca de um relacionamento – foi preso de forma preventiva na última quinta-feira (22). Segundo a polícia, Eliézer de Queiroz Moreira, 33, é suspeito de estuprar e ameaçar as vítimas.

Eliézer utilizava um perfil falso em um site de relacionamento para conseguir atrair as vítimas. Ele usava fotos do jornalista estadunidense Freddy Shermann ao lado de carros e itens de luxo e fingia ser ele.

Nas conversas, o homem dizia que tinha um sobrinho que sofria de depressão e que elas poderiam se relacionar com ele em troca de vantagens. Entretanto, o sobrinho era o próprio Eliézer. Um dos pagamentos feito às mulheres chegou ao valor de R$ 7 mil.

Ao perceberem que era um golpe, as vítimas confrontavam o suspeito, que as ameaçava e as abusava. Ao G1, o delegado Cristiano Maia detalhou um dos golpes cometidos por Eliézer. “Uma das vítimas tinha uma filha com câncer, e ele prometeu que cuidaria do tratamento da menina em troca de favores sexuais. Esse foi um caso que chamou a atenção”, contou ao portal.

O delegado disse que o falso “sugar daddy” responderá por quatro crimes: estupro, estelionato, constrangimento ilegal e corrupção de menores. Ele poderá ser condenado a mais de 30 anos de prisão.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Prefeito de cidade da Bahia agride manifestantes com chicote; veja o vídeo

Publicado


source
Prefeito agrediu manifestantes com cinto na porta de casa
Reprodução

Prefeito agrediu manifestantes com cinto na porta de casa

O prefeito de Barra do Mendes, na Bahia, Armênio Sodré, conhecido como Galego do MDB, usou um chicote para bater em manifestantes na frente da casa dele, na noite de sexta-feira (4). Uma mulher ficou ferida e com marcas da agressão pelo corpo. 

Câmeras de segurança filmaram a ação, e o caso foi registrado na Delegacia de Irecê, a 65 km de Barra do Mendes, e é investigado pela Polícia Civil.

Os protestantes reclamavam da falta de ações de enfrentamento à Covid-19 no município, quando o prefeito chegou de carro, desceu do veículo com o objeto na mão batendo nos manifestantes, que correram.

Os moradores estavam protestando contra falta de ações de enfrentamento à Covid-19 na cidade. O prefeito chegou de carro, já desceu do veículo com um cinto na mão e agrediu os manifestantes. As pessoas correram. Uma mulher que ficou mais distante do grupo acabou ferida. Simone Souza ficou com a mão sangrando e com marcas da agressão pelo corpo.

“Quando a gente estava lá em frente à casa dele, ele [prefeito] chegou, parou o carro, e já desceu do carro dele por trás [das pessoas], todos correram quando viram ele. Eu fiquei para trás porque a mulher dele me desviou atenção chamando meu nome. Foi quando ele partiu para cima de mim com o chicote [cinto] na mão, me chicoteando várias vezes. De imediato, vi minha mão sangrando e fui levada ao hospital de Barra do Mendes”, contou Simone ao g1.

Segundo Simone, os manifestantes são amigos  de um paciente da cidade, que está com Covid-19 e precisa de um respirador ou de transferência para uma unidade de saúde fora de Barra do Mendes.

Prefeito se manifestou

Em nota, Galego do MDB disse que as denúncias dos moradores de desvios de verbas recebidas para o combate à Covid-19 na cidade não procedem.

À TV Bahia, disse que os manifestantes soltaram foguetes em direção à casa dele, pregaram cartazes no portão e no muro da casa, esmurraram e chutaram o portão da residência, assustando as filhas e sua mãe, idosa.

Galego do MDB se desculpou e disse que estava assustado com a situação e que agiu “intempestivamente”.



Continue lendo

Nacional

Mulher derruba ladrão com guarda-chuva e recupera celular em SP; veja o vídeo

Publicado


source
Mulher reage assalto e derruba ladrão
Reprodução

Mulher reage assalto, derruba ladrão e recupera celular furtado

Uma mulher reagiu a um assalto em São Vicente (SP) utilizando um guarda-chuva como arma. As imagens da câmera de segurança de um comércio local mostram duas mulheres aguardando na calçada, quando um homem, em uma bicicleta, pega o celular da mão de uma delas.

Em seguida, uma das pedestres corre atrás do suspeito e atira o guarda-chuva sobre ele, que se desequilibra e cai da bicicleta . As mulheres, então, vão até o ladrão e começam a agredí-lo. Um homem também chega para ajudar a imobilizar o rapaz. Veja abaixo.

O aparelho celular foi recuperado pelas vítimas. Não há registro do ocorrido na Polícia Civil até a publicação desta matéria.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana