conecte-se conosco


Mulher

Existe hora certa para elogiar os filhos?

Publicado

source

Um elogio é uma observação, um comentário favorável sobre alguma coisa, sobre alguém, ou sobre algum fato ocorrido, o elogio tem como função geralmente mostrar satisfação, ou dar um incentivo em relação a algo.

Leia também: Os pais e a dificuldade de entender o que os filhos querem

mãe e filho arrow-options
shutterstock

Você elogia o seu filho o tempo todo? Repensar o hábito pode ser importante par ao desenvolvimento dele

Mas se um elogio é algo tão positivo, porque tem que ter uma hora certa para elogiar?

Estamos falando aqui de mães e pais que confundem elogios com mimo, não conseguem diferenciar os dois e acabam mimando os filhos achando que estão elogiando.

Uma criança pequena come tudo o que esta no prato, a mãe diz:

“Parabéns!! Você comeu tudo”, ou a mãe diz, “Parabéns!! Você comeu tudo, você é o menino mais lindo do mundo, amanhã vai ganhar uma bola”. Nós dois casos são elogios, mas no segundo caso ele esta sendo mimado, ele não precisa ganhar um premio por ter feito uma tarefa básica que é comer.

Você não precisa elogiar o seu filho por coisas que ele simplesmente tem que fazer, ele tem que escovar os dentes, ele tem que tomar banho, ele tem que comer as refeições, ele tem que ir dormir na hora determinada, ele tem que ir a escola, tem coisas que ele tem que fazer.

Leia Também:  Mulher mostra como limpar o fogão com dois produtos que você tem em casa

Quando a criança está aprendendo a fazer essas coisas sozinha, ela precisa sim ser incentivada para isso, mas a partir do momento em que ela ja sabe fazer,  porque continuamos agindo como se as crianças não fossem fazer coisas básicas a menos que os incentivemos, isso é um erro

Leia também: O que fazer para estimular a independência dos filhos?

Quando elogiamos nossos filhos por atos corriqueiros, atos que eles devem fazer independente de incentivo, estamos dizendo para os nossos filhos que eles somente devem cumprir suas obrigações quando tiverem algum tipo de recompensa, mesmo quando a recompensa é somente um elogio.

Se trouxermos isso para a vida adulta, imagine um adulto tendo que ser elogiado porque lavou a roupa ou escovou os dentes, ou ainda porque colocou o prato na pia, isso é surreal não é? Mas será que não é assim que estamos criando nossos filhos?

Alguns pais estão o tempo todo elogiando/mimando as crianças, as crianças acabam aproveitando, mas tornam-se dependentes disso, vão crescendo achando que isso é normal e um pouco maiores, quando estão no mundo real e isso não acontece tanto, começam então os problemas, se frustram, e não entendem porque tudo que fazem não é mais valorizado como antes.

Leia Também:  Limites na infância: Como saber se o que o seu filho faz é certo ou errado?

Crianças mimadas acham que merecem tudo e mais um pouco, mas de quem é a culpa delas ficarem assim?

Acho que já está claro de quem é a culpa, querendo fazer o melhor, estragamos nossos filhos, estamos sempre tão ocupados que queremos compensar de qualquer maneira o que deixamos de fazer.

Leia também: Obediência: muito almejada, pouco conquistada

Esse texto não é pra te dizer que você não deve elogiar o seu filho, mas que existe uma maneira certa e uma hora certa de fazê-lo, não elogie para compensar, para acalmar, não elogie para ficar bem com você mesmo, elogie quando ele merecer.

Pare para observar o seu filho, você vera que ele é muito capaz, deixe que ele desenvolva a sua capacidade, não cerceie isso fazendo elogios desnecessários e muitas vezes falsos.

O comportamento dos adultos, são repetições da infância, quando uma criança aprende ou sente uma coisa de uma determinada maneira, ela tende a repetir pelo resto da vida, muita atenção ao que passamos aos nossos filhos, isso fara com que eles sejam adultos felizes e ajustados.

Fonte: IG Delas
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mulher

Cabelo ruivo: 4 dicas para escolher o tom perfeito para você

Publicado

source

Ter um cabelo ruivo é o sonho de muitas mulheres brasileiras e o tom natural mais acobreado, como o de Marina Ruy Barbosa, é uma das opções mais visadas de quem quer ter o cabelo no tom avermelhado. Apesar disso, a maioria das mulheres não sabe chegar na coloração sem um profissional e acabam insatisfeitas e desapontadas com o resultado.

Leia também: Nem platinado, nem escuro! A tendência do momento é o cabelo loiro neutro

Marina Ruy Barbosa arrow-options
Reprodução/Instagram/marinaruybarbosa

Marina Ruy Barbosa é uma das famosas que são referência para as mulheres que querem ter cabelo ruivo

Por isso, é preciso ter muito cuidado na hora de escolher o tom para o cabelo ruivo , explica o hairstylist e colorista Bruno Oliver, à frente do Oliver Salon, ao Delas . Para ele, a decisão de qual tonalidade mais combina com você vai depender de alguns fatores, listados abaixo: 

1. Tom de pele

“Tons mais acobreados combinam com peles mais claras. Para os tons de pele mais escuros, as colorações mais intensas e fechadas casam bem. Consultar um profissional antes da coloração para ele fazer o processo de visagismo também faz parte do processo de escolha da cor”, diz.

Leia Também:  Conheça 14 novos restaurantes em São Paulo

Leia também: Balayage é tendência para ter cabelo castanho iluminado sem prejudicar os fios

2. Confiança

“A mulher deve escolher uma cor que valorize tanto sua personalidade quanto o estilo que ela se encaixa. O ruivo é uma coloração que nos permite brincar muito. Temos uma infinidade de tons e estilos de tinta, basta saber o desejo da cliente”, explica o colorista.

3. Cores mais vivas

Para as mais ousadas, as cores fantasia, mais puxadas para o vermelho, podem ser uma opção. “Mulheres que curtem o visual mais vivo, a dica é fazer o procedimento e acompanhamento no salão, para não causar danos futuros irreversíveis aos fios. Há salões especializados apenas em colorações fantasia”, indica. 

Leia também: Tendência: cabelo ruivo alaranjado é escolha de Zendaya; inspire-se no visual

3. Ruivos básicos

Também há opção de cabelo ruivo para quem quer um visual mais natural. “Mulheres que não curtem o visual carregado podem apostar no ruivo mais básico. Um tom mais puxado para o cobre costuma agradar a todos nesse ponto. Recomendo que a mulher se atente bem no que quer para não se arrepender depois”, finaliza. 

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 17 de junho de 2019

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Móveis planejados e poucos eletrodomésticos: como decorar cozinhas pequenas?

Publicado

source

Dizem que a cozinha é o coração de uma casa. Transformar esse lugar em um ambiente aconchegante e bonito ao mesmo tempo é um desafio, principalmente quando é uma cozinha pequena.

Leia também: Quanto custa montar um cozinha planejada? Veja a média de valores

cozinhas pequenas arrow-options
Julia Ribeiro

Decorar cozinhas pequenas exige planejamento e organização

Segundo Paulo Cardoso, responsável pela arquitetura da empresa SCA, os móveis planejados são imprescindíveis para projetos de cozinhas pequenas . “Cada centímetro desse ambiente pode ganhar área útil. O mobiliário planejado é um aliado fundamental para não desperdiçar nada do espaço, sem contar que contribuí para a organização”, comenta.

O conceito de “menos é mais” é importante nesses casos. A arquiteta Marta Martins acredita que utilizar os armários planejados pode dar uma “visual mais clean” para a cozinha e uma boa maneira de aproveitar ao máximo os cantinhos que seriam inutilizáveis com móveis pré-fabricados.

Um recurso a mais é “eliminar” alguns eletrodomésticos da cozinha. Nem tudo que você vê nos decorados por aí serve para um cômodo pequeno. Marta sinaliza que alguns itens podem ser riscados da lista de compras.

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 28 de agosto de 2019

“Lava louça, por exemplo, e hoje existe um forno elétrico que é também micro-ondas, você consegue colocar um só. Para aproveitar os espaços temos que pensar o que será essencial para o morador. Pense sempre em ter produtos funcionais e que posso deixar a vista, para que seu uso se torne prático”, indica.

E como fazer a cozinha parecer maior do que ela realmente é?

cozinha pequena arrow-options
Julia Ribeiro

Utilizar prateleiras e mesas embutidas pode ser uma saída para cozinhas pequenas

Se você quer ter um ambiente pequeno , mas que transpareça ser maior, a ideia é seguir as dicas de Marta. “Use cores neutras e claras, pois isso dará mais amplitude para os espaços, a madeira dá um toque de aconchego. Tudo fica a critério do cliente e se possível com a ajuda de um profissional. Nichos e prateleiras são boas dicas também”, aponta a arquiteta.

Algo que também pode ajudar na montagem de cozinhas pequenas é apostar na monocromia. “Valoriza a volumetria e traz conceito para o projeto”, diz Paulo Cardoso. É muito comum encontrar cozinhas em tons cinza, bege ou branco.

Leia Também:  Que tal uma massagem no rosto? Prática pode deixar pele mais firme e jovem

Porém, lembre-se de sempre respeitar o seu estilo na hora de decorar a casa . “Inclua a sua personalidade ao ambiente, pense em revestimento, objetos e cores que tenham ligação com você”, ressalta Marta.

Série sobre apartamentos pequenos

O Delas está produzindo uma reportagem por semana sobre como decorar apartamentos pequenos. A primeira reportagem da série foi sobre banheiros pequenos , a segunda é esta sobre cozinhas pequenas e a próxima será sobre como decorar salas pequenas. Fiquem ligados nas redes sociais do iG para as novidades.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana