conecte-se conosco


Internacional

Ex-ministra da Economia lidera primeiro turno das eleições na Lituânia

Publicado

 A ex-ministra das Finanças da Lituânia e deputada Ingrida Simonyte, que venceu a primeira rodada das eleições presidenciais, apresentou os resultados finais na segunda-feira (13).

Simonyte, apoiada pelo principal partido de oposição do país, a União Nacional-Democratas Cristãos, obteve 31,13% dos votos em uma estreita luta com o economista Gitanas Nauseda, disse a Comissão Eleitoral Central do país depois de contar os votos de todas as 1.972 seções eleitorais.

Nauseda, candidato independente, recebeu apoio de 30,95% dos votos. A diferença entre os candidatos em números absolutos foi 2.647 votos.

Como nenhum dos candidatos recebeu mais de 50% dos votos, o segundo turno das eleições presidenciais será realizado em 26 de maio, juntamente com a eleição do país para o Parlamento Europeu.

“Obrigado a todos pelos seus votos. Duas semanas de trabalho árduo estão pela frente”, disse Simonyte aos repórteres em sua sede eleitoral.

O atual primeiro-ministro da Lituânia, Saulius Skvernelis, apoiado pela União dos Agricultores e Verdes da Lituânia, não chegou ao segundo turno e ficou em terceiro, com 19,72% dos votos.

Leia Também:  Papa Francisco pede a estudantes que deixem o vício do celular

Depois de admitir sua derrota, Skvernelis reiterou sua renúncia ao cargo de primeiro-ministro.

“Já tomei a minha decisão e não quero falar de outras opções. A decisão é renunciar no dia 12 de julho”, disse Skvernelis aos repórteres na segunda-feira de manhã.

Mais de 56% dos eleitores registrados participaram da eleição presidencial.

A presidente em exercício, Dalia Grybauskaite, deve deixar o cargo depois de completar seu segundo mandato em julho.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

OMS declara emergência internacional por surto de ebola no Congo

Publicado

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou hoje (17) que o surto de ebola registrado na República Democrática do Congo configura emergência em saúde pública de interesse internacional. O diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou que é hora de o mundo redobrar os esforços para conter o avanço da doença.

“Precisamos trabalhar juntos em solidariedade ao Congo para dar fim a esse surto e construir um sistema de saúde melhor”, disse. “Um trabalho extraordinário vem sendo feito há quase um ano sob as mais difíceis circunstâncias. Devemos isso a esses profissionais”, completou Ghebreyesus.

A decisão de declarar emergência internacional foi tomada após reunião do Comitê de Emergência de Regulações Internacionais de Saúde da OMS. O grupo analisou fatos recentes do surto na região, incluindo um caso confirmado de ebola em Goma, cidade congolesa de quase 2 milhões de habitantes e que fica na fronteira com Ruanda.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC
Leia Também:  Merkel é vista tremendo pela 3ª vez em menos de 1 mês
Continue lendo

Internacional

Representantes do Brics conhecem inovações agrícolas do Brasil

Publicado

Com o objetivo de conhecer melhor as inovações e as tecnologias agrícolas brasileiras, vice-ministros de Agricultura do Brics, bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, estiveram hoje (17) em Brasília.  Eles conversaram com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e com o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA), João Martins.

O encontro é preparatório da 9ª Reunião de Ministros de Agricultura do Brics, que será realizada em Bonito (MS), em setembro. Além do encontro com a ministra Tereza Cristina e com a cúpula da CNA, os representantes do Brics visitaram uma unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), onde conheceram os laboratórios que testam novas variedades de cana-de-açúcar e bancos de sementes e mudas.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, acompanhada do secretário-executivo, Marcos Montes, abre a Reunião de Vice-Ministros de Agricultura do Brics

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, acompanhada do secretário-executivo, Marcos Montes, abre a Reunião de Vice-Ministros de Agricultura do Brics José Cruz/Agência Brasil

 

Brasil está pronto

Após o encontro com a delegação do Brics, a ministra Tereza Cristina disse que o encontro foi uma oportunidade de mostrar as inovações produzidas pelo Brasil no que se refere à adaptação da agricultura tropical às mudanças climáticas. Ela destacou que o Brasil “está pronto e disposto a contribuir para garantir a segurança alimentar global, incorporando, no centro de sua estratégia, os princípios do desenvolvimento sustentável”. 

Leia Também:  Indianos vão às urnas na penúltima fase das eleições gerais

Lembrando que o Brics é formado por compradores e vendedores de produtos agrícolas, a superintendente de relações internacionais da CNA, Lígia Dutra, disse que o encontro com a delegação do bloco serviu para “aproximar esses mercados da produção brasileira”.

De acordo com o diretor de Relações Internacionais da CNA, Gedeão Pereira, no que se refere à agricultura “o Brasil é a expectativa do mundo”, uma vez que países de grande contingente populacional contam com a produção brasileira para garantir a segurança alimentar de seus habitantes.

Edição: Augusto Queiroz

Fonte: EBC
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana