conecte-se conosco


Internacional

EUA proíbem entrada de viajantes que passaram pelo Brasil

Publicado


.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou hoje (24) um decreto que proíbe a entrada de viajantes que passaram pelo Brasil nos últimos 14 dias. A medida foi tomada devido aos casos registrados do novo coronavírus e deve entrar em vigor em 29 de maio. 

De acordo com o comunicado divulgado pela Casa Branca, a restrição é necessária para “proteger o país” da contaminação pelo novo coronavírus. A medida não será aplicada aos cidadãos norte-americanos, residentes e filhos de residentes menores de 21 anos. 

Mais cedo,  o consultor de segurança nacional da Casa Branca, Robert O’Brien, informou que a medida seria tomada ainda neste domingo. O’Brien disse que os Estados Unidos também analisarão as restrições para outros países do Hemisfério Sul. 

 

Edição: Nélio de Andrade

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

China isola meio milhão de pessoas por causa de nova onda de coronavírus

Publicado


source

A China isolou, neste domingo, quase meio milhão de pessoas numa região próxima a Pequim, que foi atingida em meados de junho por um novo surto da Covid-19, descrito pelas autoridades como “sério e complexo”. As informações são da AFP (Agence France-Press).

homem de máscara
AFP/Wang Zhao

Homem caminha por uma rua em Pequim usando máscara


O país praticamente conteve a epidemia, mas o aparecimento de cerca de 300 novos casos na capital em pouco mais de duas semanas alimentou o medo de uma segunda onda de contágio.

O gabinete do prefeito lançou uma grande campanha de testagem, fechou escolas e pediu à população que não deixasse a cidade, além de ter confinado milhares de pessoas em áreas residenciais consideradas de risco.

As autoridades anunciaram, neste domingo, o confinamento do cantão de Anxin, localizado a 60 quilômetros ao sul de Pequim, na província de Hebei. Apenas uma pessoa por família poderá sair uma vez por dia para comprar alimentos e remédios. Onze casos relacionados ao surto de Pequim teriam sido identificados na região.

O Ministério da Saúde chinês divulgou 14 novos casos da doença em Pequim nas últimas 24 horas, elevando o total para 311 desde o início desse novo surto, detectado em 11 de junho no mercado atacadista de Xinfadi, no sul da cidade, que fornece produtos frescos a supermercados e restaurantes.

Cerca de um terço dos novos casos relatados até agora está relacionado à seção de carne bovina e de cordeiro do mercado, informaram autoridades da cidade em entrevista coletiva.

Os testes de diagnóstico são direcionados principalmente àqueles que frequentavam o mercado, funcionários de restaurantes, entregadores e moradores de áreas residenciais consideradas de risco.

No total, 8,3 milhões de amostras foram coletadas e 7,7 milhões foram analisadas, anunciou o município no domingo. Isso equivale a quase metade da população de Pequim, de 22 milhões de habitantes.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Trump compartilha vídeo de eleitor gritando “White Power”

Publicado


source
donald trump
AFP

O presidente americano Donald Trump compartilhou um vídeo racista no Twitter

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , compartilhou um vídeo nas redes sociais em que foi possível ouvir o lema supremacista branco ” White Power ” (poder branco), dito por um dos seus eleitores. A publicação foi apagada em poucas horas, após Trump receber críticas de um senador negro republicano. A Casa Branca alegou que o governante não tinha ouvido a expressão sendo dita no vídeo.

Na postagem, Trump havia escrito: “Obrigado ao formidável povo de The Villages”, local em que as imagens foram registradas. O vídeo mostrava manifestantes contra e a favor de Trump. Um manifestante chamou um dos apoiadores do presidente de racista. Em resposta, o homem levantou o punho gritando ” White Power “.

Em resposta, Tim Scott , único republicano negro no Senado, disse em entrevista à CNN que “não há dúvida de que ele não deveria retuitar isso” e que a postagem deveria ser deletada. “Certamente, o comentário sobre o poder branco foi ofensivo e indefensável”, disse Scott .

Desde a morte do afroamericano George Floyd , sufocado por um policial branco, Trump tem sido acusado de ter postura hostil em relação aos atos contra violências raciais ocorridas nos Estados Unidos. 

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana