conecte-se conosco


Internacional

EUA: atirador mata ao menos três pessoas em hospital de Tulsa

Publicado

source
Homem abriu fogo em um hospital de Tulsa, nos Estados Unidos
Reprodução

Homem abriu fogo em um hospital de Tulsa, nos Estados Unidos

Um atirador invadiu um hospital loclaizado na cidade de Tulsa, no Estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, e matou ao menos três pessoas nesta quarta-feira (1). Policiais locais afirmam que o criminoso foi morto após o tiroteio.

 A cena foi descrita pelos policiais, segundo a imprensa local, como “catastrófica”. O St. Francis Health System bloqueou seu campus  por causa da situação no Natalie Medical Building. O edifício Natalie abriga um centro cirúrgico ambulatorial e um centro de saúde da mama.

“Temos vários andares… com centenas de quartos e centenas de pessoas dentro do prédio. Estamos tratando isso como uma cena catastrófica”, afirmou o capitão Richard Meulenberg ao canal de televisão CNN.

Um atirador invadiu um hospital loclaizado na cidade de Tulsa, no Estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, e matou ao menos três pessoas. Policiais locais afirmam que o criminoso foi morto após o tiroteio.

A polícia de Tulsa atendeu a um chamado nesta tarde sobre a presença de um homem munido de um rifle em um prédio do St. Francis Hospital.

No momento, policiais vasculham o prédio do hospital a procura de outras possíveis ameaças.

O presidente Joe Biden esteve na cidade de Tulsa nesta quarta-feira para participar de uma cerimônia que lembrou os 101 anos do massacre de Tulsa, quando um grupo de supremacistas brancos atacou um bairro negro da cidade.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Internacional

Tempestade destrói navio e deixa 27 estão desaparecidos em Hong Kong

Publicado

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos
Reprodução/Twitter

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos

Um navio partir ao meio após ser atingido pela tempestade tropical Chiba neste sábado (2), em Hong Kong. Segundo as autoridades, 27 pessoas ainda estão desaparecidas.

A embarcação estava a 160 milhas náuticas, ou 257 km, do porto de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade. Autoridades locais estimam que os ventos ultrapassavam os 140 km/h e as ondem atingiram 10 metros de altura onde o navio foi encontrado.

As buscas começaram na manhã de hoje, noite no Brasil, após uma notificação de outros barcos. Três tripulantes foram socorridos com vida até o momento.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em depoimento, eles afirmaram que os desaparecidos foram arrastados pelas ondas, o que prejudicou as buscas no local.

As autoridades chinesas informaram que as buscas devem continuar até o fim da noite, se as condições climáticas permitirem. A equipe ainda expandiu o raio de procura devido à grande quantidade de desaparecidos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Tempestade destrói navio e deixa 27 desaparecidos em Hong Kong

Publicado

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos
Reprodução/Twitter

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos

Um navio partir ao meio após ser atingido pela tempestade tropical Chiba neste sábado (2), em Hong Kong. Segundo as autoridades, 27 pessoas ainda estão desaparecidas.

A embarcação estava a 160 milhas náuticas, ou 257 km, do porto de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade. Autoridades locais estimam que os ventos ultrapassavam os 140 km/h e as ondem atingiram 10 metros de altura onde o navio foi encontrado.

As buscas começaram na manhã de hoje, noite no Brasil, após uma notificação de outros barcos. Três tripulantes foram socorridos com vida até o momento.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em depoimento, eles afirmaram que os desaparecidos foram arrastados pelas ondas, o que prejudicou as buscas no local.

As autoridades chinesas informaram que as buscas devem continuar até o fim da noite, se as condições climáticas permitirem. A equipe ainda expandiu o raio de procura devido à grande quantidade de desaparecidos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana