conecte-se conosco


Internacional

EUA acusam Hezbollah de estocar armas e nitrato de amônio em toda a Europa

Publicado


source
a
Reprodução

A alegação de que o Hezbollah está movendo e armazenando nitrato de amônio em toda a Europa vem seis semanas após uma explosão devastadora no porto de Beirute


Os EUA acusaram o Hezbollah de armazenar armas e nitrato de amônio para uso explosivos em esconderijos de em toda a Europa nos últimos anos, com o suposto objetivo de preparar-se para futuros ataques ordenados pelo Irã.


A declaração foi feita pelo coordenador de Contraterrorismo do Departamento de Estado, Nathan Sales, que pediu aos países europeus que adotem uma linha mais dura contra o movimento político xiita libanês apoiado por Teerã e as milícias.

A alegação de que o Hezbollah está movendo e armazenando nitrato de amônio em toda a Europa surge seis semanas depois que um depósito cheio de nitrato de amônio detonou no porto de Beirute, devastando a capital libanesa.

Está em andamento uma investigação sobre a explosão e como o produto químico, que é usado tanto como fertilizante quanto como explosivo, ficou no porto por seis anos após ser confiscado de um navio. O Hezbollah tem influência significativa no funcionamento do porto.

“Posso revelar que esses depósitos [de armas do Hezbollah] foram transferidos da Bélgica para a França, Grécia, Itália, Espanha e Suíça. Também posso revelar que depósitos significativos de nitrato de amônio foram descobertos ou destruídos na França, Grécia e Itália”, disse Sales em uma aparição em vídeo no Comitê Judaico Americano, grupo de defesa com sede nos Estados Unidos.

“Por que o Hezbollah armazenaria nitrato de amônio em solo europeu? A resposta é clara. Pode conduzir grandes ataques terroristas sempre que seus líderes em Teerã considerarem necessário”, acrescentou Sales.

A União Europeia (UE) designou a ala militar do Hezbollah como um grupo terrorista, mas não a sua ala política, devido à falta de unanimidade sobre o assunto. O Reino Unido e a Alemanha nomearam toda a organização como entidade terrorista no início deste ano, e os Estados Unidos têm feito lobby para que o resto da Europa faça o mesmo.

“O Hezbollah representa um perigo claro e presente para os EUA. O Hezbollah representa um perigo claro e presente para a Europa hoje”, disse Sales.

“O resultado final é que a abordagem da UE, desde 2013, simplesmente não funcionou. A designação limitada da chamada ala militar do Hezbollah não dissuadiu o grupo de se preparar para ataques terroristas em todo o continente. O Hezbollah continua a ver a Europa como uma plataforma vital para suas atividades operacionais, logísticas e de arrecadação de fundos. E continuará a fazê-lo até que a Europa tome uma ação decisiva , como o Reino Unido e a Alemanha fizeram.”

As acusações dos EUA surgiram em um momento de tensão cada vez maior com o Irã desde que o presidente Donald Trump retirou os EUA de um acordo nuclear de 2015 com Teerã e começou a impor um amplo embargo econômico e financeiro.

Neste fim de semana, os EUA alegarão que as sanções da Organização das Nações Unidas (ONU) contra o Irã voltarão a vigorar, após uma suspensão de cinco anos depois do acordo nuclear, embora quase todos os outros membros do conselho de segurança da ONU debatem que os EUA têm o direito de acionar a reimposição de as sanções.

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Homem fazia sexo com galinhas enquanto esposa filmava

Publicado


source
,
Yorkshire Live WS

Rehan Baig foi proibido de manter animais e colocado no registro de criminosos sexuais para sempre


Um homem, que fez sexo com suas galinhas de estimação enquanto sua esposa o filmava, foi condenado a três anos de prisão pelo tribunal de Bradford Crown, no Reino Unido. Rehan Baig, 37, também teria imagens de abuso sexual infantil em seu computador.


Baig recebeu a pena após se confessar culpado por crimes como manter relações sexuais com galinhas, com um cachorro e guardar imagens de abuso sexual infantil. Sua esposa , Haleema Baig, 38, foi condenada a seis meses depois de admitir que filmou seu marido .

O juiz descreveu Baig como “depravado, pervertido e desprezível”. Ele está proibido de criar animais e foi colocado na lista de criminosos sexuais pelo resto da vida.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Sem medo da Covid-19: brasileiros fazem festas clandestinas nos EUA

Publicado


source
Brasileiros organizam e participam de festas clandestinas nos Estados Unidos
Reprodução

Brasileiros organizam e participam de festas clandestinas nos Estados Unidos

Brasileiros que residem em Bostonnos Estados Unidos estão sendo denunciados por organizar e divulgar festas clandestinas na cidade, que atualmente está classificada como “zona vermelha”, por conta da alta de casos do novo coronavírus (Sars-Cov-2). As informações são da BBC News.

Estes encontros ganharam atenção de noticiários locais, que classificaram os eventos como ” superdisseminadores ” de Covid-19 . Pela repercussão, o assunto virou tema nos gabinetes de prefeito e deixou a polícia local em alerta, tanto que dois brasileiros que participaram das festas já foram presos desde o mês passado.

Segundo os organizadores, estes eventos chegam a reunir até três mil pessoas, a maioria delas jovens, que todavia não usam máscaras ou mantem distanciamento social.

“A preocupação é a aglomeração de pessoas sem máscaras e o fato de as pessoas estarem se comportando como se tudo estivesse normal. Estamos em meio a uma pandemia e a cidade de Everett é a quarta com mais contaminações no Estado”, crítica a vereadora Stephanie Martins para a BBC, que tem dupla cidadania, brasileira e americana.

A polícia de Westborough , cidade próxima a Boston, que também fica no estado de Massachusetts, informou que tem recebido inúmeras denúncias no perído entre 1h e 3h da manhã de música alta e aglomerações. Os eventos reunem mais de 100 pessoas e são conhecidos como ‘Car Meetings’. Segundo a reportagem, pelo menos 3 grupos de produtores brasileiros organizam eventos naquela região.

Todos esses eventos são organizados em grupos privados no Facebook e no WhatsApp. ” O Coronavírus nunca me afastou “, é dito em dos convites divulgados nos grupos. Um dos mais conhecidos se chama “Baile do Monstro”, que reúne os frequentadores em estacionamentos.

Na cidade de Everett (6 km de Boston), um jornal local noticiou as festas brasileiras com o título ” Um desrespeito “.

“as festas são principalmente destinadas à comunidade brasileira na região da grande Boston” e relembra que a cidade está classificada como “zona vermelha, o que não permite que os comércios e organizações da cidade possam evoluir para o estágio de reabertura”, é dito na reportagem principal da publicação.

“Que vergonha. É por isso que brasileiro tem estigma no exterior”, indaga uma moradora da área. Por outro lado, há quem defenda a realização:

“As festas dos hispânicos estão sempre lotadas e ninguém fala nada. Não dá para controlar o número de pessoas em evento ao ar livre, a festa é do povo”, questiona um mineiro em uma publicação que denunciava os eventos.

Escolas permanecem fechadas e parques foram fechados novamente por conta da alta de infecções pelo novo coronavírus.

Em Boston , capital do estado e cidade mais populosa de Massachusetts, com 694 mil habitantes, já registrou quase 19 mil casos e 771 óbitos em decorrência da Covid-19.




Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana