conecte-se conosco


Cuiabá

Estudantes da rede publica municipal de Cuiabá retornam às salas de aula

Publicado


Jorge Pinho

Clique para ampliar

As 167 unidades da rede pública municipal de Educação retomaram nesta segunda-feira (27) as atividades pedagógicas presenciais. Conforme determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, as aulas, no formato híbrido, acontecem com número reduzido de estudantes por sala de aula (50% da capacidade de cada sala) e adoção de medidas de biossegurança e distanciamento físico, necessários neste momento de pandemia.

A secretária municipal de Educação, Edilene de Souza Machado, a secretária-adjunta de Educação, Débora Marques Vilar, e 87 assessores pedagógicos acompanham as unidades durante o dia de hoje.

Na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Maria da Gloria de Souza, no bairro Baú, Regional Leste, pais, estudantes e profissionais estavam ansiosos. Na unidade educacional, todos estavam preparados para receber os estudantes.

A diretora da unidade, Solange Pereira Carvalho, contou que desde o início da pandemia a unidade vem se preparando para o retorno das aulas presenciais, com adequações físicas como a reforma da cozinha, pintura de toda a unidade, instalação de portões eletrônicos, aquisição de equipamentos e de produtos para a limpeza, e formação dos profissionais.

“Na unidade, todos os profissionais já estão vacinados e os cuidados são os mesmos, tanto para eles quanto para os estudantes. Todos ao entrarem na unidade verificam a temperatura, passam pelo tapete sanitizante. Nas salas, as carteiras estão afastadas e temos um número reduzido de alunos. Os estudantes foram divididos em grupos que virão em dias alternados”, explicou Solange Pereira.  

A unidade atende a 382 estudantes da Pré-Escola (I e II) até o 6º Ano do Ensino Fundamental. Ao todo, são 41 profissionais, entre professores e técnicos. Nesta segunda-feira, 50 estudantes tiveram aulas presenciais. Ao longo desta semana, a unidade entregará máscaras para as crianças.

A secretária Edilene Machado acompanhou o retorno das aulas presenciais no CMEI Cel. José Meirelles, na EMEB Henrique da Silva Prado, na creche Lucila Forte e na EMEB Santa Cecília.

“Agora é o momento da escola pós-pandemia. Este é um momento de grande emoção para todos nós, ver as crianças chegando à escola, ver os pais trazendo as crianças. Esperamos que dê tudo certo e acredito que vai dar certo. E precisamos que os pais confiem nas unidades e orientem seus filhos. Todas as unidades estão seguindo os protocolos e orientações de biossegurança, conforme é a marca da gestão Emanuel Piheiro em todas as decições durante a pandemia”, disse a secretária Municipal de Educação, Edilene Machado.

A gestora explicou ainda que nesta semana as unidades funcionarão de segunda a quinta-feira. Na sexta-feira as equipes gestoras irão avaliar a primeira semana, e verificar se nesse momento de readaptação será necessário continuar assim ou se volta a funcionar na sexta-feira.

Para os pais, o retorno é uma grande esperança. Uma das mães disse que decidiu autorizar o retorno da filha porque se sentiu segura. “Nada substitui o professor e a sala de aula presencial. Senti que minha filha estava com certa dificuldade”, disse ela.

Os estudantes cujos pais ainda não se sentem seguros em encaminhar seus filhos, continuarão recebendo atendimento de forma remota. As aulas gravadas estão disponíveis no @portaldaescola cuiabana e outras plataformas pedagógicas e aqueles que tem dificuldade em acessar a internet continuarão recebendo as atividades impressas e material estruturado dos programas.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

‘Bares, restaurantes, boates e similares ainda terão que cumprir horários de fechamento estipulado em decreto’, orienta secretário da Ordem Pública

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

O secretário de Ordem Pública do Município, Leovaldo Sales,  orientou ao segmento econômico, principalmente, o comércio noturno, que uma das medidas previstas no Decreto nº 8.712 –  assinado pelo prefeito em exercício  José Roberto Stopa, na tarde desta terça-feira (26), revoga o toque de recolher (que funcionava de segunda-feira a domingo, no período das 2h às 5h). No entanto,  ele mantém em vigência os horários de fechamento do comércio ainda devem seguir o previsto no Decreto 8.430/2021, de 14 de maio.

Ele ainda informa que a Secretaria de  Ordem Pública continuará realizando fiscalizações para que o comércio continue observando  as  medidas de biossegurança previstas em normativas, como o distanciamento de mesas,  o uso de máscara, além capacidade de 70% em locais como restaurantes, bares e casas de shows com 50% da capacidade máxima do estabelecimento. Ainda, a fiscalização vai verificar a regularidade do estabelecimento com relação ao alvará de funcionamento.

“Queremos informar à população cuiabana e aos empresários  que trabalham com as atividades comerciais noturna, restaurantes, bares e casas de shows e conveniências, que o Decreto 8.712 /25 de out de 2021 – apesar de revogar o toque de recolher, mantém  em vigência as medidas de biossegurança, como o distanciamento, utilização das máscara  e outros. E a Ordem Pública vai continuar fiscalizando a regularidade dos estabelecimentos, se este possui alvará e principalmente  focando nas vigências do decreto. Queremos ter nesse prenúncio de normalidade a melhor relação possível assim como tivemos até agora, na esperança que essa normalidade venha o mais rápido possível”, pontuou Sales. 

O documento assinado pelo prefeito em exercício, autoriza a reativação da utilização do ponto eletrônico nos órgãos públicos municipais como forma de controle de frequência dos servidores públicos. A providência leva em consideração a retomada das atividades presenciais, ocorrida anteriormente, e não se aplica a secretários, adjuntos e ainda às pessoas que desempenham funções incompatíveis com o sistema eletrônico. determina que as demais medidas contidas no Decreto nº 8.430, de 14 de maio de 2021, continuam em vigor até o dia 1º de novembro de 2021. Respeitando os apontamentos técnico-científicos feitos com base no monitoramento diário da evolução da Covid-19 em Cuiabá, as medidas podem ser alteradas ou prorrogadas.  

O Disque-denúncia da Secretaria Municipal de Ordem Pública está  ativo para recebimento de denúncias em horário comercial. A denúncia recebida pode ser anônima ou identificada. Após o recebimento, a Gerência de Fiscalização acionará a equipe mais próxima para vistoria e demais procedimentos.  O telefone do disque-denúncia é o (65) 3616-9614, de segunda à sexta em horário comercial. No período noturno, finais de semana e feriados, o contato é direto com as equipes do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) pelo telefone 190.

 

Continue lendo

Cuiabá

Câmara aprova projetos de lei e pareceres na sessão desta terça

Publicado


Walfredo Rafael/Secom Câmara

A sessão ordinária aconteceu no formato híbrido

Dois projetos e dois pareceres favoráveis à uma proposta foram aprovados pelos parlamentares


Na sessão ordinária desta terça-feira, 26 de outubro, os vereadores fizeram a análise de 12 matérias que tramitam na Câmara Municipal de Cuiabá. Dois Projetos de Lei, dois pareceres emitidos pelas comissões e oito Projetos de Decreto Legislativos foram aprovados pelos vereadores.
&nbsp

O Projeto de Lei que visa instituir o Regime de Previdência Complementar será votado na próxima sessão. O adiamento aconteceu após entendimento entre os parlamentares.


Em segunda discussão, foi aprovada a propositura que dispõe sobre a transparência na execução de emendas impositivas parlamentares.


O Projeto de Lei nº 269/2021, que dispõe sobre a obrigatoriedade no site oficial da Prefeitura de Cuiabá de informações sobre as obras públicas paralisadas, foi aprovado em primeira discussão.


O PL de autoria do vereador Wilson Kero Kero (Podemos) que visa dar maior transparência e pede que “os motivos da paralisação, o período de interrupção e a nova data prevista para o término” sejam informados à população.

&nbsp

Dois pareceres favoráveis, emitidos pelas Comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e Trabalho Administração, Serviços e Obras Públicas (CTASOP), ao Projeto de Lei que dispõe acerca da divulgação e inserção de informações, legislações e contratos relacionados à Covid-19, no Portal da Transparência Coronavírus, também foi aprovado pelos vereadores.


Durante a sessão, foi mantido o parecer de rejeição da CCJR ao projeto de Lei Substitutivo ao Projeto de Lei nº 007/2021, que dispõe a gratuidade em estacionamentos localizados nos estabelecimentos hospitalares públicos ou particulares, clínicas, laboratórios associações e cooperativas médicas para paciente internado e seu acompanhante.


Oito projetos de decreto legislativo que visa conceder título de cidadão (ã) cuiabano (a) e ordem do mérito legislativo também foram aprovados.

Confira os projetos que estavam em pauta nos links: https://sic.tce.mt.gov.br/52/assunto/listaPublicacao/id_assunto/809/id_assunto_item/9228
http://legislativo.camaracuiaba.mt.gov.br/


Assista à sessão ordinária desta terça-feira: https://youtu.be/vnAGajtgFbY

Secom Câmara

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana