conecte-se conosco


Mato Grosso

Estudantes da Arena da Educação são finalistas da 12ª Mostra Estadual de Ciências, Tecnologia e Inovação

Publicado


A Escola Estadual Governador José Fragelli, a Arena da Educação, classificou três projetos entre os finalistas da 12ª Mostra Estadual de Ciências, Tecnologia e Inovação (MECTI), promovida pela da Secretaria de Estadual de Ciências, Tecnologia e Inovação (Seciteci).

São três trabalhos voltados para a área esportiva, uma vez que a escola, que funciona na Arena Pantanal, é vocacionada ao esporte. A apresentação será online nesta quarta-feira (21.10).

O projeto Barra de Cereal: Nutrição para Alunos/Atletas visa a criação de barra nutricional para os alunos de escola plena Arena da Educação como forma de complementação nutricional. O trabalho é da aluna Maria Eduarda Dedé, do 1º ano do ensino médio, supervisionado pelo coordenador pedagógico Cleiton Santana. O projeto pode ser conferido AQUI.

O projeto Statsimple tem como foco o treinamento de técnicos e cadastramento de estatísticas de jogadores de basquete de Mato Grosso e será apresentado pelo aluno Cawan Melo, do 3º ano do ensino médio, tendo como orientador o professor Fernando Vieira. Veja  AQUI o projeto.

O projeto iSports Play – conteúdo digital de esportes – mostra o desenvolvimento de conteúdo digital em esportes direcionados aos professores de educação física do Estado. Será apresentado pelo estudante Vinícius Grawe, do 2º ano do ensino médio, supervisionado pela orientadora de práticas esportivas Majô Dias. Confira AQUI, os detalhes do projeto.

Segundo Majo Dias, o iSports Play é um projeto de distribuição de conteúdo interativo de práticas esportivas especializadas para educadores e alunos.

“As adaptações ao mundo digital, inclusive nas escolas públicas, e a escassez de conteúdos em vídeo com referências confiáveis e linguagem adequada, torna necessária a produção e distribuição de materiais com qualidade audiovisual, referenciados e bem elaborados e com distribuição gratuita”, assinala.

O projeto será desenvolvido na escola ou em teletrabalho. Todos os aplicativos, programas e softwares são utilizados em suas versões gratuitas ou anteriormente adquiridas e os dispositivos são de posse da escola ou de uso pessoal, não havendo custos operacionais no momento.

“Para o futuro, intencionamos firmar parcerias colaborativas para custeio do projeto a médio e longo prazo. O público-alvo são educadores das escolas públicas e privadas, além de estudantes. O projeto atenderá 585 pessoas de imediato, (número de inscritos no canal) e estima-se atender mais de 50 mil pessoas (educadores e estudantes de MT) ainda no primeiro mês de projeto”, ressalta.

Maju Dias explica que a quantidade total de beneficiados que poderá ser atendida, é imensurável no momento, visto que a plataforma fica disponível para acesso mundial. Nos testes iniciais, o alcance de visualizações totais da plataforma já é superior a 15 mil em sete meses. A ideia é levar conteúdo de qualidade e com linguagem acessível aos alunos de todos o estado e, por que não, do país e assim colaborar na socialização do ensino dos esportes desenvolvidos na Arena da Educação. Os esportes atendidos na arena: vôlei de praia, basquete, atletismo, futsal, xadrez, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação e tênis de mesa.

Para Majo Dias, a expectativa é a melhor possível, pois são projetos maravilhosos e que vão ao encontro com a vocação da nossa escola, além de darem mais importância ao protagonismo que os alunos tanto trabalham na escola plena, bem como já incentiva que trabalhem seus projetos de vida.

“Nossa intenção é trabalhar todos os projetos, independentemente do resultado da Mostra pois acreditamos que os alunos se dedicaram e que podem desenvolver os trabalhos. Em 2021 queremos amplia-los e tornar a Arena conhecida não somente pelas medalhas esportivas, mas também pelos resultados acadêmicos e científicos”, salienta.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Diretrizes para orçamento de 2022 são apresentadas à sociedade durante audiência pública

Publicado


A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) realizou nesta quinta-feira (13.05) uma audiência pública para debater com a sociedade o Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para exercício financeiro de 2022. A apresentação foi realizada de forma virtual, com transmissão ao vivo pelo canal da Sefaz no Youtube, seguindo os procedimentos para conter a propagação do coronavírus (Covid-19).

Essa é a primeira vez que o Poder Executivo disponibiliza mecanismos que permitem a participação popular durante o processo de elaboração da peça que estabelece os parâmetros para o orçamento estadual. Além da audiência realizada, a Sefaz promoveu uma consulta pública eletrônica na qual o cidadão escolheu quais ações devem ser priorizadas em 2022.

De acordo com os dados apresentados, a receita projetada para o próximo ano é de R$ 24.368,99, o que representaria uma variação positiva de 6,8% em relação à receita estimada para 2021. O levantamento aponta que o Governo de Mato Grosso manterá a economia em recuperação em 2022, mesmo diante da crise sanitária e financeira que se instalou no país, devido a pandemia do Covid-19.

O cenário positivo é decorrente das diversas medidas adotadas pelo Executivo desde 2019 que possibilitaram a melhora do quadro fiscal e o alcance do equilíbrio receita e despesa pública, ainda em 2020. É importante ressaltar que os dados apresentados durante a audiência pública desta quinta-feira (13.05) são prévios e podem sofrer alterações até a aprovação do PLDO 2022 pela Assembleia Legislativa. A previsão é de que o projeto seja entregue ao Legislativo até o final deste mês.

A apresentação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias foi conduzida pelo secretário adjunto do Orçamento Estadual, Ricardo de Almeida Capistrano, que apresentou a estrutura do PLDO e os requisitos que devem ser considerados durante a sua elaboração. Conforme a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal, o PLDO deve conter as metas fiscais; as metas e prioridades da administração pública; as diretrizes para a elaboração e execução dos orçamentos; e as disposições relativas às despesas com pessoal e encargos sociais e benefícios aos servidores.

Segundo Ricardo Capistrano, o objetivo é justamente construir um projeto de lei coerente à política, diretrizes e metas fiscais. “O planejamento orçamentário deve ser elaborado obedecendo o equilíbrio entre receita e despesa, o cumprimento das metas fiscais, transparência, melhoria da eficiência e eficácia, fomentando ações que resguardam a sustentabilidade fiscal e a garantia da execução financeira do orçamento”, explica.

Participaram da audiência pública representantes da Assembleia Legislativa, da Defensoria Pública, do Ministério Público e do Tribunal de Contas. O evento foi acompanhado, ainda, pelos secretários (as) adjuntos (as) e equipe técnica da Sefaz.

O vídeo da audiência pública está disponível no canal da Sefaz, na plataforma do Youtube, e a apresentação com os dados pode ser consultada no site da secretaria, assim como o resultado da consulta pública sobre o PLDO 2022, realizada no mês de março.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Quinta-feira (13): Mato Grosso registra 379.928 casos e 10.327 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (13.05), 379.928 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 10.327 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.725 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 379.928 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.964 estão em isolamento domiciliar e 359.091 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 397 internações em UTIs públicas e 332 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 74,91% para UTIs adulto e em 38% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (80.683), Rondonópolis (27.812), Várzea Grande (26.005), Sinop (19.981), Sorriso (13.052), Tangará da Serra (12.561), Lucas do Rio Verde (11.696), Primavera do Leste (10.257), Cáceres (8.062) e Alta Floresta (7.300).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 325.573 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 677 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quarta-feira (12), o Governo Federal confirmou o total de 15.359.397 casos da Covid-19 no Brasil e 428.034 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 15.282.705 casos da Covid-19 no Brasil e 425.540 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quinta-feira (13).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana