conecte-se conosco


Mato Grosso

Estudantes da Arena da Educação são finalistas da 12ª Mostra Estadual de Ciências, Tecnologia e Inovação

Publicado


A Escola Estadual Governador José Fragelli, a Arena da Educação, classificou três projetos entre os finalistas da 12ª Mostra Estadual de Ciências, Tecnologia e Inovação (MECTI), promovida pela da Secretaria de Estadual de Ciências, Tecnologia e Inovação (Seciteci).

São três trabalhos voltados para a área esportiva, uma vez que a escola, que funciona na Arena Pantanal, é vocacionada ao esporte. A apresentação será online nesta quarta-feira (21.10).

O projeto Barra de Cereal: Nutrição para Alunos/Atletas visa a criação de barra nutricional para os alunos de escola plena Arena da Educação como forma de complementação nutricional. O trabalho é da aluna Maria Eduarda Dedé, do 1º ano do ensino médio, supervisionado pelo coordenador pedagógico Cleiton Santana. O projeto pode ser conferido AQUI.

O projeto Statsimple tem como foco o treinamento de técnicos e cadastramento de estatísticas de jogadores de basquete de Mato Grosso e será apresentado pelo aluno Cawan Melo, do 3º ano do ensino médio, tendo como orientador o professor Fernando Vieira. Veja  AQUI o projeto.

O projeto iSports Play – conteúdo digital de esportes – mostra o desenvolvimento de conteúdo digital em esportes direcionados aos professores de educação física do Estado. Será apresentado pelo estudante Vinícius Grawe, do 2º ano do ensino médio, supervisionado pela orientadora de práticas esportivas Majô Dias. Confira AQUI, os detalhes do projeto.

Segundo Majo Dias, o iSports Play é um projeto de distribuição de conteúdo interativo de práticas esportivas especializadas para educadores e alunos.

“As adaptações ao mundo digital, inclusive nas escolas públicas, e a escassez de conteúdos em vídeo com referências confiáveis e linguagem adequada, torna necessária a produção e distribuição de materiais com qualidade audiovisual, referenciados e bem elaborados e com distribuição gratuita”, assinala.

O projeto será desenvolvido na escola ou em teletrabalho. Todos os aplicativos, programas e softwares são utilizados em suas versões gratuitas ou anteriormente adquiridas e os dispositivos são de posse da escola ou de uso pessoal, não havendo custos operacionais no momento.

“Para o futuro, intencionamos firmar parcerias colaborativas para custeio do projeto a médio e longo prazo. O público-alvo são educadores das escolas públicas e privadas, além de estudantes. O projeto atenderá 585 pessoas de imediato, (número de inscritos no canal) e estima-se atender mais de 50 mil pessoas (educadores e estudantes de MT) ainda no primeiro mês de projeto”, ressalta.

Maju Dias explica que a quantidade total de beneficiados que poderá ser atendida, é imensurável no momento, visto que a plataforma fica disponível para acesso mundial. Nos testes iniciais, o alcance de visualizações totais da plataforma já é superior a 15 mil em sete meses. A ideia é levar conteúdo de qualidade e com linguagem acessível aos alunos de todos o estado e, por que não, do país e assim colaborar na socialização do ensino dos esportes desenvolvidos na Arena da Educação. Os esportes atendidos na arena: vôlei de praia, basquete, atletismo, futsal, xadrez, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação e tênis de mesa.

Para Majo Dias, a expectativa é a melhor possível, pois são projetos maravilhosos e que vão ao encontro com a vocação da nossa escola, além de darem mais importância ao protagonismo que os alunos tanto trabalham na escola plena, bem como já incentiva que trabalhem seus projetos de vida.

“Nossa intenção é trabalhar todos os projetos, independentemente do resultado da Mostra pois acreditamos que os alunos se dedicaram e que podem desenvolver os trabalhos. Em 2021 queremos amplia-los e tornar a Arena conhecida não somente pelas medalhas esportivas, mas também pelos resultados acadêmicos e científicos”, salienta.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Curso de capacitação em Gestão de Projetos auxilia servidores da Sedec

Publicado


Servidores da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec), participaram de curso de capacitação de Gestão de Projetos na segunda-feira (23.11) e na quarta-feira (25.11).

De acordo com um dos palestrantes, Paulo Ferreira, gestor do Núcleo de Gestão Estratégicas para Resultados (NGER), o treinamento tem como objetivo aumentar a eficiência dos trabalhos na secretaria. “Nosso objetivo é mostrar as técnicas de gerenciamento de projetos, baseados no Project Management Body Of Knowledge (PMBOK), para melhorar na condução dos projetos dos coordenadores, superintendentes, gerentes e técnicos “, comenta.

O primeiro encontro foi realizado na segunda, onde foi explicada a parte teórica, como o que é projeto, quais são áreas de conhecimento e como ele se organiza. “Esse tipo de conhecimento é importante para que o servidor mais tarde consiga aplicar a parte teórica na prática”, assegura, Adoniram Judson Almeida assessor técnico na Unidade de Prospecção de Novos Negócios e Capacitação de Recursos, que também é palestrante do evento.

No segundo dia, o foco foi a metodologia, quais os documentos são necessários para o projeto e quais são os caminhos que ele percorre até ser aprovado.

Para a coordenadora de Produção Agropecuária e Florestas Plantadas, Laura Stella Ferreira de Azevedo e Silva, o curso é de extrema importância. “Esse curso acabou se tornando muito importante para tirar as dúvidas”, comenta. A servidora menciona ainda que não sabia que em projetos se deve calcular tantos os riscos negativos como os positivos e por isso acabou “travando” no termo de abertura do projeto (TAP). No entanto, agora se sente mais segura para prosseguir com o documento.

É provável que aconteça um terceiro encontro com turmas separadas pela adjuntas. “Eles irão escolher um projeto e então será aplicado a nova metodologia para que mais tarde eles executem com mais segurança”, explica. A data será combinada entre as equipes.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

MT Gás e Senai vão preparar profissionais para a instalação do Kit Gás

Publicado


A Companhia Mato-Grossense de Gás (MT Gás) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) vão capacitar profissionais que serão responsáveis pela manutenção e instalação dos chamados kit gás.

A instalação do conversor possibilita que os veículos possam utilizar Gás Natural Veicular (GNV). A capacitação será os dias 1º a 14 de dezembro, no prédio do Senai em Várzea Grande. O curso terá duração de 40 horas e é voltado para mecânicos. As aulas são gratuitas e ministradas no período noturno.

Conforme os pré-requisitos o candidato deve ser maior de 18 anos, ter conhecimento em mecânica automotiva e elétrica básica. As matrículas devem feitas no SENAI Várzea Grande, localizado na Av. Dom Orlando Chaves, nº 1.536. As vagas são limitadas.

A ação faz parte do programa de incentivo do consumo de gás natural no estado, que está sendo implantando pela Companhia Mato-grossense de Gás (MTGÁS). A empresa buscou novos investidores para a área de conversão de veículos, com o compromisso de auxiliar na capacitação de mão de obra.

Esta é a segunda turma do curso que foi realizado e ofertado também no mês de setembro de 2020. A previsão é que ao todo sejam treinadas 10 turmas com cerca de 160 profissionais para atuar no setor.

Outras informações: (65) 3688-1224

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana