conecte-se conosco


Policial

Estelionatário é preso após se passar por funcionário de mercado e retirar carga de cerveja avaliada em R$ 16 mil

Publicado

Ao todo, foram retiradas 600 caixas de cerveja do atacadista

Um estelionatário foi preso na terça-feira (11) no bairro Vista Alegre, em Cuiabá, ao tentar retirar de um supermercado atacadista, uma carga de cerveja avaliada em R$ 16 mil. Passando-se como representante de um supermercado do município de Diamantino, ele apresentou um pedido para transportar dois carregamentos de cerveja, com quase 600 caixas da bebida, retirou a mercadoria e a colocou em um caminhão.

Desconfiados, os funcionários ligaram para supermercado em Diamantino, que negou ter feito o pedido do carregamento. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu interceptar o caminhão na  avenida Tuiuiú, no bairro CPA 4.

Ao ser questionado sobre para onde estaria levando o carregamento de cerveja, o estelionatário disse que foi contratado para entregar os produtos para outra pessoa. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Leia Também:  Acusado de passar informações para assalto que resultou na morte de servidora pública em Várzea Grande é preso
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Mulher é detida por apropriação de celular achado

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma jovem na posse de um aparelho celular furtado foi presa pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta terça-feira (20.08), no município de Confresa (1.160 km a Nordeste), durante investigação do furto.

M.C.A.N., 24 anos, responderá pelo delito de apropriação de coisa achada. A suspeita foi surpreendida em uma residência no bairro Setor Genoveva, em poder o telefone móvel que foi recuperado.

Em diligências para elucidar o furto do celular da marca Samsung, ocorrido no mês de maio, em uma residência no bairro Jardim Vitória, os policiais civis conseguiram identificar o local onde o aparelho estava, em um imóvel no bairro Setor Genoveva

Em checagem pelo número de IMEI foi constatado se tratar do produto de furto. Na ocasião, uma encontrada na posse do aparelho celular e alegou que havia achado o telefone caído em um canteiro de plantas, nas proximidades de um cartório, bem como acabou se apropriando do objeto sem procedência. 

Diante dos fatos, M.C.A.N. foi conduzida à Delegacia de Confresa para esclarecimentos. Ela foi ouvida  e será indiciada por apropriação de coisa achada, conforme artigo 169 do CP, com pena de detenção de 1 mês a 1 ano ou multa. Já o aparelho celular recuperado será restituído para vítima.

Leia Também:  Polícia Civil participa de seminário sobre trabalho infantil

A Polícia Civil destaca a importância do cidadão, que vier a apropriar-se de coisa alheia, tem o prazo de 15 dias para devolução do objeto, sendo assim para não incorrer no crime.

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Órgãos de defesa do consumidor fiscalizam posto de combustível alvo de denúncia

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Mais um posto de combustível da Capital foi alvo de fiscalização em uma ação conjunta da Delegacia Especializada do Consumidor, da Polícia Civil, em parceria com Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem/Inmetro) e Procon Municipal, realizada na manhã desta terça-feira (20.08), na Capital.

A ação de fiscalização tinha o objetivo de averiguar uma denúncia referente a erros de vazão na bomba de combustível, ou seja, quando o abastecimento no tanque do carro é menor do que o registrado na bomba,

Segundo o delegado da Decon, Antonio Carlos de Araújo, a denúncia foi realizada via Centro Integrado de Operações Especiais (Ciosp) contra um posto de combustível de bandeira Shell, no bairro Jardim Petrópolis, em Cuiabá.

As bombas de combustível do estabelecimento apresentaram vazão regular dentro dos limites, sendo que o erro máximo admissível para as bombas de -0,5% (que apesar de negativo, tem efeito em favor do consumidor) e 0,3% (positvo, mas em prejuízo ao consumidor).

Leia Também:  Peão e mãe de menor acusados de estupro de vulnerável têm prisão preventiva decretada em Colíder

“As equipes foram até o local, onde foram realizadas as devidas vistorias, não sendo encontrada nenhuma irregularidade no estabelecimento, porém ficando demonstrado que os órgão de Defesa do Consumidor estão atentos e vigilantes a qualquer prejuízo ao cliente”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana