conecte-se conosco


Policial

Estado reduz expediente para conter avanço da Covid-19

Publicado


.

A partir da próxima segunda-feira (15) o expediente nas repartições públicas do Estado passa a ser das 07h30 às 13h30. O decreto nº 520 regulamentando a medida foi publicado na noite desta quarta-feira (10) e visa contribuir com o isolamento social como forma efetiva de evitar a propagação do novo coronavírus. A decisão do Governo levou em conta o aumento exponencial dos casos no Estado.

Os servidores continuarão trabalhando em regime de revezamento como vem ocorrendo desde o início da pandemia. Quando liberados do comparecimento físico, deverão prestar suas atividades de maneira remota obedecendo a mesma carga horária.

Os servidores do grupo de risco deverão atuar apenas em teletrabalho, assim como aqueles que tenham tido contato direto com casos confirmados de coronavírus ou que apresentem sinais e sintomas gripais, tais como tosse, febre, coriza, dor de garganta e dificuldade para respirar.

Caso as atividades desempenhadas pelo servidor sejam incompatíveis com o teletrabalho a administração poderá lotar o servidor em unidade que seja possível a realização de trabalho remoto.

Também está proibida a circulação de pessoas nos prédios públicos sem o uso de máscara facial, mesmo que seja artesanal.

Os atendimentos deverão ser realizados preferencialmente por meio eletrônico ou via telefone, e quando isso não for possível, os atendimentos presenciais deverão ser agendados visando evitar aglomerações.

Para contribuir com o isolamento social e evitar a propagação da Covid-19, o Governo do Estado também decretou ponto facultativo nesta sexta-feira (12). As exceções são os órgãos que trabalham em regime de plantão, que exercem atividades essenciais como a segurança e a saúde.

 

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Homem descumpre medida protetiva, ameaça ex-companheira e é preso pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) prendeu nesta segunda-feira, 27 de setembro, um homem de 32 anos por descumprimento de medida protetiva contra a ex-companheira.

O mandado de prisão foi cumprido pela equipe do Núcleo de Defesa da Mulher e Crimes Sexuais da Delegacia de Sorriso.

Conforme inquérito instaurado pelo delegado Márcio Portela, em abril deste ano a vítima procurou a Polícia Civil e requereu medidas protetivas diante das reiteradas ameaças feitas pelo suspeito.

Contudo, mesmo após ser notificado das condições e medidas definidas pela Justiça e da consequência do descumprimento, em meados de setembro o suspeito mandou mensagens a familiares da vítima ameaçando matá-la e também a perseguia em diversos lugares.,

Diante da conduta reiterada do suspeito, o delegado representou pela prisão preventiva. O juiz Anderson Candiotto decretou a medida cautelar de monitoramento eletrônico e, posteriormente, a prisão.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia prende envolvido em explosão de caixa eletrônico em supermercado de VG

Publicado

O suspeito já estava com ordem de prisão expedida pela Justiça por envolvimento em crime de roubo anterior

Um homem suspeito de envolvimento na explosão de um caixa eletrônico ocorrido em um supermercado em Várzea Grande foi preso pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (27), durante diligências dos policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) para apurar o crime.

O crime ocorreu na madrugada de sexta-feira (24) no interior de um supermercado, no bairro Hélio Ponce, causando estragos no estabelecimento e em outros comércios próximos.

A equipe de investigadores da GCCO buscava elementos para identificar os envolvidos na explosão do caixa eletrônico, quando receberam informações da possível participação do suspeito no crime.

Com base na denúncia, os policiais realizaram diligências conseguindo localizar o suspeito no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. Em checagem no sistema, foi verificado o mandado de prisão em aberto contro o investigado pelo crime de roubo.

Ele foi conduzido para a GCCO, onde interrogado pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, negou a participação na explosão do caixa eletrônico. Posteriormente, o suspeito foi encaminhado para Gerência Estadual de Polinter, onde foram tomadas as providências para cumprimento do mandado. “As investigações seguem em andamento para identificar a possível participação do suspeito no crime, uma vez que, neste primeiro momento não foram encontrados elementos que comprovem o seu envolvimento”, disse o delegado.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana