conecte-se conosco


Mato Grosso

Estado garante distribuição de vacinas contra a Covid-19 em tempo recorde aos municípios

Publicado


O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual da Saúde (SES-MT), trabalha em uma força tarefa para que a vacina contra a Covid-19 chegue aos municípios o mais rápido possível. A ação faz parte do Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 em Mato Grosso e prevê, caso necessário, o apoio de seis aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

O envio será feito assim que o Ministério da Saúde disponibilizar o imunizante, afirma o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, ao sinalizar que o Estado está preparado para a distribuição da vacina – seja via terrestre ou áerea.

“Assim que recebermos a vacina no aeroporto, o Estado vai iniciar a distribuição. Cuiabá e Várzea Grande terão acesso aos medicamentos imediatamente. Na sequência, considerando a quantidade que recebermos, o Estado vai encaminhar os imunizantes para os 14 polos regionais, que serão a ponte de distribuição aos municípios”.

Com o objetivo de promover a adequada logística da vacina, com segurança, efetividade e equidade, a SES vai ampliar a Rede de Frio Estadual e já viabiliza uma Central Estadual e mais quatro Centrais Regionais (Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis e Sinop), assim como a aquisição de equipamentos de refrigeração e frota adequada para distribuição terrestre. O investimento estimado é de R$ 2,2 milhões.

Atualmente, a Rede de Frio Estadual conta com uma Central Estadual localizada em Cuiabá, 14 Centrais Regionais localizadas nas regiões de saúde de Mato Grosso, aproximadamente 756 Salas de Imunização ativas, além de um Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE).

De acordo com Gilberto Figueiredo, a vacinação seguirá o Plano Nacional de Imunização (PNI), definido pelo Ministério da Saúde. No entanto, a logística, bem como a segurança necessária para a distribuição das vacinas e dos insumos para a aplicação, serão disponibilizadas pelo Governo do Estado.

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição será feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e o Ministério da Defesa. Nos casos em que for necessário, o Ciopaer disponibilizará sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

Nos próximos dias, os 141 municípios de Mato Grosso devem começar a receber as agulhas que já se encontram em estoque e que serão utilizadas no plano de vacinação contra a Covid-19. A SES também providenciou a aquisição suplementar de 6,5 mil seringas para o enfrentamento de vacinação, com investimento na ordem de R$ 2,8 milhões.
 
Vacinas

No plano de vacinação do Governo Federal está a vacina AstraZeneca, produzida pela Fiocruz, em parceria com a Universidade de Oxford, e o imunizante CoronaVac, vacina produzida pela farmacêutica SinoVac em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo. Ambas indicadas para pessoas acima de 18 anos e com aplicação de duas doses. O prazo para a segunda dose da CoronaVac é de 14 a 28 dias, sendo de 90 dias para a AstraZeneca.

Enquanto não há a confirmação do envio por parte do Governo Federal, da quantidade de doses a ser enviada aos Estados, a equipe da SES alinha estratégias para a logística de vacinação, reforçando que, havendo qualquer alteração no PNI, o plano estadual se adequará à mudança.

“Não sabemos se iremos receber as duas vacinas. Sabemos que iremos receber vacina. Se recebermos 270 mil doses para esse primeiro grupo vamos praticamente iniciar a vacinação de todos, se recebermos um lote inferior a isso, nós vamos pactuar regionalmente com os secretários municipais sobre qual estratégica iremos adotar. O Governo de Mato Grosso vai atuar com as vacinas adquiridas pelo Ministério e, se no futuro houver a disponibilidade para fazer aquisição de vacinas, faremos a compra para ampliar a cobertura vacinal no estado”, concluiu Figueiredo.

De acordo com o Plano Nacional de Imunização, os grupos prioritários para a campanha são trabalhadores da área da saúde (incluindo profissionais da saúde, profissionais de apoio, cuidadores de idosos, entre outros), pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas, população idosa, indígena aldeado em terras demarcadas aldeados, comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas, população em situação de rua, comorbidades, trabalhadores da educação, pessoas com deficiência permanente severa, membros das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores do transporte coletivo, transportadores rodoviários de cargas e população privada de liberdade.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Centro de Triagem Covid-19 retoma atendimentos aos sábados

Publicado


O Centro de Triagem Covid-19, instalado na Arena Pantanal, retorna os atendimentos aos sábados. A medida já começa a vigorar nesta semana, após a alta na procura pelos serviços ofertados no local.

Com a ampliação nos dias de funcionamento, o atendimento no Centro de Triagem será de segunda a sábado, exclusivamente das 7h às 17h. O número de senhas distribuídas será mantido em até 900 por dia, sendo 500 senhas emitidas pela internet – por meio do link triagem.mt.gov.br – e 400 senhas presenciais entregues das 6h às 6h45.

O secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, explica que a medida se fez necessária diante do aumento da procura pelo serviço disponibilizado no Centro de Triagem.

“Para suprir essa demanda, decidimos retornar com o funcionamento aos sábados. Essa ação é importante no enfrentamento do coronavírus, pois contribui para o diagnóstico e tratamento de um maior número de pessoas. A ação tende a diminuir a transmissibilidade do vírus, já que o paciente detectará a doença em tempo hábil, cumprirá a medida de isolamento e seguirá o tratamento orientado pelo médico”, entende o gestor.

Aberto ao público desde o dia 22 de julho, o Centro de Triagem Covid-19 atendeu até o dia 03 de março de 2021, 121.791 mil pessoas. Desse total, 20.624 testaram positivo para o novo coronavírus, 66.818 tiveram o resultado negativo e 34.349 apresentaram quadro suspeito da Covid-19.

No mesmo período, foram realizadas 9.035 tomografias, exame de avaliação dos pulmões que auxilia no diagnóstico e tratamento da doença. Para o tratamento dos pacientes que testaram positivo ou que apresentaram a suspeita de coronavírus, a farmácia da unidade já entregou 54.973 medicamentos. Os remédios são fornecidos somente após realização de consulta e prescrição médica.

O Centro de Triagem é um reforço para a rede de Atenção Básica dos municípios, que é uma atribuição das gestões municipais. Esse auxilio visa ao atendimento de pessoas que apresentam sintomas leves da doença. Para os casos graves, que necessitam dos recursos de uma internação, a porta de entrada continua sendo as unidades de saúde da rede municipal, como Unidades de Pronto Atendimento e Pronto Socorro.

Novo teste

O Centro de Triagem já utiliza há um mês o teste de pesquisa de antígeno, considerado mais efetivo pelos especialistas e ideal para o diagnóstico de pessoas com a Covid-19. Em vez de uma análise do sangue, o teste faz a análise da secreção da nasofaringe. Essa secreção é extraída com o swab e colocada numa solução de soro, para que seja dissolvida a amostra. Cinco gotas deste líquido são adicionadas à placa de teste e em 15 minutos sai o resultado.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Procon Mato Grosso fiscaliza supermercados em cumprimento a Decreto Estadual

Publicado


Considerando o Decreto Estadual n°836, o Procon-MT deu início à fiscalização em supermercados e atacados de Cuiabá e Várzea Grande. Na ação, os fiscais de defesa do consumidor verificam o cumprimento das regras contidas no decreto, entre elas: uso obrigatório da máscara, distanciamento social, número reduzido de circulação de pessoas e disponibilização de produtos de higiene nos estabelecimentos. 

O objetivo principal da ação é o controle do crescimento da taxa de contaminação de Covid-19 no Estado. Nesta primeira fase, a fiscalização vai percorrer 14 supermercados, sendo que outras ações relativas ao Decreto nº 836 devem ocorrer nas próximas semanas. 

De acordo com as regras publicadas na terça-feira (02.03), todos os estabelecimentos em atividade devem medir a temperatura corporal das pessoas na entrada, impedindo a entrada no caso de registro igual ou superior a 37,5º. 

Outra norma é que os estabelecimentos comerciais atendam no período entre 05h e 19h. Aos sábados e domingos fica autorizado o funcionamento somente no período das 05h até 12h. Além disso, deve-se aplicar o sistema de controle de entrada, limitando a 1 pessoa por família nos ambientes. Já o funcionamento de delivery fica autorizado até às 23h, inclusive aos domingos.

O comércio em geral ainda deve: “manter os ambientes arejados por ventilação natural; adotar as recomendações atuais de isolamento domiciliar para os profissionais pertencentes ao grupo de risco, conforme definido pelo Ministério da Saúde; observar as determinações das autoridades sanitárias para a contenção de riscos, especialmente quando a atividade exigir atendimento presencial da população, com a orientação aos funcionários sobre o modo correto de relacionamento com o público”, consta no decreto. 

O Procon Mato Grosso, órgão ligado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, alerta o consumidor sobre a importância de redobrar os cuidados em relação à Covid-19, preservando a saúde pessoal e coletiva. Como também o exercício da cidadania, respeitando as regras sanitárias estabelecidas. Em casos de não cumprimento por parte dos estabelecimentos, o consumidor pode realizar denúncia pelo telefone (65) 3613-2104 ou pelo e-mail [email protected]

Leia também: 

Governo de MT atualiza medidas restritivas anunciadas; confira as mudanças

Estudo aponta agravamento da pandemia e necessidade de medidas restritivas em todo país

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana