conecte-se conosco


Política MT

Espetáculo infantil é exibido para público de agendamento escolar em comemoração ao Dia das Crianças

Publicado

Foto: KAREN MALAGOLI / ALMT

Foto: KAREN MALAGOLI / ALMT

Foto: KAREN MALAGOLI / ALMT

O foyer do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros ficou tomado de pequeninos sentados no chão, ansiosos, tagarelando (daqueles barulhos que se gosta de ouvir), brincando de adoleta, esperando para assistir ao espetáculo “Fiu-Fiu – um encontro entre pássaros”, com o grupo Tibanaré.

A sessão de agendamento escolar comemorativa ao Dia das Crianças, na última sexta-feira (11), acolheu mais de 400 alunos de três unidades de ensino público de Cuiabá, uma ação fruto da parceria entre o grupo cênico e a Assembleia Social (antiga Sala da Mulher).

A rodinha de meninos de seis anos de idade, da Escola Municipal de Educação Básica Jescelino José Reiners, estava projetando como seria a programação do dia. Enzo Gabriel Vieira sabia que veria uma peça de teatro, mas estava esperando um passeio. Questionado se não seria esse um passeio, refletiu e concordou. Matheus Henrique Salomé, David Kevin Campos e Tailon José perguntaram se teria cachorro-quente, picolé e pastel.

Não, meninos… A programação é para alimentar a alma. É uma tarde de cultura, de sensibilidade, para despertar emoções. E que emoções! Sem uma palavra sequer (mas alguns pius), os dois pássaros de Fiu-Fiu comunicaram com a plateia infantil sobre diversidade – representada pelas diferentes espécies – e afeto. “Esse espetáculo é muito especial para nós, porque fala de amor, de respeito às diferenças”, sintetiza Jefferson Jarcem, ator e diretor do grupo Tibanaré.

Leia Também:  Deputado reivindica ao governo estadual mais UTIs para atender Rondonópolis

Os pequeninos, nas poltronas do Zulmira Canavarros, se dedicavam para ver o palco de tal forma que não conseguiam se manter sentados. E que pesar uníssono quando o balão de coração (com gás hélio) voou! Interagindo, uma vozinha distante asseverou: “ele [pássaro personificado pelo ator Jefferson Jarcem] vai ter que voar para pegar”.

Na interação com o espetáculo, o público, com idades entre três e nove anos, teve medo de escuro, gargalhou, aplaudiu chuva de papel, fez coro de “beija, beija” para os bicudos no palco.

Ian Vinícius, de quatro anos, aluninho da Creche Municipal Rafael Rueda, resumiu sua percepção em “gostei bastante”. Lorrayne Meury, da mesma unidade escolar e com a mesma idade, elogiou “o patinho”, como identificou uma das aves da peça teatral.

“Eles adoraram, é importante essa interação com as crianças! É oportunidade de socialização delas com o mundo aqui fora, além, é claro, de se entrosarem com a cultura”, avalia Kátia Maria, uma das professoras da creche.

Leia Também:  Assembleia recebe primeira feira de arte e artesanato indígena do Alto do Xingu

“É sempre uma alegria receber alunos aqui em nosso teatro! Abrimos a porta para os pequenos, abrimos o palco para os grupos culturais e contribuímos para a formação de plateia. Nós acreditamos na educação e na cultura como formação legítima de cidadãos conscientes, nosso futuro. Que outras escolas tragam seus alunos, estamos sempre disponíveis!”, explicou a diretora da Assembleia Social – braço social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) – e do Teatro Zulmira.

A ALMT, além de possibilitar espetáculo sem custo para os coletivos artísticos e para os estudantes, ainda (nesta ação), disponibilizou dois ônibus para buscar e levar os 90 alunos da creche Rafael Rueda.

Ainda compuseram o público 78 estudantes da Escola Estadual Leônidas Antero de Matos e 275, da escola Jescelino Reiners.

Fonte: ALMT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Câmpus avançado da Unemat em Rondonópolis é aprovado

Publicado

Thiago Silva defende a Unemat na tribuna da AL-MT

Foto: Ronaldo Mazza

Em reunião realizada na quarta-feira (4), o Conselho Universitário da Unemat (Consuni) definiu a criação do câmpus avançado de Rondonópolis. Desta forma, o câmpus do município passa a responder administrativamente direto para a reitoria da universidade e não mais para o câmpus de Alto Araguaia. A informação foi dada em primeira mão pelo deputado estadual Thiago Silva e pela reitoria da Unemat. A Unemat em Rondonópolis até hoje funcionava como extensão do câmpus de Alto Araguaia, sem autonomia administrativa.

Thiago Silva é o autor do Requerimento 2859/219 para a criação do câmpus avançado e comemorou a maior autonomia dada para a universidade estadual no município.

“Sempre trabalhamos para a consolidação da Unemat em Rondonópolis e essa é mais uma conquista para nossos jovens. Já destinei para a construção da sede R$ 1,1 milhão e R$ 500 mil para a instalação de novos cursos, e continuaremos lutando para mais melhorias”, disse o parlamentar.

De acordo com o diretor político, pedagógico e financeiro da Unemat em Sinop, Roberto Arruda, o câmpus de Rondonópolis, criado hoje pelo Consuni, é o primeiro câmpus avançado da instituição, assim como foi criado em Lucas do Rio Verde. Com a decisão do Consuni, o município está dando mais um passo para o fortalecimento, a melhoria da estrutura e a chegada de novos cursos.

Leia Também:  MP-MT já abriu 31 investigações contra políticos neste ano

Fonte: ALMT
Continue lendo

Política MT

Câmpus do IFMT em Confresa não tem título de regularização fundiária

Publicado

Intermediando a situação, o Delegado Claudinei e os representantes do Instituto estiveram reunidos nesta terça-feira (3) com o superintendente Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), em Mato Grosso

Foto: SANDRA LUCIA RODRIGUES COSTA

O câmpus do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) em Confresa não tem título de regularização fundiária definitiva, o que muitas vezes tem impedido mais investimentos do governo federal. Preocupados com a situação, o diretor de Políticas, Projetos e Articulação Institucional, Adriano Breunig, e o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IFMT, João Germano Rosinke, procuraram o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) em busca de uma solução definitiva.

Intermediando a situação, o parlamentar e os representantes do instituto estiveram reunidos na terça-feira (3) com o superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Mato Grosso, Ivanildo Teixeira Thomas. Eles falaram sobre a conclusão do Processo Administrativo 54246.000137/2008-76, que trata da doação de uma área no Projeto de Assentamento Independente 1, no município de Confresa, com o objetivo de construir uma unidade do IFMT.

Leia Também:  Senadora Selma se filiará ao Podemos na quarta-feira e afirma que novo partido lhe dará mais independência

“O câmpus em Confresa já está instalado nesse assentamento há 10 anos e contamos com registro provisório junto ao Incra. Temos esse processo administrativo que corre aqui no Instituto de Terras, em que buscamos a escrituração do terreno que nos foi doado, porém ainda não efetivada essa doação”, explicou o diretor de Políticas Adriano Breuning, lembrando que o câmpus atende 1,3 mil alunos.

Na ocasião, o superintendente do Incra informou que o processo administrativo se encontra parado, pois a área, em questão do projeto de Assentamento Independente 1, foi judicializado. “Essa judicialização é que tem impedido a titularização definitiva dessa área. Vamos ver o que é possível fazer”, informou Ivanildo.

“Conseguirmos a titularização definitiva dessa área é de grande importância para os mais de 1,3 mil alunos que estudam na unidade de ensino. Isto porque muitos investimentos deixam de ser realizados por conta dessa questão jurídica da falta da regularização fundiária”, finalizou o deputado estadual Delegado Claudinei.

Incra Rondonópolis – Aproveitando a oportunidade, o superintendente do Incra pediu apoio do deputado estadual sobre a situação do Incra de Rondonópolis, que necessita de mais efetivo para continuar a desenvolver as atividades e atender a região. O deputado fará o encaminhamento da demanda.

Leia Também:  Deputado reivindica ao governo estadual mais UTIs para atender Rondonópolis

Fonte: ALMT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana