conecte-se conosco


Turismo

Especialista ensina truques para deixar suas viagens mais baratas

Publicado


source

Muito se tem falado sobre a retomada do turismo, mas não podemos esquecer que a palavra segurança não pode sair da nossa mente em tempos de pandemia. Nada melhor que viajar com segurança e ainda saber os truques para economizar!  

Pesquisando e vendo os melhores preços.
Reprodução/Pinterest/Fabianascaranzi

undefined



Viajar é tudo de bom, mas se divertir e gastar menos é melhor ainda

Para ajudar a planejar sua próxima viagem com economia o iG Turismo conversou com Rodrigo Góes, autor do livro “O mapa para acumular 1 milhão de milhas”, separou os melhores truques para baratear sua viagem nessa retomada. 

  • 2020 é o melhor ano para acumular milhas 

De acordo com Rodrigo, as companhias aéreas estão com diversas promoções dentro do acúmulo de milhas. Isso serve para você juntar o máximo de milhas em 2020 e viajar barato em 2021. 

  • Hotéis em parcerias com programas de fidelidade

Rodrigo explica que o site hoteis.com está com parceria com a Tudo Azul, em que para cada R$1 gasto no hoteis.com você ganha 5 milhas da Tudo Azul. Então, você pode usar as milhas para uma passagem áerea ou utilizá-las para vender e usar o dinheiro para abater na reserva do hotel. 

  • Benefícios do cartão de crédito 

Há cartões de crédito que oferecem alguns benefícios que ajudam na economia da viagem. Seguro viagem gratuito e seguro do aluguel de carro são alguns dos benefícios que podemos utilizar, reduzindo ainda mais o custo da viagem. 

  • APP The Fork

A última dica do Rodrigo é o aplicativo de restaurantes The Fork. Ele oferece boa variedade de pratos e as reservas são feitas com vários descontos no pagamento final. É uma dica para saborear muitas coisas boas e comer bem viajando sem gastar muito. 

Prefira visitar lugares mais abertos e com muita natureza

No quesito segurança, Rodrigo nos alerta que cidades com uma natureza ampla são sempre a melhor opção. “Procurar lugares mais abertos, com mais natureza. Durante o momento do voo e antes do voo evitar aglomeração. As próprias companhias aéreas estão chamando por partes justamente para evitar as filas na hora do voo. No desembarque, a saída do voo é por fileira. E sempre manter a máscara e utilizar o álcool em gel”, diz o especialista. 

Top 3 dos destinos mais interessantes

Antes de tudo, é necessário saber quais os países que estão com fronteiras abertas e os que estão para abrir. Existem vários sites para acompanhar em tempo real as restrições de cada país.

Segundo Rodrigo, os melhores destinos que já estão com fronteiras abertas são:

1 –  Ilhas maldivas

Lugar paradisíaco com ilhas privadas. Não é um destino barato, mas é possível reduzir os custos da viagem usando as dicas anteriores. No entanto, “é um destino exclusivo, onde você consegue curtir muito e ainda ficar isolado num lindo lugar”, diz Rodrigo. 

Ilhas Maldivas
Reprodução/Pinterest/Viajali.com.br

Ilhas Maldivas



 2 – Egito

Nesse destino, você vive tanto a história do egito, que é muito interessante, quanto desfruta de belíssimas paisagens. Ao mesmo tempo que aprende, você conhece uma das 7 maravilhas do mundo: a Pirâmide de Gizé.

Pirâmide de Gizé
Reprodução/Pinterest/Cultura10.org

Pirâmide de Gizé



3- México 

Outra oportunidade para conhecer uma das 7 maravilhas do mundo, a Pirâmide de Chichén Itzá, na Península de Yucatán. Além, é claro, de passar pelos badalados Cancún, Playa Del Carmen e Tulum. 

Pirâmide de Chichén Itzá
Reprodução/Pinterest/Vivadecora.com.br

Pirâmide de Chichén Itzá







Fonte: IG Turismo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Especialistas explicam: comprar viagens na Black Friday vale a pena?

Publicado


source
black friday
Pixabay

Nesta sexta, preste atenção nas promoções

Com a Black Friday chegando,  muitas promoções de agências e sites especializados em viagens começam a aparecer e gerar uma grande tentação nos turistas. Mas permanece a dúvida: com a pandemia do novo coronavírus, vale a pena comprar uma viagem na Black Friday? 


Pensando nessa dúvida, conversamos com Lucas Estevam, do canal  Estevam pelo Mundo  e Gustavo Mariotto, Head Marketing do ViajaNet para entender melhor o que fazer nesta edição da Black Friday para não cair em golpes e também se vale mesmo a pena reservar uma viagem em tempos de pandemia. 

Vale a pena comprar pacotes para datas aleatórias?

Lucas aponta que é necessário entender quais são as suas preferências e também saber se o site ou agência possui taxa de cancelamento. “Acho que vale você colocar na balança: investimento e risco. Eu recomendo apenas compras que garantem remarcações sem custo. Devido à pandemia muitas empresas estão deixando remarcar sem custo, mas muitas cobram o cancelamento integral”, afirma.

Por conta das grandes promoções, Gustavo indica focar em passagens aéreas. “Por ser um momento de grandes promoções e descontos, na Black Friday vale a pena comprar passagens de viagem. O período permite encontrar oportunidades de valores e possibilidades mais acessíveis”, diz.

Como se planejar com datas aleatórias?

Lucas aponta que é necessário ter uma boa flexibilidade, ainda mais com os níveis de contaminação tendo variações bruscas nos números. “Com o cenário atual de pandemia, fica difícil qualquer planejamento. Acho importante ver se você teria flexibilidade para remarcar caso fosse necessário”, indica.

A mudança é a disponibilidade da passagem no momento em que optar viajar, segundo Gustavo. “Devido à incerteza imposta pelo coronavírus, além do planejamento da viagem diante do melhor momento para o turista, já que é preciso conciliar a agenda entre ambas as partes”, diz.

O que fazer em caso de uma segunda onda da pandemia?

Você deve analisar em dobro se vale ou não a viagem. “É preciso aguardar o melhor momento para viajar, avaliar as condições impostas pela agência de viagem, para verificar a usabilidade das passagens, suas restrições e direitos do comprador”, diz Gustavo.

Lucas indica disponibilidade. “O ideal é garantir que você tenha pelo menos 12 meses para realizar a viagem e que você possa ter uma remarcação ou cancelamento sem taxas. Assim, você fica tranquilo e não compra com “peso” na consciência”, afirma.

Em um geral, quais as vantagens e desvantagens da Black Friday?

Lucas aponta que é preciso prestar atenção em toda a descrição da promoção. “Muitas ofertas de black friday não garantem o hotel ou passeio de forma exata. Por exemplo, muitos não dizem o nome do hotel, apenas que será um hotel classe turista. Já vi pessoas que compraram pacotes e se deram muito bem, e outras que estavam em lua de mel e o pacote os colocou em um quarto compartilhado de um hostel no Chile”, indica.

Além de descontos e promoções, você pode aproveitar uma variedade maior de pagamentos. “Devido ao preço é possível comprar e aproveitar um período mais longo de viagem e outra vantagem. Mas vejo como desvantagem a é a instabilidade e a possibilidade de cancelamento”, aponta Gustavo.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Turismo

‘Dark Christmas’: Hopi Hari promove Hora do Horror versão natalina

Publicado


source
Dark Christmas%3A a lenda de Krampus
Divulgação

Dark Christmas: a lenda de Krampus


Hopi Hari promove, até 31 de janeiro, o ‘ Dark Christmas: a lenda de Krampus ‘. A atração, que estreou no dia 20 deste mês, é uma espécie de edição especial da  famosa Hora do Horror. Os visitantes participam a pé, porém seguindo todas as normas do protocolo de segurança anticovid-19 do Parque Temático, localizado em Vinhedo, São Paulo.

A programação acontece das 10h30 às 20h30. Ao entardecer, os sinos começam a soar e uma atmosfera diferente toma conta do parque, com iluminação e efeitos especiais. A primeira parada é a área de Wild West, velha cidade do oeste que provocou a volta de Krampus. Ao contrário do Papai Noel , o ser assustador pune e amedronta àqueles que se portaram mal durante o ano ou deixaram de acreditar no Natal.

Em meio a esta aventura, quem também surge para duelar com Krampus é Gryla, a bruxa do Natal , que congela as águas e os seres que lá viviam e quer dominar os reitos de todos os elementos. Criaturas sinistras se movem junto à narrativa, deixando a vivência ainda mais assustadora.

Dark Christmas não tem apenas atrações assustadoras
Reprodução/Instagram

Dark Christmas não tem apenas atrações assustadoras


Mas, uma boa notícia: quem se comportou bem ao longo do ano poderá desfrutar do Natal Mágiko, em Kaminda Mundi. Lá, a esperança se renova e a magia envolve a todos, em uma história iluminada por um grande céu estrelado. Também é possível passear por outras regiões sem sustos, como Mistieri e Infantasia, que também estão repletas de luzes brancas, sem monstros, tematizadas somente com o tradicional clima de Natal.


Protocolos de segurança

Para garantir o distanciamento social e as demais medidas anticovid-19, os visitantes entram na atração em grupos, com uma quantidade limitada e segura de pessoas. Além disso, recomenda-se que o público fique atento aos horários de fechamento das atrações, e ainda, devido ao coronavírus, baladas, palco com shows de abertura e encerramento e túneis fechados estão indisponíveis – com exceção do Ghosti Hotel que se adapta às normas de saúde.

Para mais informações sobre o Dark Christmas: a lenda de Krampus acesse o  site do Hopi Hari ou entre em contato pelo telefone (11) 4290 0333.

Serviço

Dark Christmas: a lenda de Krampus
Data: 20 de novembro de 2020 a 31 de janeiro de 2021
Horário: 10h30 às 20h30
Local: Rodovia dos Bandeirantes, km 72, Moinho, Vinhedo (SP)
Venda de ingressos:  Clique aqui
Mais informações – Central de Vendas: (11) 4210 4000

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana