conecte-se conosco


Saúde

Especialista adverte: crianças não devem usar maquiagem na folia

Publicado

Minha Saúde

Muitos pais tem dúvidas sobre o uso da maquiagem em suas crianças em períodos de festividade. com a chegada do carnaval, a PROTESTE conversou com a doutora Simone Abdala, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, sobre o assunto, e a profissional deu o veredito: crianças menores de cinco anos não podem usar maquiagem em hipótese alguma. E crianças maiores que cinco anos devem usar maquiagens apropriadas para a idade delas.

criança vestindo peruca colorida e óculos de sol vermelho com a boca aberta arrow-options
Reprodução/ Mais Saùde

A especialista Simone Abdala afirma que mesmo sendo hipoalergênicas, as maquiagens infantis podem causar alergia

“Crianças até cinco anos podem acabar ingerindo ou esfregando os olhos e ter problemas mais graves”, afirma Simone.

Já no caso de crianças maiores de cinco anos, é preciso observar alguns detalhes:

Leia mais:Saiba o que levar na bolsa não passar mal nos bloquinhos de carnaval

  • Verificar se o produto foi testado dermatologicamente
  • Se certificar que a maquiagem é adequada à faixa etária da criança
  • Não usar sombra e rímel
  • Testar o produto numa área pequena alguns dias antes do uso normal
criança deitada em confete arrow-options
Reprodução/ São Paulo para crianças

Crianças acima de 5 anos podem usar, mas é preciso observar alguns detalhes

A profissional afirma que maquiagens destinadas a adultos não devem ser usadas de forma alguma, pois podem contar corantes, conservantes e fragrâncias que podem causar alergia ou irritação. Maquiagens compradas em camelôs, nem pensar. É importante também ficar atento à data de vencimento.

Leia mais:Carnaval pode aumentar risco de contágio por sarampo, alertam especialistas

O sintoma mais comum que o uso de produtos inadequados pode causar é a dermatite de contato, condição que se caracteriza por vermelhidão, coceira e inchaço. Em casos mais graves, o produto pode causar crostas e bolhas e os sintomas podem aparecer até alguns dias depois do uso.

“As maquiagens infantis são pensadas para serem hipoalergênicas. E mesmo quando o são, podem causar alergia”, afirma Simone.

No hora da remoção, também é preciso tomar alguns cuidados. Demaquilantes não devem ser usados em hipótese nenhuma. O ideal é remover a maquiagem com água e sabão. “O mais importante é que sejam maquiagens de baixa fixação, pois a remoção tem que ser fácil”, adverte.

Leia mais:Coreia do Sul registra primeira morte por novo coronavírus

Quanto ao filtro solar, deve ser aplicado antes da realização da maquiagem e reaplicado pelo menos a cada duas horas.

Fonte: IG Saúde
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Saúde

Covid-19: São Paulo lança projeto de teleconsulta para UTI

Publicado

coronavírus arrow-options
Pixabay/Tumisu

Nova ação para melhorar o atendimento de pacientes graves do coronavírus

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou nesta terça-feira (31) um projeto pioneiro para otimizar e aumentar a qualidade no atendimento dos pacientes de UTI por complicações do Covid-19 . De acordo com o governador, um protocolo unificado de teleconsulta para Unidade de Terapia Intensiva, apelidada de “TeleUTI”, será instituído em mais de 100 hospitais do estado. 

A ação foi desenvolvida pelo Incor, instituto referência ligado ao Hospital das Clínicas. O protocolo , que conta com plataformas de teleatendimento com base nos hospitais, funciona com uma espécie de mentoria. “Isso irá permitir a discussão de casos mais complexos em tempo real e a agilização de procedimentos. Essa agilidade pode fazer a diferença entre viver e não viver”, afirmou o governador. 

Segundo o professor Carlos Carvalho, que coordena a ação do Incor , “o desafio era criar uma rede de UTIs para casos graves do coronavírus. Como o estado é grande, vamos contar com ajuda da telemedicina”, explicou. “Todos os dias, nós vamos ver esses pacientes, assistir esses pacientes e fazer sugestões de como ele deve ser conduzido”, afirmou o professor, referindo-se a equipe que será responsável pela mentoria. 

Covid-19: Doença já vez vítimas em mais de 130 países com 40 mil mortes

No momento, já existe uma base da teleUTI no conjunto hospitalar do Mandaqui, na capital paulista. A partir desta terça-feira, a ação deve ser expandida para outros centros médicos de São Paulo. 

Ainda segundo Carlos Carvalho, o protocolo – aprovado pelas autoridades em saúde do estado de São Paulo e pelo comitê de enfrentamento ao Covid-19 – aborda desde a entrada do paciente até uma eventual necessidade intubação e uso de respiradores. 

Fonte: IG Saúde
Continue lendo

Saúde

Aplicação de vacinas contra H1N1 vai ser adiantada nas prisões

Publicado

O ministro Sergio Moro, da Justiça e Segurança Pública, anunciou na tarde desta terça-feira (31) que a aplicação de vacinas contra o vírus H1N1 vai ser adiantada nas prisões. O anúncio foi feito em entrevista coletiva que o governo anunciou medidas de combate à Covid-19.

De acordo com o ministro, também não há casos confirmados nas cadeias brasileiras. “Apenas um caso foi registrado, em prisão domiciliar. Dentro do sistema prisional, não há registro”, disse.

O Brasil registrou mais 42 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, fazendo o total subir para 201, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (31) pelo Ministério da Saúde. A alta corresponde a um crescimento de 20,9%.

De acordo com a pasta, os novos casos confirmados de Covid-19  são 1.138, totalizando 5.717. O aumento foi de 19,9%. Já a taxa de letalidade continuou em 3,5%.

Fonte: IG Saúde
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana