conecte-se conosco


Várzea Grande

Escolas se preparam para retorno das aulas presenciais na modalidade ensino híbrido

Publicado


Alunos e professores de Várzea Grande retornam para as salas de aula na próxima terça-feira (03.08), quando será implantado o ensino híbrido (aulas presenciais e remotas) nas unidades de ensino da rede municipal. Para garantir que esse retorno seja seguro, sem risco para a saúde e o bem-estar da comunidade escolar, as unidades de ensino se organizaram e prepararam os seus espaços seguindo todos os protocolos de biossegurança.

Entre as medidas de prevenção e proteção adotadas para o retorno das aulas estão o uso obrigatório de máscara por todos os alunos e profissionais da educação; aferição da temperatura de servidores, alunos e colaboradores na entrada da escola; disponibilização de álcool em gel 70% nas salas de aula; fazer o intervalo para o lanche escolar de forma escalonada e higienizar as mesas antes e após o lanche; e manter em sala de aula e refeitório o distanciamento entre as carteiras.

Quanto ao transporte escolar, deverá funcionar com 50% de sua capacidade de lotação; todos os alunos devem ter a temperatura aferida na entrada dos ônibus; todos deverão usar máscara, obrigatoriamente; disponibilizar recipiente com álcool em gel 70% para higienização das mãos durante o percurso, entre outras medidas.

O secretário Silvio Fidelis explica que o retorno das atividades escolares será de forma escalonada, com rodízio semanal, conforme o calendário escolar, com 50% dos alunos participando das aulas presenciais e os outros 50% das aulas remotas.

“Os pais dos alunos que autorizaram o retorno dos filhos às aulas presenciais assinaram na escola um termo de compromisso e responsabilidade. Já aqueles alunos que não tiveram a autorização dos pais para o retorno, continuarão com as aulas apenas de forma remota”, ressalta. 

Para preparar as unidades de ensino para o retorno presencial e implantação do ensino híbrido, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Smecel) encaminhou o Plano Estratégico para Retorno das Atividades Escolares. 

Durante toda esta semana, as equipes gestoras das unidades escolares trabalharam no planejamento para o retorno e, com a orientação da Smecel, elaboraram o seu plano estratégico, cada uma atendendo a sua realidade escolar. 

Após 15 meses de suspensão das aulas presenciais, alunos e profissionais da educação estão ansiosos por esse retorno. Na Emeb Honorato Pedroso de Barros, a diretora Marilene Maria da Silva ressalta que já está tudo preparado para receber os alunos e com toda a segurança. “Convidamos os pais para visitarem a escola e ver de perto que estamos tomando todas as medidas de biossegurança e que eles podem ficar tranquilos em permitir que seus filhos retornem”. 

A diretora ressalta ainda que antes de decidir pelo retorno das aulas presenciais, foi feito um levantamento com os pais para saber a opinião deles e a maioria opinou pelo retorno. “Nós percebemos que todos estão ansiosos por esse retorno”.

A técnica em contabilidade, Marines Aparecida Watanabe, mãe do aluno Guilherme Kenzo Batista Watanabe, 8 anos, disse que autorizou o retorno do filho porque foi até a escola e viu de perto toda a organização e se sentiu segura para deixar o filho voltar. “Estou me sentindo segura em deixá-lo voltar. Vi que em todas as salas de aula tem álcool em gel, já tem os aparelhos para aferir a temperatura e vão controlar a entrada das crianças na escola, nas salas e corredores. Além disso, ele está muito ansioso para voltar e com muita saudades dos professores e dos colegas. Acho que com a ajuda da escola e dos pais esse retorno vai dar certo”.

Aula Inaugural

Nesta segunda-feira (02.08), a partir das 9h, será realizada a aula inaugural para os diretores e coordenadores das redes públicas municipal e estadual de ensino de Várzea Grande. O evento ocorrerá na Igreja Batista Nacional (IBN), bairro Cristo Rei.

A aula inaugural contará com as palestras “Recuperação da Aprendizagem Pós-Pandemia”, proferida por Cláudia Costim, e “O acolhimento socioemocional no retorno das atividades presenciais”, de Camila Cury.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Várzea Grande fecha o Ginásio do Fiotão por dois dias para dessanitização

Publicado


Seguindo as determinações da própria Vigilância Epidemiológica e Sanitária de Várzea Grande, um dos pontos mais importantes da Campanha de Vacinação contra a COVID 19, o Ginásio Poliesportivo Júlio Domingos de Campos – FIOTÃO, não funcionará nesta terça e quarta-feira (28/29), em função da dessanitização que será feita em todas suas dependências.

“Todas as dependências aonde são realizadas vacinação realizam serviços de limpeza mais apurada, mas como o FIotão tem grandes dimensões, e em vários locais e salas foi colocado um carpete em cima da quadra poliesportiva, se faz necessário este tipo de procedimento em prol da própria saúde das pessoas”, disse Relva Cristina de Oliveira superintendente de Saúde.

Ela estimou que das quase 300 mil doses aplicadas de vacinas contra a COVID 19, cerca de um 100 mil foram aplicadas no Ginásio do Fiotão que se tornou um ponto estratégico por causa da localização central e, ao lado do Terminal Rodoviário André Maggi,  que permite facilidade no acesso para aqueles que não dispõe de veículo próprio.

“Para as pessoas saberem da importância do Fiotão, apenas nesta última sexta-feira (24), quando realizamos o terceiro ‘Sextou Vacina VG’ foram vacinadas mais de 5.000 pessoas em um único dia, o que demonstra a importância do local para o planejamento preparado pela equipe do secretário Gonçalo Barros”, frisou Relva Cristina.

Ela ponderou ainda que diferente de outros locais como o Centro Universitário UNIVAG, o Parque Berneck e o Jardim dos Estados, o Ginásio do Fiotão tem muitas dependências fechadas que levaram as Vigilâncias Epidemiológicas e Sanitárias a recomendarem a dessanitização que é realizada por empresa especializada e com anuência da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Continue lendo

Várzea Grande

Prefeito e secretário de Saúde lamentam morte do diretor da UPA Ipase

Publicado


O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, e o secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, registram com profundo pesar a morte neste sábado (25), do médico George da Costa Melo, de 39 anos.

George era diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ipase, em Várzea Grande, e, estava internado desde o dia 08 de agosto após ser vítima de um acidente de avião. O médico e outras três pessoas voltavam de uma pescaria, porém após a decolagem em Porto Jofre, no Pantanal, sentido Cuiabá, a aeronave caiu por falta de combustível.

No período em que ficou hospitalizado, familiares e amigos chegaram a fazer campanha de doação de sangue para ajudar na recuperação. Porém, o quadro de saúde se agravou na manhã deste sábado e ele não resistiu aos ferimentos provocados pela queda da aeronave.

“Com muita tristeza recebi a notícia da morte precoce do médico George da Costa Melo, que muito contribuiu com a saúde pública de Várzea Grande. Quero deixar meus sinceros sentimentos de pesar à toda família, colegas de trabalho e todos que com ele conviveram. Que Deus possa dar o conforto neste momento de dor”, externou Kalil Baracat.

O secretário de Saúde, Gonçalo de Barros pontuou que George “era um profissional dedicado e comprometido. Todos os colegas de trabalho estão abalados. Expressamos nossa solidariedade aos familiares, amigos e à população da cidade. É uma perda irreparável”.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana