conecte-se conosco


Policial

Entrega de notebooks fortalece avanços tecnológicos da Polícia Civil em todo estado

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Diretoria de Execução Estratégica (DEE) em parceria com o Centro de Tecnologia da Informação (COTI), está entregando notebooks para uso das unidades policiais de todo estado. Os 350 notebooks de última geração e já configurados para o uso policial foram adquiridos por meio de investimento de R$ 2 milhões oriundos do Fundo Nacional de Segurança Pública.

Até o momento já foi realizada a entrega de 200 máquinas e o restante ainda está sendo entregue mediante agendamento com as delegacias da Capital e o interior do estado.

O delegado-geral, Mário Dermeval, destacou que a aquisição dos notebooks faz parte do planejamento da Diretoria Geral junto a Diretoria de Execução Estratégica de tornar a Polícia Civil de Mato Grosso, cada vez mais tecnológica, avançando no trabalho investigativo, operacional e na conclusão de inquéritos.

“O inquérito eletrônico já é uma realidade em Mato Grosso e agora entramos em outra etapa do processo de ter uma Polícia Civil tecnológica, que é equipar nossas unidades para estar devidamente equipada e apta para desenvolver os trabalhos virtuais com equipamentos adequados, onde quer que estejam”, disse o delegado-geral.

Lotado na Delegacia de Alta Floresta, o delegado Guilherme Pompeo Negri destacou que a destinação de um notebook para uso da atividade policial hoje torna-se uma realidade, não só nas unidades da Capital, como no interior do estado.

“É mais uma ferramenta de trabalho que irá agregar o serviço policial, em especial, quando há deslocamento para cidades onde não há unidade policial, trazendo mais facilidade ao servidor que poderá realizar despachos, representações, dentre outras medidas, onde quer que esteja”, disse o delegado.

O delegado titular da Delegacia Especializada de Delitos Contra a Pessoa Idosa, Vitor Chab Domingues, a contemplação dos notebooks para as autoridades policiais é um grande avanço para instituição, principalmente para as especializadas, como no caso da Delegacia do Idoso, em que muitas vezes, a equipe precisa se deslocar em loco para atender vítimas que não podem sair de suas residências, por estarem acamadas, ou possuírem tipo de deficiência.

“É um grande avanço para Polícia Civil de Mato Grosso, em que juntamente a implantação do inquérito eletrônico, em que hoje virtualmente nós trabalhamos, eliminando pilhas de papéis e os notebooks vieram para fortalecer esse incremento tecnológico para instituição, especialmente para as unidades policiais que necessitam de um equipamento móvel para fazer incursões, oitivas, e outros procedimentos”, disse.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Filho de comerciante é preso pela DHPP por matar morador de rua com tiro na região central de Cuiabá

Publicado

O autor do homicídio que vitimou o morador de rua Robson Nardine, no mês de junho deste ano, em Cuiabá, teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (16), em ação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O suspeito foi identificado como filho de um comerciante da região e teve o mandado de prisão decretado pela Justiça por homicídio qualificado por motivo fútil.

O crime ocorreu por volta das 3 horas da madrugada de 26 de junho, na Avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha. A vítima, que fazia uso de muletas, foi atingida por disparo de arma de fogo, ocasião em que caiu no canteiro da Avenida, não resistindo ao ferimento e morrendo no local.

Conforme as investigações da DHPP, conduzidas pelo delegado Hércules Batista Gonçalves, a vítima era um andarilho que ficava na região Centro-norte da Capital, constantemente dormindo nas portas de comércios. O suspeito, então, teria se incomodado com o fato da vítima dormir na porta da residência do seu pai, o que teria motivado o crime.

Após as investigações, foi representado por mandados de prisão temporária e de busca e apreensão domiciliar contra o suspeito, que foram deferidos pela Justiça e cumpridos na manhã desta terça-feira (16), pelos policiais da DHPP.

O suspeito foi conduzido à delegacia para as providências cabíveis e posteriormente será colocado à disposição da Justiça.

Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre mandados contra traficantes por movimentar R$ 1,3 bilhão em MT e outros 4 estados

Publicado

Ao todo, 212 pessoas são investigadas em esquema

G1 – A Polícia Civil faz uma operação nesta terça-feira (16) contra uma organização suspeita de movimentar R$ 1,3 bilhão com o tráfico de drogas. São cumpridos 36 mandados de busca e apreensão e apreensão em Goiás, Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais e Distrito Federal. As investigações mostraram que o grupo, que é de Trindade (GO) e seria responsável por cerca de 40% das mortes em Goiás no último ano.

Ao todo, 212 pessoas são investigadas. A organização usaria 11 empresas de fachada e movimentou o valor bilionário desde 2014. Essas empresas estariam em nomes de familiares e pessoas da organização criminosa. “Essa operação visa desmantelar o grupo financeiro de uma organização que age dentro e fora dos presídios que movimentou nos últimos anos R$ 1,3 bilhão. Esperamos que nas próximas semanas a gente consiga elementos suficientes para outras fases da operação”, disse o delegado Douglas Pedrosa.

Além de documentos e aparelhos eletrônicos foram apreendidas armas e grande quantia de dinheiro.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana