conecte-se conosco


Entretenimento

Empresário contrata Rodriguinho, leva cano e sofre acidente à procura do cantor

Publicado


source
Cantor Rodriguinho
Instagram

Cantor Rodriguinho

Após ter seu nome atribuído a uma polêmica de agressão , Rodriguinho está sendo acusado agora de ter dado um ‘perdido’ em um empresário de eventos que afirma tê-lo contratado para realizar uma apresentação em sua casa de show, a Paraíso Country, em Magé, na Baixada Fluminense do Rio, no último sábado. Ocorre que o cantor não compareceu ao local do evento e, de acordo com o empresário Gabriel Guedes, responsável pela contratação, o artista sequer deu uma justificativa para não ter cumprido sua agenda naquela noite. E pior: estava se apresentando em outro local, também no Rio, no horário que estava previsto para estar na Paraíso Country.

“A gente contratou um show do Rodriguinho para o último sábado. Até então estava tudo certo. Eles marcaram o horário de 2h40 da madrugada. Só que, no decorrer do evento, deu 3h da madrugada e ele não tinha chegado. Como faço eventos com alguns amigos, eu liguei para um amigo que estava em outra casa de show (Rei do Bacalhau, em Duque de Caxias, cidade vizinha) e ele me disse que eram 3h30 e o Rodriguinho tinha acabado de subir ao palco. Nisso a gente estava mandando mensagem pra produção dele e ninguém nos respondia”, conta Gabriel.

O empresário diz ainda que pegou o carro para ir atrás de Rodriguinho e sua equipe, após se dar conta do descaso em informá-lo que não teria mais o show naquela noite. Mas no meio do caminho, acabou sofrendo um grave acidente.

“Quando deu 3h30h eu saí da minha casa de show, que é em Magé, e vim dirigindo atrás do Rodriguinho no Rei do Bacalhau. No meio do caminho eu acabei sofrendo um acidente, porque tinha uma poça d’água na pista e eu acabei rodando com meu carro. Tomei 15 pontos no rosto, quase dei PT no carro e ainda mandei foto do acidente pra eles. Eles mentiram novamente dizendo que estava chegando em 30 minutos, mas nunca chegaram. Até hoje o Rodriguinho não mandou nem um vídeo se explicando pra gente. Disse que estava passando mal, mas no domingo ele fez outro show. Não deu um posicionamento pra gente e muito menos uma satisfação pro nosso público. O que a gente queria mais era um vídeo dele se explicando e até hoje ele está dizendo que não vai fazer nada, não vai falar nada e que vai resolver essa questão mais pra frente”, revela.

Ainda segundo Gabriel, a equipe de Rodriguinho respondeu aos seus questionamentos somente no dia seguinte e ainda teria mentido dizendo que o cantor havia passado mal. “Disseram pra gente que o Rodriguinho é diabético, que passou mal e estava internado. Mas no sábado, pessoas postaram fotos dele fazendo show normalmente aqui no Rio. Amigos nossos fizeram vídeo desse show e mandaram pra gente. Pagamos o cachê (Rodriguinho cobrou R$ 18 mil) para acontecer esse descaso e essa falta de profissionalismo da parte deles”, finaliza. Procurada, a equipe de Rodriguinho não se manifestou até o fechamento desta matéria.


Fonte: IG GENTE

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

‘A Fazenda 13’: Erika Schneider critica Dayane sobre expulsão de Nego do Borel

Publicado


source
'A Fazenda 13': Erika Schneider critica Dayane sobre expulsão de Nego do Borel
Reprodução/PlayPlus

‘A Fazenda 13’: Erika Schneider critica Dayane sobre expulsão de Nego do Borel


Os peões Rico Melquiades, Marina Ferrari e Erika Schneider de “A Fazenda 13” se reuniram na cozinha para conversar nesta segunda-feira (27).


Durante bate-papo, Erika criticou postura de Dayane Mello após expulsão do cantor Nego do Borel por dormir com a modelo bêbada. “O que aconteceu com o Nego, ninguém sabe. Uma hora conta uma coisa, outra hora conta outra coisa”, afirmou.

“Eu achei o jeito dela muito estranho”, concordou Marina.

Em contra partida, Rico defendeu a peoa. “Ela não quer prejudicar o cara, não quer falar que transou com o cara. Ela não quer se expor. […] Ela não quer expor isso aqui, ela tá certa”, explicou.

“Aconteceu alguma coisa e tá tudo mal contado”, respondeu a loira.

Nego do Borel foi expulso do reality  no último sábado (25) após ser acusado de assédio e estupro de vulnerável da peoa Dayane Mello. 

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Rolling Stones: conheça o baterista substituto de Charlie Watts

Publicado


source
Conheça o novo baterista do Rolling Stones
Reprodução/Instagram

Conheça o novo baterista do Rolling Stones


Os Rolling Stones abriram a turnê “No Filter” no último domingo (26) em St. Louis, Missouri, sem a presença do baterista Charlie Watts, que morreu em agosto deste ano. Para substituí-lo, o múscio Steve Jordan foi escolhido. Antes mesmo de Watts falecer, a banda já havia comunicado que ele ficaria afastado devido a uma cirurgia e que caberia a Jordan o papel de baterista durante os 13 shows da turnê.

Steve Jordan é parceiro dos Stones de longa data e chegou a fazer parte do X-Pensive Winos, grupo paralelo de Keith Richards. A primeira vez que Jordan participou de gravações dos Rolling Stones foi em 1986, quando gravavam o álbum “Dirty Work” e, um ano depois, substituiu Watts, que não estava disponível para participar de um documentário de Chuck Berry chamado “Hail! Saudação! Rock ‘n’ Roll”.

Em 1992, Keith Richards convidou Steve Jordan para colaborar em seu álbum solo “Main Offender”, parceria que se repetiu em 2015 com o lançamento de “Crosseyed Heart”.


Além dos Rolling Stones

Por trás dos holofotes, começou a carreira ainda adolescente quando se tornou membro honorário da banda de Stevie Wonder, “WonderLove”. Durante os anos 1970 e 1980, ele era membro das bandas dos programas de televisão Saturday Night Live e Late Night with David Letterman. Além de baterista, Jordan é cantor, compositor e produtor, chegou a trabalhar com nomes como Eric Clapton, Neil Young, Bob Dylan, Billy Joel, BB King, Stevie Nicks, Kelly Clarkson e John Mayer.

Nego do Borel : Acusações contra cantor, investigado por estupro, são noticiadas por imprensa estrangeira

Na carreira, teve a oportunidade de ser nomeado e vencer o Grammy. Ele venceu como produtor do álbum “Buddy Guy’s Bring ‘Em In”, de Robert Cray e foi nomeado pelo álbum “Take Your Shoes Off” do mesmo artista. Além disso, produziu álbuns vencedores do prêmio como Continuum, de John Mayer, That I Say, de John Scofield, Possabilities de Herbie Hancock, e 23rd St. Lullaby and Play It As It Lays, com Patti Scialfa.

Steve Jordan, em 2009, se aventurou no cinema e também foi bem sucedido. Recebeu outra indicação ao Grammy por melhor álbum de trilha sonora de compilação para um filme, televisão ou outra mídia visual, por seu trabalho na trilha sonora da produçao “Cadillac Records

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana