conecte-se conosco


Mato Grosso

Empaer comercializa alevinos de tambacu e tambatinga no final de janeiro

Publicado

No dia 31 de janeiro (sexta-feira) começa a comercialização de alevinos de tambacu e tambatinga na Estação de Piscicultura da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), localizada no município de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul de Cuiabá). O chefe da Estação, Francisco de Souza Filho, informa que a previsão é de comercializar alevinos para recria e engorda em cativeiro uma vez por semana, sempre nas sextas-feiras.

Na primeira venda do ano serão comercializados alevinos medindo de três a cinco centímetros por R$ 250 o milheiro, de cinco a oito por R$ 300 e de oito a dez centímetros por R$ 350. Francisco destaca que durante a entrega dos alevinos são repassadas orientações aos piscicultores desde os cuidados com a soltura dos alevinos nos tanques ou represas até o abate. Filho informa que é importante o momento da soltura do peixe na água, verificando a temperatura para aclimatização dos alevinos, ajustando as mudanças com cuidado.

Com um plantel de 400 matrizes de qualidade e produzidas na Estação, a previsão é de produzir mais de 500 mil alevinos no período de janeiro a maio deste ano. Francisco explica que os alevinos são transportados em embalagens plásticas com oxigênio e que, para evitar um choque térmico, é necessário colocar as embalagens umas três vezes na água, para soltando os alevinos apenas na quarta vez evitando assim a perda e morte. As espécies podem ser transportadas e permanecer nas embalagens por até 5 horas.

De acordo com Filho, foram realizadas oito desovas dos peixes e reprodução do tambacu (cruzamento do tambaqui com pacu), e tambatinga (cruzamento do tambaqui com a pirapitinga). Ele explica que em menos de 45 dias, após a reprodução, podem ser retirados alevinos medindo de três a cinco centímetros, considerados prontos para comercialização. A Estação tem capacidade para produzir 1 milhão de alevinos e possui 39 tanques de reprodução, sendo 12 de pesquisa e 27 para recria.

Em 2019, a Empaer vendeu 407 mil alevinos para 274 produtores rurais dos municípios de Cuiabá, Santo Antônio de Leverger, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Rosário Oeste, Diamantino, Barra do Bugres, Jangada, Cáceres e Nova Mutum. Para realizar a compra acima de cinco mil alevinos é necessário fazer reserva e encomendar pelo telefone: (65) 99973 5421. O transporte é por conta do produtor.

Viveiro para criação de peixe

O engenheiro de pesca da Empaer, Enock Alves dos Santos, fala que Mato Grosso tem uma produção de 54 mil toneladas de peixe por ano, cultivados em tanques. Ele destaca que para o produtor ter rentabilidade e sucesso no cultivo e na produção de peixe são necessários alguns fatores para implantação da piscicultura, como a qualidade da água, solos com teor de argila acima de 25% e topografia com a inclinação de 0,5% de desnível dos tanques, permitindo um abastecimento e escoamento por gravidade.

Explica também sobre a construção de viveiros, que devem ter uma profundidade de 1.50 metros na parte rasa e 1.80 metros na parte mais funda, podendo chegar a até 2 metros. “Não existe forma ou dimensão ideal para viveiros de cultivo de peixe, a forma depende das condições do terreno, dimensão e o poder aquisitivo do produtor”, enfatiza.

Na compra dos alevinos, os produtores recebem informações sobre o manejo, alimentação e nutrição de peixes, qualidade e oxigênio da água, temperatura, densidade por metro quadrado, controle no cultivo de alevinos e outras.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Quatro municípios de MT estão com risco muito alto de contaminação de Covid-19

Publicado


.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (30.07) o Boletim Informativo n° 151 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 17) que apenas quatro municípios do Estado configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus: Sorriso, Barra do Garças, Paranatinga e Arenápolis. 

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, 23 municípios estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus são: Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Cáceres, Várzea Grande, Primavera do Leste, Jaciara, Sapezal, Mirassol D’ Oeste, Campo Novo do Parecis, Querência, Tangará da Serra, São Jose dos Quatro Marcos, Nova Mutum, Sinop, Vera, Alto Taquari, Brasnorte, Castanheira, Apiacás, Araguaiana, Planalto da Serra e Ponte Branca.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT  disponíveis neste link.

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais informações clique AQUI

Veja a tabela de classificação de risco por município

 

 

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Procon-MT alerta consumidor para medidas de proteção à Covid-19 em período de compras

Publicado


.

Compras online, promoções e facilidades de pagamento e de entrega podem animar o consumidor a comprar presentes neste Dia dos Pais, comemorado em 9 de agosto. Mas com o atual cenário de pandemia, a principal orientação do Procon-MT – vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) – é a manutenção das práticas de segurança para a não disseminação do vírus, garantindo que a data seja comemorada sem perigo. 

Estudos ligados à Organização Mundial de Saúde (OMS)  apontam que agosto pode ser o pico da pandemia de Covid-19 no Brasil, por isso reforçar os cuidados é essencial. “Em tempos como este, o melhor presente de Dia dos Pais é a prevenção e a segurança de toda família. Estamos em um período fora do comum e, para sairmos dessa situação, precisamos do empenho de todos. Por isso, ao pensar no presente do seu pai, o consumidor deve considerar todo este contexto”, alerta o secretário adjunto do Procon-MT, Edmundo Taques. 

Com a proximidade da data comemorativa, é comum o aumento de fluxo no comércio de rua e também centros comerciais e shoppings centers, por isso as medidas básicas de proteção não podem ser esquecidas: distanciamento social, uso de máscaras faciais, higienização constante das mãos e limpeza correta de utensílios. O Procon-MT também separou outras orientações úteis, confira:

Ao receber a mercadoria

– Evite contato corporal com o entregador, como aperto de mão;

– Ao realizar pagamento em dinheiro, se possível, separe o valor exato da compra para evitar o manuseio de outras cédulas;

– Quando o pagamento for por cartão, prefira que só você tenha contato com ele e logo depois o higienize.

– Higienize as embalagens antes de abri-las, se possível lavando com água e sabão, ou borrifando álcool 70% ou solução de água sanitária e água.

Atenção nas compras

-No caso de cestas de café da manhã, verifique previamente o número de itens, marcas e complementos. Com tudo definido, peça por escrito o que foi combinado (data e horário de entrega, tipo de flores/cesta, valores e condições de pagamento);

– Produtos nacionais e importados devem conter as informações sobre a mercadoria em língua portuguesa: instruções de uso, características, registro no órgão competente, prazo de validade, composição, volume/quantidade, condições de armazenamento e identificação sobre o fabricante/importador;

– Na escolha de eletroeletrônicos, o Procon-MT alerta que os produtos devem vir acompanhados do manual de instruções em língua portuguesa e relação da rede autorizada de assistência técnica. Como algumas marcas ainda não ofertam o serviço em Mato Grosso, é importante verificar a existência de assistência técnica no Estado antes da compra.

Compras pela internet

– Verifique se constam no site o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), endereço físico e canais de troca e atendimento.  Ao efetuar a compra, imprima ou salve em seu computador a página do site com os dados e, antes de enviar os dados pessoais de seu cartão de crédito, observe se a conexão é segura;

– Atenção para a cobrança de frete, existência de outras taxas e prazo de entrega;

– No caso de compras pela internet, catálogos, em domicílio ou telemarketing, é possível desistir da aquisição em até sete (07) dias após a assinatura do contrato ou recebimento da mercadoria. O cancelamento deve ser solicitado por escrito. 

Nota Fiscal

– Não se esqueça de exigir o documento fiscal. Ele é que comprova a relação de consumo e será necessário para reclamar, caso haja algum problema com o produto;

– O prazo para reclamações é de 30 dias para produtos não duráveis (que se extinguem rapidamente com seu uso, como alimentos, por exemplo) e 90 dias para os bens duráveis (que tem consumo prolongado, como aparelhos celulares, geladeira, televisão).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana