conecte-se conosco


Geral

Emanuel deve recuar da implantação de rodízio de veículos e atendimento por CPF; entidades entregarão manifesto

Publicado

Em nota divulgada no final da noite de quinta-feira, Emanuel afirma que manterá diálogo aberto sobre essas medidas

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) deverá anunciar nesta sexta-feira (3) o recuo em dois pontos do novo decreto que impõe medidas restrições para impedir o avanço da pandemia de coronavírus (Covid-19). A revogação deverá ser no item que determina o rodízio de veículos e no atendimento de pessoas em bancos, lotéricas, supermercado e distribuidoras de bebidas. As medidas estão programadas para ter início na segunda-feira (6).

De acordo com medidas anunciadas na tarde desta quinta (2), o atendimento ao público nesses estabelecimentos seria  feito da seguinte forma: nas segundas, quartas e sextas-feiras o atendimento presencial pode ser ofertado ao cidadão detentor de CPF com final 0,1,2,3 e 4. Já nas terças, quintas-feiras e sábados a liberação abrange aqueles que possuam no documento os últimos algarismos 5,6,7,8 e 9.

Com relação ao rodízio, a intenção é que veículos com placas final 1, 3, 5, 7 e 9 trafeguem em dias ímpares do mês. Já os de final 0, 2, 4, 6 e 8 nos pares. A medida não seria aplicada aos domingos e feriados. Por volta das 23 horas, a Prefeitura divulgou uma nota afirmando que Emanuel “manterá o diálogo com a sociedade em geral quanto ao decreto 7.975/2020 buscando sempre as melhores estratégias para o combate à disseminação da Covid19”.

A possibilidade nas mudanças dessas medidas deve-se ao fato de setores da sociedade, principalmente os da indústria e comerciantes, não concordaram com a decisão. A CDL convocou outras entidades como Fecomércio, Facmat, ACC e FCDL e empresário em geral para a entrega ao prefeito de um manifesto contra esses medidas às 10 horas de hoje na prefeitura de Cuiabá

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Manobras feitas na contramão estão entre as infrações mais frequentes registradas no trânsito de Cuiabá

Publicado

A Secretaria de Mobilidade Urbana está instalando câmeras que registram esse tipo de ilegalidade

A realização de manobra na contramão está entre as infrações mais frequentes no trânsito, registradas pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). Diante desse cenário, tendo a preocupação voltada para a oferta de serviços com qualidade e segurança aos motoristas e pedestres, um dos novos equipamentos de fiscalização eletrônica que está sendo instalados nas vias da Capital é a câmera que registra esse tipo de ilegalidade.

Um dos pontos que receberam destaque, por conta do alto registro de acidentes, é o encontro entre as avenidas General Mello e Miguel Sutil. No local, mesmo com a existência de toda sinalização necessária, os condutores insistem em efetuar a arriscada manobra de conversão na contramão. A região é uma das que já receberam a instalação de uma câmera.

Por se tratar de um equipamento híbrido, fará o registro de infrações como velocidade, avanço semafórico, parada sobre a faixa e conversão indevida. Por enquanto, a nova ferramenta ainda está em fase de testes, apenas como caráter orientativo aos motoristas. “A partir do momento que forem validadas as infrações, a Semob fará ampla divulgação para orientar e informar da existência desse equipamento de controle”, disse o supervisor do Centro de Controle de Mobilidade Urbana, Fabiano Dimitrio.

Conforme estabelecido no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), consta no capitulo XV que trata das infrações, artigo 9º, é considerada infração grave, com penalidade de multa, executar operação de conversão à direita e ou à esquerda em locais proibidos pela sinalização. Atualmente são empregadas para o trabalho de monitoramento, 30 unidades. Com essas novas aquisições, o número irá aumentar para 42 câmeras, ampliação de 40%, para as 150 faixas monitoradas.

Os investimentos foram feitos por meio da licitação que resultou na contratação de uma empresa responsável pela manutenção, instalação e fornecimento de todos os equipamentos necessários para fiscalização eletrônica. A medida visa garantir maior segurança tanto dos motoristas como dos pedestres.

Recente levantamento realizado pela Secretaria aponta que as avenidas Fernando Corrêa da Costa, Miguel Sutil e Historiador Rubens de Mendonça são as com maior fluxo de trânsito diariamente e, consequentemente, as que mais registram acidentes. Essas localidades foram tratadas com prioridade na instalação.

Outro investimento foi feito em equipamentos que possuem o sistema em OCR, que permitem a identificação das placas dos veículos, verificar algum tipo de sinistro e ou irregularidade. Além da aquisição de novas câmeras, a Semob investiu também em equipamentos mais avançados em tecnologia, como o aparelho detector de peso.

“Todos esses investimentos, que terão como principais resultados um trânsito mais seguro e tranquilo, fazem parte do pacote de ações da gestão Emanuel Pinheiro, que tem como meta de trabalho transformar Cuiabá em uma cidade boa para se viver”, pontuou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

 

 

 

 

Continue lendo

Geral

Unidades do Detran abertas ao público realizam apenas serviços não disponíveis online

Publicado


Os serviços que estão disponíveis no site da Autarquia ou aplicativo MT Cidadão, não serão realizados presencialmente

Os cidadãos que buscarem atendimento nas 43 unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) que estão abertas para o público, além da necessidade de fazer o agendamento prévio para ser atendido, também deve conferir se o serviço que deseja está disponível de forma online, no site da Autarquia (www.detran.mt.gov.br) ou pelo aplicativo MT Cidadão.

Isso porque as unidades que estão abertas no Estado estão realizando apenas os serviços exclusivamente presenciais, que não estão disponíveis online. “Essa é uma forma de evitar aglomerações além de reduzir a demanda nas unidades com serviços que podem ser feitos via site ou aplicativo”, reforçou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Nas 43 cidades que estão com o atendimento ao público em funcionamento, os cidadãos podem realizar os seguintes serviços:

Na área de Veículos: transferência de propriedade, emplacamento, emissão de CRV, segunda via de CRV, mudança de característica de veículo, vistoria, mudança de categoria do veículo, inclusão e baixa de financiamento, substituição, gravação e regravação de motor; gravação e regravação de chassi, comunicação de venda, baixa definitiva, troca de placa para Mercosul, serviços de controle veicular (recebimento e liberação de veículos no pátio), auditoria dos processos e serviços de infrações (recurso de defesa e Jari).

Na área de Habilitação: coleta de imagem, primeira habilitação, mudança e adição de categoria, alteração de dados, registro de estrangeiro, transferência de UF/Ciretran, retirada de CNH, indicação de real condutor, exames teóricos digitais (com agendamento próprio).

Como forma de garantir a segurança dos usuários e servidores, o Detran-MT disponibilizou kit contendo máscara, luva e álcool em gel para todos os servidores, bem como álcool 70% na entrada da unidade para os usuários com atendimento agendado. Também está sendo respeitado o distanciamento mínimo para contato entre usuários e servidores.

Agendamento

Nas unidades que estão em funcionamento, o cidadão será atendido somente por agendamento, para evitar aglomeração. Para isso, deve acessar o site do Detran-MT (www.detran.mt.gov.br) e clicar na mensagem de tela (pop up), que irá direcionar à página de agendamento.

Ao entrar na página, deve preencher o formulário com os seus dados pessoais, escolher qual das 43 unidades deseja ser atendido e agendar a data e o horário para o atendimento presencial.

 

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana