conecte-se conosco


Geral

Em três meses, PM prendeu cerca de 400 pessoas com mandados de prisão em aberto

Publicado

As ocorrências foram registradas a partir das abordagens cotidianas e checagem de nomes junto ao Banco Nacional de Mandados, muitas em situações e lugares inusitados

No primeiro trimestre deste ano, entre primeiro de janeiro e 31 de março, a Polícia Militar de Mato Grosso prendeu 397 pessoas que estavam foragidas ou com mandados em prisão em aberto. Esse número representa aproximadamente cinco capturas a cada 24 horas.

São casos de denunciados ou condenados em processos criminais que acabaram de ter a ordem de prisão expedida, que já estavam sendo procurados há muito tempo ou que fugiram de presídios.

As prisões aconteceram a partir das abordagens feitas durante as ações cotidianas de patrulhamento das ruas. Depois de parar a pessoa, seja em uma blitz de trânsito, abordá-la em uma esquina ou bar, por exemplo, os policiais fazem a checagem dos nomes junto ao Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP) via sistema Web Ciosp (Centro de Informações e Operações em Segurança Pública).

Muitos dos procurados foram presos em situação e lugares inusitados. No dia 24 de fevereiro, no bairro Coxipó, em Cuiabá, policiais prenderam D.B.A., 24, durante uma ocorrência de acidente de trânsito.

Ninguém ficou ferido no acidente, mas uma equipe da PM foi acionada porque os condutos estariam se desentendendo. No local, os PMs decidiram checar a documentação dos dois motoristas e descobriram que o que estava mais exaltado era um foragido da Justiça. Ele tinha mandado de prisão em aberto por roubo (artigo 157) e deixou o local do acidente algemado e direto para a delegacia.

Na primeira semana de março, no bairro Dr. Fábio, aconteceu uma das situações mais inusitadas de prisão por mandado em aberto. Um homem estava capinando um lote e na rua, a poucos metros dele, havia um veículo Corola estacionado. Os policiais que faziam rondas no bairro decidiram parar e fazer a checagem, inicialmente do carro.

O rapaz que capinava se aproximou e disse que era o dono do Corola, no mesmo instante os policiais pediram a documentação do veículo e dele. A checagem do carro não apontou qualquer irregularidade, já o homem, J.P.A., 39, estava registrado como foragido, com um mandado de prisão por furto qualificado e associação criminosa. Ele acabou sendo preso.

Em Primavera do Leste (231 km de Cuiabá), no Parque das Águas, no dia 19 de março, policiais abordaram e prenderam G.L.S., 33, o que chamou a atenção da equipe da PM foram os vidros do carro que ele ocupava, um Gol.

A película aplicada era tão escura que o condutor mal podia ser visto. A consulta do nome dele junto ao Banco de Mandados apontou prisão em aberto por roubo. Ele teve a prisão decretada por assalto (artigo 157), um crime ocorrido em setembro de 2015, na cidade de Várzea Grande.

Perspicácia 

Para o comandante geral da PM, coronel Jonildo José da Assis, a descoberta de tantos mandados em aberto é resultado de um trabalho mais apurado, minucioso, e da perspicácia do policial que está cotidianamente no serviço ostensivo.

Assis observa que não basta fazer a checagem no Banco de Mandados, muitas vezes policial precisa entrevistar, usar técnicas de conversação para descobrir, por exemplo, quando o documento apresentado é falso. “O policial leva às ruas o conhecimento teórico, aquilo que aprende nas academias, mas a prática, as experiências das ruas, potencializam esse conhecimento e geram resultados positivos como esses”, diz o comandante.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Diabético e hipertenso, morador de Jangada morre aos 81 anos por coronavírus; MT já registra 49 mortes

Publicado

Elezito da Costa estava internado na Santa Casa de Cuiabá e morreu na manhã desta quinta-feira

Um idoso de 81 anos morreu nesta quinta-feira (28) morreu em decorrência do novo coronavírus. É a 49ª morte causada pela doença em Mato Grosso. Elezito da Costa Meira era morador de Jangada (70 km de Cuiabá), e estava internado há alguns dias na Santa Casa de Cuiabá. O paciente era hipertenso e diabético.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) já foi notificada e o óbito do paciente deve constar no boletim que será divulgado no final da tarde de hoje.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de coronavírus estão: Cuiabá (612), Várzea Grande (192), Rondonópolis (148), Tangará da Serra (84), Primavera do Leste (84), Barra do Garças (67), Lucas do Rio Verde (59), Confresa (49), Sorriso (49), Sinop (43), Rosário Oeste (38), Jaciara (34), Alta Floresta (32), Peixoto de Azevedo (25), Nova Mutum (24), Campo Verde (23), Cáceres (22), Pontes e Lacerda (22), Querência (15) e Mirassol D’Oeste (12).

Dos 1.909 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.140 estão em isolamento domiciliar e 601 estão recuperados. Há ainda 121 pacientes hospitalizados, sendo 67 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 54 em enfermaria.

 

Continue lendo

Geral

Quase 108 mil motoristas em Mato Grosso utilizam a CNH digital

Publicado


O documento é a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação e tem o mesmo valor jurídico da versão impressa

Desde quando lançado, em fevereiro de 2018 até o último dia 26 de maio, a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação – CNH Digital, já foi instalada em aparelhos celulares de 107.982 motoristas de Mato Grosso.

O documento eletrônico tem o mesmo valor jurídico da versão impressa. A comerciante Jéssica Alves está entre os condutores que utilizam essa tecnologia. “Ter a versão digital é muito prático, pois, muitas vezes, deixamos de portar a CNH impressa, por esquecer o documento em casa, por exemplo”.

A CNH digital não tem custos. Para obtê-la, o condutor deve renovar a habilitação no novo modelo, com o sistema QRCode localizado no verso da habilitação, que contém todos os dados do condutor.

Depois, basta instalar o aplicativo “Carteira Digital de Trânsito” no celular, disponível nas lojas Play Store e App Store. Ao baixar o aplicativo, o motorista deve realizar o cadastro de usuário e ativar a conta pelo link enviado para o e-mail cadastrado. Após esse procedimento, deve gerar a “Chave de Acesso” com 4 dígitos (PIN). Essa senha será utilizada toda vez que precisar acessar sua CNH pelo celular.

“Esse é um serviço para os condutores que não querem dispor da CNH impressa, e poder andar com sua habilitação no próprio celular”, disse o diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana