conecte-se conosco


Policial

Em parceria com polícia do Maranhão, homicida foragido de Sorriso é preso

Publicado

A Polícia  Civil de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá) com apoio da Polícia Civil do Maranhão realizou a prisão do foragido da justiça, Raimundo Nonato da Silva Santos, o “Raimundinho”, que estava com a ordem de prisão decretada pela autoria de um homicídio no município.

O paradeiro suspeito foi identificado checagens de informações pela Divisão Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Sorriso. O procurado é apontado como autor da morte de Ademir Bernardo da Silva, ocorrido no dia 25 de abril de 2007, em um bar, no bairro São Domingos.

De acordo com as investigações, o suspeito matou a vítima em razão de uma discussão ocorrida momentos antes do crime. Na ocasião, Ademir (vítima) impediu Raimundo de bater em uma criança.

O fato teria despertado a ira do suspeito, que retornou ao bar em posse de uma faca e efetuou vários golpes contra a vítima. Ademir chegou a ser socorrido, porém morreu horas mais tarde no Hospital Regional de Sorriso em decorrência dos ferimentos.

Após o crime, Raimundo foragiu da cidade e desde então era procurado pelas forças policiais. Nesta semana, a equipe da DHPP de Sorriso descobriu o paradeiro do foragido e com apoio da Polícia Civil do Maranhão, deu cumprimento ao mandado de prisão contra o suspeito.

Após as providências de praxe, o preso ficará à disposição da 1ª Vara Criminal de Sorriso.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

PM fecha 70 bares e postos de combustíveis por desrespeitarem isolamento social contra pandemia

Publicado

Desde o início das medidas restritivas, a PM já dispersou 270 aglomerações e prendeu 25 pessoas

Desde a publicação do decreto estadual 419/20, em 20 de março deste ano, que estabeleceu medidas para o isolamento social, como forma de evitar a propagação do novo coronavírus, a Polícia Militar precisou intervir para dispensar 270 aglomerações, uma média de 38 por dia. Em apoio a instituições de defesa do consumidor e de Saúde Pública, a PM atuou no fechamento de 70 bares e de três postos de combustíveis.

De acordo com dados preliminares da Superintendência de Planejamento Operacional e Estatísticas (Spoe/PMMT), em todo o Estado foram 25 pessoas conduzidas à delegacias por resistência ao cumprimento das determinações legais, a maioria donos de estabelecimentos comerciais de venda e consumo de bebidas alcoólicas.

Além da capital, Cuiabá, com 15 dispersões, os relatórios apontam que a Polícia Militar vem fazendo dispersões principalmente em municípios pequenos. Em Nobres, por exemplo, município com 15 mil habitantes a 146 quilômetros de Cuiabá, foram sete aglomerações dispersadas. Já em Campinápolis e Nova Xavantina (a 658 e 645 km de Cuiabá, respectivamente), os policiais militares desfizeram seis aglomerações em cada.

Mas foi Nova Mutum (260 km de Cuiabá), com população estimada em 45 mil habitantes, que registrou o maior número: 20 dispersões, a partir de chamados de moradores, de operações e constatações feitas durante o policiamento preventivo.

Entretanto, a principal atuação da Polícia Militar mato-grossense vem sendo no sentido de orientar a população. Um sistema próprio de monitoramento foi criado para esse momento de crise já contabiliza mais de 12 mil atendimentos de orientação e esclarecimento de dúvidas sobre as medidas emergenciais adotadas pelo Governo do Estado e municípios.

Na noite de quinta-feira (26), quase 500 policiais dos 15 comandos regionais do Estado saíram às ruas para reforçar o policiamento de prevenção a roubos, furtos, orientar a população e fazer cumprir as medidas emergenciais de prevenção à propagação do Coronavírus.

Em Cuiabá e Várzea Grande a ação teve o reforço de policiais das unidades especializadas como os Batalhões Rotam, Cavalaria, Bope, Ambiental e Trânsito. Já no interior o reforço veio das Companhias de Força Tática.

O subchefe de Estado Maior da PM, coronel Wankley Corrêa Rodrigues, destaca que em uma situação de emergência como essa em que vive o mundo, as atribuições dos policiais extrapolam as ações cotidianas de prevenção e repressão à criminalidade.

Rodrigues destaca que, para segurança e proteção da sociedade, é necessário atuar em apoio ou com ações individuais para orientar a população e fazer cumprir as medidas restritivas adotadas pelas autoridades governamentais. “É nisso que nossos policiais estão trabalhando de maneira intensa em defesa da população, adotando cuidados com a própria saúde e da família, mas também correndo riscos em muitas situações nas quais precisam intervir”, completa.

Continue lendo

Policial

Quatro jovens são mortos com tiros na cabeça durante chacina; assassinos são presos

Publicado


Jovens estavam em uma casa, quando foram surpreendidos pelos executores

Quatro jovens foram assassinados com tiros na cabeça, na madrugada deste sábado (28), no bairro Parque das Araras, em Lucas do Rio Verde (360 km de Cuiabá). Três homens foram presos e um adolescente apreendido suspeitos de envolvimento no crime. Foram mortos Diego Luiz Jantsche, de 30 anos, Daniel Oliveira Gonçalves, de 22, Ricardo Junior Campos José, 23, e Iago Vitor, de 22.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por testemunhas que viram quando dois homens pararam de moto em frente a residência onde as quatro vítimas estavam bebendo e fumando narguile.

Os criminosos mandaram as vítimas deitarem no chão e em seguida,  efetuaram diversos tiros na cabeça dos rapazes e fugiram. Uma das vítimas morreu no local e as outras três foram levadas para uma unidade hospitalar, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Os criminosos mandaram as vítimas deitarem no chão e pediram celulares e chaves de carro. Em seguida, eles efetuaram diversos tiros na cabeça dos rapazes e fugiram. No local, os policiais encontraram porções de maconha e LSD embaladas.

Policiais militares e a Polícia Civil logo deram início às buscas pelos criminosos. O primeiro suspeito preso foi o adolescente de 15 anos, que confessou participação no crime e indicou o local onde os comparsas estavam.

A polícia seguiu para o bairro Parque das Emas, onde encontrou outros dois suspeitos, um deles mandante do crime. O quarto suspeito foi preso na casa dele. Um veículo e um revólver calibre 38 foram apreendidos. Encaminhados para a delegacia, todos os detidos foram reconhecidos por testemunhas.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana