conecte-se conosco


Esportes

Em manifesto contundente, deputados defendem legalização das apostas no Brasil

Publicado

Em artigo contundente, deputados defendem legalização das apostas no Brasil

 Publicado no jornal O Globo, texto dos parlamentares afirma que setor precisa sair da ilegalidade e colher frutos de um segmento em franca expansão

A proibição dos jogos de azar no país ainda na década de 1940 segue gerando debate na sociedade civil e também entre a classe política. Em um momento no qual a expansão de plataformas e a procura pelos melhores casinos online cresce em diversas partes do mundo, o Brasil ainda não encontrou meios para equalizar a situação.

Atualmente, o tema está sendo discutido no Congresso Nacional por deputados federais e senadores. Há um grupo de trabalho dedicado à pauta, para atualizar o texto do Projeto de Lei 442/1991, sob coordenação do deputado João Bacelar (Podemos-BA). Reunidos diariamente, o grupo tem pensado em estratégias para romper o ideário negativo em torno do tema e dar mais segurança jurídica a empresas e clientes.

Como parte da estratégia para ampliar o debate com a população, os deputados João Bacelar e Felipe Contreras (PSB-PE), relator do grupo na Câmara, publicaram um texto contundente no jornal O Globo, apontando as falhas da legislação brasileira e a maneira equivocada como a pauta tem sido tratada pelo Brasil nos últimos anos.

“Os operadores ilegais não pagam impostos e também não contribuem para a sociedade. Portanto é imperativo que se discuta a necessidade de legalização de todas as modalidades de apostas, a exemplo das principais economias mundiais. Estados Unidos, China, Japão, Alemanha, Índia, França, Reino Unido, Itália, Canadá e Austrália acolheram o jogo em seu sistema jurídico porque perceberam que, se existir demanda, existirá o prestador de serviço”, diz um trecho do texto.

Os deputados apontam para um fato importante e que já foi percebido nos mais diversos setores. Há uma demanda no país para que a regularização aconteça. São cerca de 20 milhões de brasileiros que fazem uma aposta diariamente no jogo do bicho. Outros 10 milhões estão inseridos em plataformas de apostas esportivas e cassinos online, segundo dados do Instituto Brasileiro Jogo Legal. “Tudo isso sem que os cofres públicos arrecadem um único centavo”, afirmam os parlamentares.

“O jogo ilegal no Brasil movimenta mais de R$ 27 bilhões ao ano. Os oficiais, operados pelas Loterias Caixa, arrecadam R$ 17,1 bilhões. A empresa de pesquisa de mercado Global Industry Analysts, Inc. (GIA) estimou que o mercado mundial de jogos em 2020 foi de US$ 711,4 bilhões, e a projeção para 2026 é de US$ 876 bilhões”, diz outro trecho do artigo.

Os deputados usam ainda o exemplo que tem acontecido nos EUA. Segundo a American Gaming Association (AGA), os 989 cassinos comerciais e tribais (em reservas) dos EUA obtiveram uma arrecadação total de US$ 77,33 bilhões em 2019, e foram pagos US$ 10 bilhões em impostos sobre jogos aos governos estaduais e municipais em 44 estados, com valores que podem alcançar até 1% do PIB (Produto Interno Bruto) de países como Espanha e Itália.

“O mercado de jogos do Brasil, com a legalização de todas as modalidades, tem potencial de arrecadar R$ 74 bilhões brutos (1% do PIB de 2020, de R$ 7,4 trilhões), gerando cerca de R$ 22 bilhões em receitas tributárias por ano. Isso sem contar as outorgas, estimadas em mais de R$ 7 bilhões, os investimentos e o impacto econômico da cadeia produtiva. A legalização poderá gerar mais de 200 mil empregos diretos e formalizar outros 450 mil no jogo não regulado”, analisam os deputados.

Por fim, eles acreditam que o debate sobre a legalização não deve acontecer apenas pela ótica dos investimentos. “O debate é essencial para amadurecer e criar uma legislação que permita aos cidadãos exercerem seu desejo de jogar, mas sob os olhos atentos do Estado, com regras claramente definidas e efetivamente aplicadas. Esse é o nosso dever enquanto Parlamento”. Resta saber se a pauta de fato vai avançar nos próximos meses.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Elenco se representa com novidades após o Majestoso

Publicado


Após a vitória sobre o Corinthians por 1 a 0 na última segunda-feira (18), no Morumbi, o elenco se reapresentou com novidades nesta quarta-feira (20) e trabalhou com novidades no CT da Barra Funda.

Recuperado de um trauma um trauma no olho esquerdo, o lateral-direito Igor Vinícius treinou com o grupo nesta manhã e agora vive a expectativa de ficar à disposição do técnico Rogério Ceni após aprimorar a forma física nos últimos dias.

O ala sofreu a lesão no triunfo sobre o Atlético-GO (2 x 1) no dia 19 de setembro e, desde então, estava entregue aos cuidados do departamento médico alternando atividades no gramado e no REFFIS. Desde então, o camisa 2 desfalcou a equipe em sete jogos.

Já o argentino Rigoni, que se recupera de um pequeno estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, correu pela primeira vez no gramado sob os cuidados dos fisioterapeutas.

A reapresentação abriu os preparativos para o próximo compromisso do Tricolor no Campeonato Brasileiro de 2021: diante do Red Bull Bragantino no domingo (24), às 18h15, no Estádio Nabi Abi Chedid.

fonte: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/treino/2021/10/20/elenco-se-representa-com-novidades-apos-o-majestoso

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

Esportes

Abel Ferreira analisa a vitória sobre Ceará

Publicado


O Palmeiras venceu o Ceará por 2 a 1, nesta quarta-feira (20), na Arena Castelão, em Fortaleza-CE, em mais um duelo válido pelo Campeonato Brasileiro – com o resultado, o Verdão chegou aos 46 pontos conquistados e assumiu a terceira colocação na tabela do Nacional. Após o triunfo, o técnico Abel Ferreira comentou sobre a atuação do time palestrino.

“O Palmeiras ganhou aqui depois de 24 anos, procurando jogar bem, sendo equilibrado, não abdicando de jogar futebol e tendo coragem para arriscar e jogar. Independentemente de jogos passados ou futuros, o jogo ainda pertence aos jogadores, não aos treinadores. Os treinadores só dão as coordenadas, mas os jogadores são os protagonistas. Nós somos uma equipe equilibrada, sabemos defender bem, atacamos bem, mas não sou mágico. Quando temos a equipe completa somos uma equipe muito forte. Hoje eu fico contente por duas razões: primeiramente porque ganhamos e também porque não tivemos nenhuma lesão”, declarou o treinador.

O próximo compromisso do Palmeiras será na segunda-feira (25), às 21h30, contra o Sport, no Allianz Parque, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira abaixo a entrevista coletiva de Abel Ferreira:

fone: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/abel-ferreira-analisa-vitoria-contra-ceara-em-fortaleza-pelo-campeonato-brasileiro/

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana