conecte-se conosco


Registro Geral

Em domiciliar, Riva sente saudades da política e completa sete anos fora do poder

Publicado

Ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva: político de “saco roxo”, o baixinho soube como ninguém exercitar o poder; Riva se manteve por 20 anos na crista da onda por conta de uma grande qualidade: cumpria seus acordos com o fio do bigode e não tinha “medinho” de ninguém

O ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, marcou época na vida pública de Mato Grosso. Por 20 anos, o “baixinho” deu as cartas no cenário político-partidário regional, instituindo poderio descomunal entre seus pares. Nada se movia no Legislativo sem o aval de Riva. Com o financeiro da Casa em suas mãos, ele controlava a mídia, magistrados, conselheiros e até mesmo os chefes do Executivo. Se firmou como homem de palavra, não falhava com ninguém. Madrugador, Riva atendia vereadores, prefeitos, colegas deputados e lideranças dos quatro cantos do estado. Por conta da Ficha Limpa, tornou-se inelegível em 2014. Fora do poder, foi presa fácil do Ministério Público, sendo preso em fevereiro de 2015. Cansado de segurar a bronca sozinho, fez delação premiada e hoje vive recluso em sua casa, localizada no bairro Santa Rosa, em Cuiabá. Segundo fonte quentíssima da coluna, Riva não é daqueles que fica lamentando os fatos do passado. Ele acorda cedo, faz uso de diversos remédios, acompanha as notícias pelos sites locais e gosta muito de brincar com os netos. Aos amigos, evita falar de política, mas admite que sente saudades e, se pudesse, disputaria novamente uma cadeira de deputado estadual.

publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. Jucilene Pereira da Silva disse:

    Apesar dos pesares foi um deputado trabalhador, mas infelizmente entrou para o lado da corrupção.

  2. Elias disse:

    Homem trabalhador, sempre atendendo aos municípios indistintamente.
    Sobre atual situação, vai passar e avalio que ele tem mais credito popular pelo seu trabalho, que, débito!

    Seja forte Riva, nesta vida sempre haverá momentos bons outros nem tanto, mas, importante que vc está em vida lutando pelo que vc acredita!
    Saudações…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Ex-deputado federal morre em São Paulo após complicações causadas pela Covid

Publicado

O médico e ex-deputado federal José Augusto Curvo, o Tampinha, morreu aos 72 anos, na tarde desta quinta-feira (20), em São Paulo. Ele estava internado desde sábado (15) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Oswaldo Cruz após contrair Covid logo que passou por uma cirurgia para retirada de uma hérnia. Ele iniciou a carreira política em 1986 como secretário de Saúde de Mato Grosso na gestão do governador Wilmar Peres de Faria. Foi eleito vereador por Cuiabá em 1988 e deputado federal em 1990. Suplente, voltou à Câmara Federal entre 20 de janeiro a 22 de dezembro de 2016 na vaga de Ezequiel Fonseca. Tampinha foi o primeiro médico a se vacinar contra o coronavírus em Cuiabá e recebeu todas as doses.

Continue lendo

Registro Geral

Lei é sancionada e Cuiabá proíbe instalação de PCHs na extensão do Rio Cuiabá

Publicado

O projeto de lei de autoria do vereador Eduardo Magalhães do Republicanos, que  proíbe a construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e Usinas Hidrelétricas (UHEs) na extensão do rio Cuiabá que fica no território da capital, foi sancionado pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), no último dia 14 de janeiro e publicado na Gazeta Municipal de 17 de janeiro de 2022. Em dezembro, o PL foi aprovado na Câmara de Cuiabá com 17 votos. A lei nº 6.766, tem abrangência somente na extensão do Rio Cuiabá, compreendida nos limites da capital mato-grossense, em relação aos outros trechos do rio em Mato Grosso, os deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, devem votar ainda neste ano.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana