conecte-se conosco


Política MT

Em debate tenso e cheio de acusações, Abílio cita risco de ‘prisão’ de Emanuel, que rebate: “rei das fake news”

Publicado

Acusações dos dois lados, muita discussão e até ameaça de se ausentar do debate marcaram o último duelo entre os candidatos do segundo turno da eleição em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), candidato à reeleição, e o vereador Abílio Júnior (Podemos). “O senhor é adversário de Cuiabá, da nossa cidade, não só meu adversário”, disse Abílio Júnior ao lamentar o rumo que o debate tomou desde o primeiro bloco. “Cuiabá está quebrada mesmo”, afirmou o candidato.

“Abílio não responde nada com nada, é o candidato mais despreparado da história de Cuiabá. O senhor é o rei da mentira, das fakes. O diabo é mentiroso e pai da mentira. Assistimos aqui um fantasma”, disse o candidato à reeleição Emanuel Pinheiro.

“Peço desculpas à população pelo desequilíbrio do meu adversário. Avalie a minha gestão. Fizemos mais com menos. Transformamos Cuiabá em um canteiro de obras, com muita articulação junto à bancada federal. Ao me atacar, o candidato perde o equilíbrio. Ele tem denúncia envolvendo palmeiras na casa dele, exploração de fieis”, destacou o prefeito.

Abílio Júnior, na réplica, disse que “o diabo veio para roubar, matar e colocar dinheiro no paletó. Eu moro em apartamento há 15 anos. Estão ligando para o meu padrasto para coagi-lo, ligando para fiéis da igreja. Ele está com medo porque vai perder o foro. Cuida da sua vida pessoal que o senhor pode ser preso a partir de janeiro”, disse Abílio Júnior, acrescentando que “ele está desesperado porque vai perder. O que vai ser da vida dele? Ele não paga nem IPTU”, afirmou o candidato do Podemos.

Emanuel Pinheiro rebateu dizendo que quem coage os servidores e constrange as mulheres é Abílio, argumentando que existem vários boletins de ocorrências feitos por mulheres contra ele. Mais uma vez Abílio Júnior se defendeu: “olha, pessoal, uma coisa eu quero deixar claro, existe até o comitê de B.O.. São pessoas obrigadas a fazer os boletins porque o paletó manda. Vamos fazer uma gestão voltada ao direito ao servidor, sem coação”, garantiu.

Na sua vez de perguntar, o prefeito questionou Abílio sobre uma possível extinção da agência reguladora dos serviços de água e esgoto da Capital, a Arsec. “Vamos tentar tirar algo do senhor, porque já mostrou que é despreparado. O senhor disse que vai extinguir a Arsec, que foi criada pelo seu padrinho político, Mauro Mendes. Pode explicar isso?”, disse o candidato à reeleição.

Abílio iniciou sua resposta acusando o prefeito de estar utilizando a Arsec para manobras políticas e eleitoreiras. “O senhor está preocupado com o quê? Qual é o interesse do senhor com o contrato da Águas Cuiabá? Eu acredito que o senhor está preocupado demais. Se tiver que auditar, vamos auditar. Se tiver que fiscalizar, vamos fiscalizar. Não tenho parceria com a Águas Cuiabá. Se o senhor tiver, é problema seu”

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Salários do Estado continuarão sendo pagos dentro do mês trabalhado e 13º em duas parcelas; confira o calendário

Publicado

A primeira metade do 13º será quitada no dia 30 de junho de 2021 e a segunda no dia 17 de dezembro

O governador Mauro Mendes divulgou, na tarde desta segunda-feira (25), o calendário de pagamento do salário dos servidores públicos estaduais para o ano de 2021 e também do 13º salário.

O cronograma apresentado pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) mantém a garantia do pagamento da remuneração dentro do mês trabalhado.

Essa segurança na quitação dos vencimentos dos servidores é fruto do esforço realizado pela atual gestão para consertar o Governo, que hoje dispõe de equilíbrio fiscal, paga as contas em dia e possui capacidade recorde de investimentos por meio do programa Mais MT.

“Os servidores continuarão recebendo seus salários rigorosamente em dia, dentro do mês. Em alguns casos, antes mesmo do dia 30. Esse é um compromisso que firmamos e que temos honrado religiosamente, após termos organizado as contas do Estado por meio de redução de despesas, corte de gastos, renegociação de contratos, crescimento da receita e muitas outras medidas necessárias que tomamos”, afirmou o governador.

De acordo com o calendário, o 13º salário do servidor efetivo será pago em duas parcelas iguais. A primeira metade será quitada no dia 30 de junho de 2021 e a segunda no dia 17 de dezembro deste ano. Para os servidores comissionados, o pagamento será em parcela única, também no dia 17 de dezembro.

Confira abaixo o calendário completo:

 

Continue lendo

Política MT

Governador promete acelerar ritmo de investimentos através do Programa MT Mais

Publicado

Governador Mauro Mendes destaca alcance do Programa MT Mais [Foto – Tchelo Figueiredo]

O governador Mauro Mendes (DEM), aproveitou as entregas no final da semana passada de maquinários e outros itens para a agricultura familiar, e de 250 novas viaturas para a Segurança Pública, para admitir que a “casa está arrumada” e que seu governo concluiu com muito êxito o programa de recuperação do Estado: “conseguimos consertar o Estado”, disse Mendes.

“Colocamos as contas em ordem, os salários estão em dia, os fornecedores pagos, retomamos grande parte dessas quase 500 obras paralisadas, muitas já foram entregues, muitas em conclusão. Estamos agora com o maior programa de investimentos em obras e ações em curso, que é o Mais MT”.

Mendes recordou que ano passado o Estado tinham mais de mil quilômetros de rodovias sendo asfaltadas, além de 100 pontes construídas, de médio e grande porte. “Obras nas escolas, presídios sendo construídos, uma série de serviços em todas as áreas. Conseguimos, já em 2020, além de concluirmos com êxito esse programa de recuperação do Estado, consertar Mato Grosso, conseguimos, já, entregar muita coisa”, adiantou.

Conforme Mendes, o Programa MT Mais tem doze pilares, “desde a área da cultura, meio ambiente, eficiência pública, desburocratização dos serviços públicos, tornar o Estado mais rápido, mais eficiente em todas as áreas nós teremos investimentos que já estão acontecendo e vamos acelerar este ano”.

A previsão é de investimentos de R$ 3,1 bilhões este ano, sendo R$ 1,7 bilhão em recursos próprios, R$ 992,9 milhões em operações de crédito e R$ 334,5 milhões em convênios e emendas.

O programa tem recursos para escolas, hospitais, asfalto novo, pontes, aquisição de armamentos e equipamentos, qualificação profissional, assistência social, geração de empregos, melhoria da Educação Pública, e está dividido em 12 grandes eixos estruturantes: Segurança, Saúde, Educação, Social e Habitação, Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Infraestrutura, Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Simplifica MT, Eficiência Pública; Meio Ambiente, Agricultura Familiar e Regularização Fundiária.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana