conecte-se conosco


Geral

Em 24 horas, Mato Grosso registra duas mortes e 243 novos casos de Covid; 536 mil pacientes estão recuperados

Publicado

Há 50 internações em UTIs públicas e 28 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 27% para UTIs e em 6% para enfermaria

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (24), 551.907 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.990 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram notificadas 2 mortes e 243 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 551.907 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 997 estão em isolamento domiciliar e 536.423 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 50 internações em UTIs públicas e 28 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 27,62% para UTIs adulto e em 6% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (114.254), Várzea Grande (41.833), Rondonópolis (38.506), Sinop (26.750), Sorriso (18.553), Tangará da Serra (17.860), Lucas do Rio Verde (15.763), Primavera do Leste (14.844), Cáceres (12.002) e Alta Floresta (11.293).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 402.742 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, não restam amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na terça-feira (23), o Governo Federal confirmou o total de 22.030.182 casos da Covid-19 no Brasil e 613.066 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 22.019.870 casos da Covid-19 no Brasil e 612.782 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quarta-feira (24.11).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

MPE aponta irregularidades e pede fechamento de atacadista inaugurado nesta sexta-feira em Cuiabá

Publicado

De acordo com o MPE, atacadista não possui Alvará de Ocupação e nem Licença Ambiental [Foto ilustrativa]

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso ingressou com ação civil pública, com pedido liminar, requerendo o fechamento e a paralisação imediata das atividades exercidas pelo Fort Atacadista inaugurado nesta sexta-feira (25), na Rodovia Emanuel Pinheiro, saída para Chapada dos Guimarães. O MPMT ressalta que o empreendimento não possui Alvará de Ocupação (Habite-se do prédio) e nem Licença Ambiental de Instalação e Operação. Além disso, parte do empreendimento foi edificado em Área de Preservação Permanente.

A 17ª Promotoria de Justiça Cível, que atua na defesa da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural, enfatiza que para viabilizar a obra, foi realizada a tubulação de um córrego localizado na área sem qualquer autorização, colocando em risco a integridade física da população e degradando o meio ambiente.

Consta na ação que durante o trâmite do inquérito civil houve tentativas de resolução consensual e a empresa foi notificada por diversas vezes para que submetesse à aprovação do órgão municipal o projeto arquitetônico do prédio e a retirada de toda e qualquer edificação/construção/impermeabilização da Área de Preservação Permanente.

Segundo o MPMT, a inexistência de Habite-se (Alvará de Ocupação) apresenta risco iminente à população cuiabana, posto que somente o documento expedido pela Prefeitura Municipal certifica a adequação da edificação aos parâmetros técnicos de segurança.

CONFIRMAÇÃO – Em audiência realizada com o Ministério Público Estadual nesta quinta-feira (25), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável demonstrou que a empresa SDB Comércio de Alimentos Ltda não cumpriu os requisitos para a expedição do Habite-se, da Licença de Instalação e da Licença de Operação, não protocolou o Plano de Recuperação de Área Degradada e não possui projeto aprovado.

Atuando na defesa da coletividade, o pedido do MPMT é para que o empreendimento somente volte a funcionar após a regularização da edificação por meio da apresentação do Habite-se do prédio e licenças ambientais. A ação foi proposta na quinta-feira (25).

Continue lendo

Geral

MT tem sido uma máquina impulsionando o Brasil e vai ser um celeiro de novos pilotos, afirma Nelson Piquet

Publicado

Tricampeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet participou do lançamento do Parque Novo Mato Grosso nesta sexta-feira, uma das mais importantes iniciativas do Estado para o desenvolvimento da Baixada Cuiabana [Foto – Mayke Toscano]

O tricampeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet, destacou a importância da implantação de empreendimentos que fomentem a geração de novos pilotos no País. Piquet participou nesta sexta-feira (26) do lançamento do Parque Novo Mato Grosso, uma das mais importantes iniciativas do Estado para o desenvolvimento da Baixada Cuiabana e que contará com o 1º Autódromo iluminado do Brasil, seguindo os padrões da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

“Estou muito orgulhoso de vir aqui e participar desse grande evento. É uma maravilha para o automobilismo e para Mato Grosso, que tem sido uma máquina impulsionando o nosso Brasil. Um empreendimento como esse é onde se criam os novos pilotos para representar o Brasil futuramente. E é um investimento que impulsiona o turismo, não é?! Atrai investimentos para todo o Estado, porque possibilita a vinda de grandes eventos internacionais”, afirmou.

Além do autódromo, o Parque irá contar com estacionamento para mais de 12 mil veículos, espaço para shows e eventos para 100 mil pessoas, kartódromo, lago para prática esportiva com 100 hectares, museu do agro, pista de motocross, pista de caminhada de 5 km, pista de skate, pista de ciclismo, pista de bicicross, parque da família e pista para arrancadão.

O entorno do Parque também está sendo estruturado para evitar engarrafamentos, bem como receber milhares de visitantes para os eventos. As obras estão sob a responsabilidade de contratação pela Secretaria de Infraestrutura (Sinfra). Já as atrações do Parque serão contratadas via Companhia Mato-Grossense de Participações e Projetos (MT Par).

Conforme o governador Mauro Mendes, o objetivo é colocar o Parque em funcionamento em até dois anos, fazendo do local um dos maiores espaços multieventos da América Latina, que vai movimentar o comércio, serviços, turismo e geração de empregos.

“Estamos projetando esse autódromo para atender as normas internacionais de todas as modalidades de automobilismo e colocar aqui mais de 100 mil pessoas nas corridas. Esse Parque foi concebido para o dia a dia das pessoas, para as famílias terem um espaço de convivência e lazer. Todos vão ter orgulho de vir aqui”, assinalou o governador.

A entrada do Parque está localizada na MT-251, cerca de 11km da Trincheira Engenheiro Roberto Flávio Abbott de Castro Pinto, entre a Rodovia Helder Cândia – que liga Cuiabá ao Distrito de Nossa Senhora da Guia (MT-010), e Rodovia Emanuel Pinheiro – Estrada de Chapada.

As obras do Parque e das atrações serão realizadas por meio de licitações distintas, conforme especificação de cada atrativo. Após a conclusão, ainda sem data prevista, o espaço será gerido pela iniciativa privada, em regime de concessão.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana