conecte-se conosco


Opinião

ELIZEU NASCIMENTO – Prevenção é o melhor remédio

Publicado

Falar em saúde, sem antes pensarmos na prevenção, seria no mínimo um contrassenso, pois a prevenção continua sendo o melhor remédio. A prevenção sempre foi a melhor opção para uma vida saudável.

Partindo dessa premissa, na condição de deputado estadual, eleito pelo voto direto, no qual obtive 21.347 votos, correspondendo a (1,41%) dos votos válidos, eu, não poderia deixar de apresentar projetos de lei que favorecessem principalmente as pessoas mais humildes, os expropriados do capital.

Em função disso, apresentei a indicação de n° 3882/2019, tendo como objetivo, oferecer atendimento à população feminina na área da saúde.

Solicitando do governador Mauro Mendes (DEM), através da secretaria de Estado de Saúde (SES), a implantação de um consultório móvel intitulado de “Programa da Carreta Mamografia” para a detecção  precoce do câncer de mama, através de realização de exames em mulheres.Esta proposição apresentei na terça-feira, 3 de setembro.

Este tema em questão é realmente preocupante, uma vez que, através de dados compilados, através da Secretaria de Estado de Saúde, segundo a qual, o câncer de mama, é a principal causa de morte na população feminina mundial, representa 27,5% do total de casos da doença em mulheres e é o mais incidente entre elas – seguido do câncer de colo de útero e do reto.

Em Mato Grosso, o maior número de óbitos é na região da Baixada Cuiabana, seguida do sul mato-grossense e Teles Pires.

Caso, esta proposição seja atendida, a carreta, equipada com consultórios, oferecerá exames de mamografia grátis, sem necessidade de pedido de médico, para mulheres entre 50 e 69 anos.

 Os atendimentos serão extensivos a mulheres mais jovens, neste caso, será obrigatório levar o pedido médico, além do RG e do cartão do sistema Único de Saúde (SUS), o pedido poderá ser tanto pela rede pública, quanto particular.

Esta indicação tem como objetivo final, ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia, e com isso, poder prevenir dessa doença que mais mata mulher no mundo.

Há um ditado popular que diz “é melhor prevenir do que remediar”, ao pé da letra, a frase chama atenção par importância da prevenção quando tratamos de saúde, atitude aconselhada por boa parte dos profissionais, ligados à medicina.

Em dado momento do meu texto, me tornei redundante com o tema em questão, pois é melhor ser redundante do que omisso; pois fui eleito pela população, para legislar em prol dos menos favorecidos pela sorte, principalmente, pelo fato de eu ter nascido no seio de uma família humilde, sei o quanto essa indicação caso seja aprovada, irá favorecer as famílias carentes.

O cair é do homem, o levantar é de  Deus!   

*Elizeu Nascimento é deputado estadual pelo DC

 

 

 

Leia Também:  ONOFRE RIBEIRO - Liderar ou compartilhar?
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Opinião

EDUARDO CHILETTO – Árvore é qualidade de vida ao cuiabano

Publicado

Sem arborização, a população cuiabana sofre em época de calor. Mas efetivamente árvores auxiliam na melhoria de questões como temperatura e umidade relativa do ar? Vários estudos e pesquisas científicas comprovam a relação entre as condições microclimáticas de uma região e a arborização.

Apesar da necessidade de uma política de urbanização e paisagística, Cuiabá está se tornado paulatinamente mais aquecida, tanto devido à presença de material particulado (poeira, fuligem), liberação de gases (CO2, CO e outros), provenientes de veículos e indústrias, como, principalmente, pela desarborização dos seus quintais e calçadas.

Na semana em que celebramos o dia da árvore, a capital de Mato Grosso registrou novo recorde histórico de calor, chegando a sua maior temperatura em 108 anos: 42,3°C (um terço dos seus 300 anos). Isso, aliado a uma ausência de chuva por mais de quatro meses, ou seja, estamos vivendo condições extremas!

Segundo a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), o corpo humano não aguenta grandes variações em sua temperatura interna, aos 42°C, as proteínas começam a cozinhar e todo o organismo entra em pane. Imagine o impacto disso na saúde principalmente de crianças e idosos.

A temperatura do asfalto sob insolação chega facilmente a 60°C. O mesmo asfalto, sob a proteção da copa de uma árvore, atinge em torno de 35°C (metade!). Outra coisa, uma árvore com uma copa de 20 metros de diâmetro transpira mais de mil litros de água em um único dia, tem ideia do que isso significa?

Leia Também:  DIRCEU CARDOSO: A perigosa conflagração dos poderes

Evapotranspiração é a soma da evaporação da água pela superfície de solo mais a transpiração dos vegetais, passando para a atmosfera no estado de vapor, sendo parte do ciclo hidrológico. Ou seja, se nossos quintais e ruas tivessem árvores frondosas ao invés de cimento e fiação elétrica/telefonia, teríamos melhor conforto térmico e uma cidade seria ficaria mais úmida e agradável.

Além de ruas arborizadas serem bonitas e agradáveis, a cobertura verde gera qualidade de vida para a população, pois podem reduzir a temperatura em até 25°C em relação a locais não arborizados. Uma árvore adulta resfria o clima e criar áreas de sombra, oferece flores e frutos. Ainda ajuda a diminuir a poluição sonora servindo como bloqueio natural às ondas de som.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que a poluição sonora é a terceira principal no mundo e o ruído pode perturbar o trabalho, o descanso, o sono e a comunicação nos seres humanos, prejudicar a audição e causar ou provocar reações psicológicas e fisiológicas.

Neste dia 21 de setembro, quero oferecer a minha contribuição na conscientização da população sobre a importância dessa grande riqueza natural que é a árvore. Como todo ser vivo, ela exige cuidados: precisa ser podada, regada, seu entorno requer limpeza frequente, porém, acredito que o retorno dessa convivência é muito mais benéfico a todos nós que apenas o cimento cinza!

Leia Também:  ONOFRE RIBEIRO - Nova civilização no Centro-Oeste

Então, se você não sabe como plantar uma árvore, a minha orientação é que procure o Horto Florestal (Prefeitura de Cuiabá) ou as instituições acadêmicas de Mato Grosso (UFMT, Unemat, IFET e universidades privadas) que possuem uma produção científica voltada a tornar os espaços urbanos da região, conforme cada espécie e a utilização da mesma na sua casa ou na calçada.

A prefeitura dispõe do Decreto nº 5.144, de 15 de fevereiro de 2012, que traz regras sobre a arborização pública na área urbana e sedes de distrito do município de Cuiabá. Você pode se orientar sobre o tipo de arborização que você pode utilizar: http://www.cuiaba.mt.gov.br/upload/arquivo/decreto_5144_15_%20fevereiro_%202012.pdf.

Não há mais desculpas, está com calor? Plante e cuide de uma árvore! Não precisamos de uma campanha do poder público, vamos todos juntos, mas, cada um no seu quintal, devolver o título de Cidade Verde à nossa querida Cuiabá.

Eduardo Chiletto, arquiteto e urbanista, presidente da AAU-MT, [email protected]https://www.instagram.com/academiaarqurb/

Continue lendo

Opinião

JOSÉ DE PAIVA NETTO – Segurança em Deus

Publicado

Permaneceremos seguros onde e sempre que estivermos com Deus. O Pai Celestial é o Divino Sentimento de Caridade, que alimenta e nutre a nossa existência. Em seu “Discurso no Colégio Anchieta” (1903), grafou Rui Barbosa:

 — Deus é a necessidade das necessidades, Deus é a chave inevitável do Universo, Deus é a incógnita dos grandes problemas insolúveis, Deus é a harmonia entre as desarmonias da criação.

Paz duradoura

É essencial destacar as propostas e as ações de real entendimento fraterno entre os povos. Diferente rota para as nações será a do remédio amargo. Por isso mesmo, não percamos a Esperança diante do sofrimento. Perseveremos trabalhando “por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz”, consoante propôs o saudoso Alziro Zarur. Eis a direção da vitória. E não se trata de argumento simplório, mas, sim, do acertado roteiro da Paz duradoura. Foi o exemplo que nos ofereceu Jesus, Bússola de nossa mais legítima esperança, como afirmo em minha obra Jesus, o Libertador Divino (2007).

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor. [email protected] — www.boavontade.com

Leia Também:  ONOFRE RIBEIRO - Liderar ou compartilhar?

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana