conecte-se conosco


Esportes

Egípcio é expulso da seleção após ser acusado de assédio por várias mulheres

Publicado

amr warda
EFE

Amr Warda foi acusado de assédio por várias mulheres nas redes sociais e afastado da seleção egípcia

A Copa Africana de Nações teve início no último dia 21 de junho e vem acumulando alguns assuntos polêmicos. Nesta quarta-feira foi anunciado a expulsão de um dos jogadores da seleção do Egito por assédio.

Leia também:  Veja os números e curiosidades da Copa Africana de Nações de 2019

Amr Warda tem 25 anos e defende o PAOK, da Grécia. O meio-campista foi acusado por diversas mulheres de assédio nas redes sociais. Essa não é a primeira vez que Warda responde por acusações desse tipo. Em 2017 ele chegou a ser demitido do Feirense, de Portugal, após duas esposas de seus colegas alegarem que foram assediadas pelo egípcio.

A decisão de cortar Amr Warda da seleção partiu de Hany Abu Rida, presidente da Federação Egípcia de Futebol, após uma reunião com a equipe técnica e administrativa.

O caso do egípcio não foi o único de assédio na CAN. Antes do torneio ter início o atleta Haris Belkebla, da Argélia, foi cortado da seleção após exibir suas parte íntimas enquanto jogava Fornite online e postar a imagem nas redes sociais.

Leia Também:  Sport conquista o Campeonato Pernambucano

O Egito é o anfitrião da 32ª edição da Copa Africana de Nações . O time de Mohammed Salah venceu o primeiro jogo da competição contra o Zimbábue, por 1 a 0, e volta a campo nesta quarta-feira para enfrentar a seleção do Congo, as 17h00 (horário de Brasília).

Leia também:  Especulado no Fluminense, Buffon está próximo de retornar à Juventus

Apesar do escândalo de assédio , os anfitriões estão em segundo lugar no Grupo A atrás da Uganda pelo saldo de gols, mas empatados nos pontos. Ao todo são 24 seleções que disputam o troféu da Copa Africana de Nações que terá fim no dia 19 de julho.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Na mesmice, Brasil toma show da Argentina e permanência de Tite começa a ser questionada

Publicado

Brasil teve uma tarde para se esquecer nesta sexta-feira, na derrota para a Argentina por 1 a 0, no estádio Universitário Rei Saud, na Arábia Saudita. A seleção, comandada pelo técnico Tite, foi facilmente neutralizada pelos hermanos, que não fizeram muito esforço para vencer o arquirrival.

Após um bom início, o Brasil caiu de produção drasticamente com o pênalti perdido por Gabriel Jesus. O atacante do Manchester City foi o que mais finalizou, já que Roberto Firmino passou em branco, Willian pouco produziu pelos lados de campo e Lucas Paquetá, jogou?
O meio de campo da seleção brasileira também deixou a desejar. O Brasil perdeu todas as divididas e as chamadas ‘segunda bola’. Arthur ficou muito abaixo. Mas quem teve atuação desastrosa, novamente, foi Alex Sandro. O lateral-esquerdo fez uma partida pífia e aumenta a preocupação no setor, já que Filipe Luis e Marcelo dificilmente terão condições para a Copa do Mundo de 2020.

O ponto positivo vai para Alisson. O goleiro fez importantes defesas durante o duelo e ainda defendeu o pênalti cobrado por Messi. No entanto, teve azar. No rebote, o argentino deu a vitória para sua seleção.

Leia Também:  Sport conquista o Campeonato Pernambucano

Os reservas que entraram também não conseguiram mudar o destino do duelo e pouco chamaram a atenção. No entanto, a maioria das mudanças foi feita tarde demais.

INTERROGAÇÃO

Há um ponto de interrogação também no trabalho de Tite. O treinador segue sem fazer muitas experiências, fazendo com que a seleção continue ‘mais da mesma’. O Brasil parece ser um time cansado e sem qualidade. O ex-corintiano parece ter perdido mão e, talvez, não mereça mais um ciclo à frente da ‘amarelinha’.

ARGENTINA A Argentina fez uma partida segura, sem muito brilho, é verdade, mas fez o suficiente para vencer o Brasil, sem correr qualquer risco de ver a vitória ir por água abaixo. O goleiro Andrada praticamente assistiu o jogo.

Continue lendo

Esportes

Copa Verde: Cuiabá domina, mas vacila, perde e decisão fica para a volta, no Mangueirão

Publicado

Paysandu deu um importante passo rumo ao tri da Copa Verde na noite desta quinta-feira ao vencer o Cuiabá, por 1 a 0, na Arena Pantanal, no primeiro jogo da final. Nicolas, de cabeça, foi o autor do único gol.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, às 21 horas, no Estádio Mangueirão, em Belém. O Paysandu tem a vantagem do empate, enquanto o Cuiabá precisa ganhar por dois ou mais de vantagem.

Como o gol fora de casa não vale como critério de desempate, uma vitória simples do time mato-grossense leva a decisão para os pênaltis.

A vitória coroou o poder de superação do Paysandu, que encontrou problemas de voo e chegou na capital do Mato Grosso horas antes da bola rolar. A partida só aconteceu graças a um voo fretado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O JOGO Atuando em casa, o Cuiabá dominou todo o primeiro tempo e criou algumas boas oportunidades. Jefinho finalizou colocado e a bola passou perto da trave. Depois, Felipe Marques exigiu defesa de Giovanni. O Paysandu chegou com perigo no contra-ataque, mas Vinícius Leite mandou para fora.

Leia Também:  Draxler revela detalhes da briga com Neymar no PSG

A etapa final começou mais equilibrada e o castigo ao Cuiabá pelas chances desperdiçadas veio aos 23 minutos. Leandro Lima cobrou falta para dentro da área e Nicolas abriu o placar de cabeça. O empate quase veio na sequência. Ednei cabeceou nas mãos de Giovanni.

O goleiro bicolor voltou a trabalhar em finalização de Gutiérrez. O gol marcado pelo Paysandu deixou a partida aberta. Aos 28, Nicolas quase fez o segundo ao cabecear para fora. Na sequência, Vinícius Leite chutou colocado e a bola passou raspando a trave.

Nos minutos finais, os jogadores do Cuiabá reclamaram de um pênalti não marcado, mas o árbitro mandou o lance seguir após consultar o VAR. Na sequência, Léo recebeu o segundo amarelo e deixou os donos da casa com um homem a menos.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana