conecte-se conosco


Várzea Grande

Educação regulamenta atividades escolares para o ano letivo de 2021 e define datas para matrículas on-line

Publicado


26/11/2020    2

A secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande publicou em Diário Oficial, na data de 24 de novembro , as Normas Orientativas de Nº 002/2020. O documento regulamenta as atividades escolares não-presenciais realizadas no corrente ano letivo, o calendário escolar 2021, as matrículas on-line, a formação continuada dos profissionais da educação para 2021, as medidas de biossegurança para o retorno das atividades escolares presenciais, dentre outras medidas e informações acerca do ensino-aprendizagem na cidade. Pela primeira vez, as matrículas para alunos novos serão realizadas de forma 100% online, sem a necessidade de contato com outras pessoas e até mesmo de descolamento.

Como explica o secretário Sílvio Fidélis, o processo de matrículas para o ano letivo 2021 nas 85 unidades de Ensino da Rede Municipal de Várzea Grande, ocorrerá através do Sistema de Gestão Educacional, cujo link estará disponível no Portal da prefeitura municipal. A expectativa é de que pelo sexto ano seguido haja incremento no número de alunos matriculados na Rede. “Passamos de cerca de 23 mil em 2015 para mais de 28 mil alunos em 2020”, comemora o Titular da Pasta.   

Conforme a normativa atual, a rematrícula – para garantia de vagas para alunos já inseridos na Rede Municipal – poderá ser efetivada nos dias 22 e 23 de dezembro desse ano.

As matrículas para novos alunos estará aberta entre os dias 4 a 7 de janeiro de 2021, mas como destaca Fidélis, deverá atender à seguinte estratificação como forma de reduzir as possibilidades de congestionamento no sistema e de minimizar falhas de comunicação entre sistema, software e equipamentos.

Entre os dias 04 e 05 de janeiro, será possível a realização de matrículas para alunos novos em idade de creche, àqueles que farão parte dos 23 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI), sendo que no 1º dia (4/01/2021), poderá se inscrever moradores da região leste e oeste da cidade e no 2º dia (5/01/2021), região norte e sul.

Entre os dias 6 e 7 de janeiro de 2021 poderão ser matriculados alunos novos para pré-escola, ensino fundamental e EJA, da seguinte forma: 6/01/2021 – região leste, oeste e centro e no dia 7/01/2021 – região sul e norte.

O atual ano letivo se encerra no dia 17 de dezembro. Para as unidades da Rede Pública Municipal de Ensino de Várzea Grande fica estabelecido o início do ano letivo em 08/02/2021.

“As orientações aqui apresentadas são diretrizes gerais para a Educação Básica da Rede Pública Municipal de Ensino de Várzea Grande e têm como objetivo apoiar as equipes das unidades de ensino no retorno das atividades presenciais. Ressaltamos a necessidade de desenvolver novas estratégias que sejam adequadas ao contexto de cada unidade”, argumenta Fidélis.

Ainda conforme o secretário, as unidades escolares devem disponibilizar os aparatos de segurança e higiene, e ainda orientar todos os profissionais para utilizá-los, seguindo os procedimentos e os protocolos recomendados para o combate à Covid-19, entre outras ações, divulgar para a comunidade externa, mensagens relacionadas ao retorno das atividades presenciais total ou gradativa, realizar treinamento de profissionais de Educação e técnicos, assim como, orientações aos familiares quanto às medidas de distanciamento social e higiene necessárias; desempenhando esforços para educar crianças e adolescentes nesse sentido, aferir a temperatura dos servidores, das crianças e acompanhantes na entrada da unidade escolar, exigir o uso de máscara facial, intensificar as medidas de higiene, incluindo lavagem das mãos, etiqueta respiratória (ou seja, tossir e espirrar no cotovelo), promover higienização das mãos com água e sabão ou álcool 70% ao chegar na Unidade escolar e sempre que necessário, não compartilhar objetos de uso pessoal, como copos e talheres, materiais de escritórios, livros e afins, respeitar o distanciamento de pelo menos, um metro e meio entre as pessoas, recomendar que cada aluno traga a sua garrafinha de água, entre outras medidas de rotina.

“O retorno das atividades presenciais devem respeitar as regras de biossegurança editadas pelos respectivos entes federados. Várzea Grande ainda não tem uma data para o retorno da rotina escolar presencial, seguiremos orientação do Governo do Estado e os dados epidemiológicos da Pandemia na cidade, mas cada instituição de ensino é responsável por seus estudantes durante todo o período em que se encontram na unidade. No cenário de retorno esses  cuidados devem ser ainda mais intensos. Conforme orientações das autoridades Federal, Estadual e Municipal,  poderão retornar as atividades escolares, presenciais, híbridas ou não presenciais, no decorrer do ano de 2021”, alerta Silvio Fidélis.

De todo o modo, o Calendário Escolar 2021 das unidades escolares pertencentes à Rede Municipal de Ensino deverá atender o mínimo de 200 dias letivos e a carga horária mínima de 800 horas, salvo novas orientações, diante de cenário de excepcionalidades, que impossibilite o retorno.

 

Por: Marianna Peres – Secom/VG

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Sociedade civil organizada é convidada a participar do Conselho da Cidade

Publicado


Legenda:

Entidades representantes da sociedade civil organizada com atuação no município de Várzea Grande podem se inscrever para integrar o Conselho da Cidade, o Concidade, e assim contribuir com o desenvolvimento urbano e social do município. O edital de convocação para o preenchimento de 13 vagas da categoria foi publicado nesta quinta-feira, 21 de janeiro, no Diário Oficial dos Municípios. 

A inscrição deve ser realizada na Secretaria Municipal de Planejamento, em horário comercial das 8h às 12h e das 14h às 18h entre os dias 21 e 29 de janeiro. A audiência pública que escolherá os representantes será realizada no dia 09 de fevereiro, às 8h, no ginásio “Complexo Esportivo Júlio Domingos de Campos – Fiotão”. 

Estão convocadas a participar do processo de escolha entidades oriundas dos segmentos: classe trabalhadora, movimentos sociais, classe empresarial, classe de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe, além de Organizações Não Governamentais (ONGs).  

De acordo com o edital é impreterível que as entidades tenham atuação fim na área de desenvolvimento urbano e social. Das 13 entidades representativas da sociedade civil organizada 05 membros devem ser oriundos dos movimentos sociais; 02 da classe trabalhadora; 02 da classe empresarial, 03 das classes de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe; e, um das organizações não governamentais.  

O secretário de Planejamento e presidente do Conselho, João Carlos Cardoso, informou que cada entidade poderá se inscrever para um único segmento representativo da sociedade civil organizada. 

“No ato da inscrição é necessário apresentar o requerimento de inscrição da entidade, o estatuto da entidade alem de: ato constitutivo, inscrição no cadastro nacional de pessoa jurídica, ata de eleição vigente, posse de diretoria, documentos pessoais dos membros da diretoria, além do nome do conselheiro titular e suplente que serão representantes da entidade junto ao Concidade”, enfatizou lembrando que todos os detalhes do processo está disponível na Resolução 01/2012/Concidade, publicada nesta quinta-feira. 

Continue lendo

Várzea Grande

Capacitação será ofertada a produtores rurais de Várzea Grande

Publicado


Legenda:

Pequenos produtores rurais de Várzea Grande terão a oportunidade de ampliar sua produção e competir no mercado comercial, a partir da capacitação e profissionalização. A Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, firmou parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). De janeiro a junho deste ano, ao menos 300 produtores rurais do município serão contemplados com 17 cursos de capacitação.   

“O Senar-MT atua muito fortemente junto à agricultura familiar e a parceria com a Prefeitura vai proporcionar uma melhor qualificação dos produtores rurais da nossa cidade”, afirmou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Célio Santos.

Segundo o gestor, a parceria vai beneficiar diretamente os produtores através de oficinas com conhecimentos e estratégias para a maximização produtiva e minimização de seus custos, melhoria da gestão empresarial, aumentando seu faturamento e o número de mercados acessados através de capacitações empresariais.

“Várzea Grande já possui produções importantes vindas da agricultura familiar que tem papel fundamental para o abastecimento e movimentação da economia local como é caso da região do Limpo Grande que produz maxixe, pimentão, folhas e uma cooperativa que produz derivados de leite como mussarela, queijo, iogurte e compra boa parte da produção de leite dos pequenos produtores da baixada cuiabana. Nesse contexto, essa parceria com o Senar-MT, será muito importante para a agricultura familiar e vem somar, pois temos essa carência de capacitação, treinamento e acompanhamento dos nossos agricultores. Queremos proporcionar o crescimento da agricultura na cidade”, disse o secretário Célio Santos.  

O primeiro curso será de produção caseira de conservas vegetais e hortaliças no período de 25 a 27 de janeiro, e o segundo será de produção de derivados do leite – requeijões, doces, iogurte e manteiga, de 25 a 29 de janeiro. Em fevereiro os cursos serão de relacionamento interpessoal, de 01 a 03; manutenção de tratores agrícolas, de 08 a 12; e jardinagem de 22 a 26. Em março serão oferecidos os cursos de inclusão digital rural (intermediário), de 01 a 05; olericultura básica, de 01 a 05; primeiros socorros, de 15 a 17; e, atendimento ao cliente de 22 a 24.

O calendário ainda prevê os cursos de “Negócio Certo Rural”, de 05/04 a 26/05; confecção de artesanato em ponto cruz, de 12 a 14/04; vacinação contra brucelose, de 19 a 20/04; artesanato com fibras sintéticas de 19 a 21/05; Mutirão Rural dia 19/05; produção de tomate, pimentão, pimenta, berinjela e jiló, de 24 a 28/05; avicultura básica (sistema caipira) de 14 a 18/06 e o Cine Senar, dia 19/06.

Conforme explica o coordenador de Desenvolvimento Rural Sustentável da pasta, Everton Jupirani Navarro, os cursos serão ministrados nas comunidades próximo dos produtores com toda estrutura necessária. “O Senar-MT irá disponibilizar toda estrutura para as capacitações como material didático, uniformes, e insumos, além dos professores, o município também contribui com o aprendizado e acompanhamento da implantação das técnicas aprendidas e a solução de dúvidas na prática. Também continuamos fazendo levantamento das necessidades desses produtores para novos cursos que serão disponibilizados durante o ano. E, todo amparo que esses pequenos produtores necessitarem antes, durante e depois dos cursos estaremos à disposição para atendê-los com acompanhamento permanente”, detalhou.   

Para o prefeito Kalil Baracat, a parceria com o Senar-MT é importante para melhorar a renda do produtor rural. “Nosso produtor melhor qualificado poderá expandir seus negócios, gerar empregos e ampliar a renda. O propósito do programa é capacitá-los para que possam atuar no mercado de maneira competitiva, além de incentivar o desenvolvimento sustentável e econômico de nosso município”, avalia o chefe do Executivo Municipal.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana