conecte-se conosco


Política Nacional

Eduardo Bolsonaro posta foto do nascimento da filha: “Bebê mais lindo que já vi”

Publicado


source
Eduardo Bolsonaro filha
Reprodução / Facebook

Geórgia nasceu há uma semana e Eduardo Bolsonaro recordou momento compartilhado foto do parto

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) , compartilhou pela primeira vez uma imagem da filha Geórgia nas redes sociais. A criança nasceu há uma semana, em um parto natural e humanizado. Na imagem, Eduardo aparece ao lado da esposa, psicóloga Heloísa Wolf e da equipe médica.

“Há 1 semana Heloísa começou a sentir contrações a noite, a Enfermeira Fernanda Bittencourt @fefe_sb veio à nossa casa e depois de madrugada fomos ao hospital. As contrações ficaram mais fortes, Heloísa sofreu, mas foi forte, segurou a onda. Tive pena dela, mas não havia o que eu pudesse fazer e sabia que depois viria a bonança. Cerca de 2 horas depois nascia nossa princesa de parto natural”, relembrou Eduardo.

Pai de primeira viagem, Eduardo Bolsonaro  diz que ainda se emociona ao lembrar do momento em que Geórgia chegou ao mundo.

“Impossível não se emocionar – até escrevendo isso e relembrando me seguro. Ficamos felizes porque ela veio com muita saúde e tudo deu certo”.

O deputado agradeceu as orações e mensagens recebidas em apoio à nova fase. Nos comentários, diversos apoiadores falaram sobre como o “milagre da vida” é importante e transformador na vida das pessoas e parabenizaram o casal. 

Leia o relato completo:


publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

General Ramos fiz que “não tem briga nenhuma” entre ele e Ricardo Salles

Publicado


source
Luiz Eduardo Ramos%2C ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência
Isac Nóbrega/PR

Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência

O ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Eduardo Ramos , disse neste domingo (25) que “não tem briga nenhuma” entre ele e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles . A declaração foi feita durante agenda junto com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Distrito Federal. As informações são do jornal Folha de S. Paulo .

“Rapaz, não tem briga nenhuma”, disse o general quando se dirigia à moto para deixar o posto de gasolina em que foi com Bolsonaro em Sobradinho. “Tem uma definição: briga é quando [tem] duas pessoas”, completou.

O ministro ainda foi questionado sobre o clima entre os integrantes da equipe ministerial, asm ele se limitou a relação dele com Bolsonaro. “Minha relação com o presidente está excepcional como sempre.”

Na última quinta-feira (22), o ministro Ricardo Salles publicou no Twitter que Ramos tinha um comportamento de “maria fofoca”. A publicação foi apagada minustos depois. A gota d’água para esse desentendimento foi uma nota do jornal O Globo que dizia que o ministro estava esticando a corda com a ala militar do governo em decorrência do episódio envolvendo a falta de recursos no Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Naquela ocasião, Salles tinha dito que, sem dinheiro, brigadistas interromperiam atividades de combate a incêndios e queimadas.

As críticas de Salles a Ramos são amparadas pelos filhos de Jair Bolsonaro e fazem parte de estratégia do núcleo ideológico para convencer o presidente a trocar o responsável pela articulação política do governo. Está prevista para uma minirreforma ministerial em fevereiro de 2021.

Essa pressão ocorre nos bastidores desde agosto, mas agora veio a público com a manifestação de Salles nas redes sociais. A decisão de Salles de tornar público o embate, segundo assessores palacianos, busca acelerar o desgaste de Ramos.

A ideia é repetir a fritura realizada no ano passado com o general Carlos Alberto dos Santos Cruz, que também comandava a Secretaria de Governo e foi criticado pelo núcleo ideológico por sua postura moderada. Bolsonaro foi influenciado a substituí-lo no posto principalmente pelo vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Continue lendo

Política Nacional

“Emergência de saúde pública”, diz Lewandowski ao mandar vacinação ao STF

Publicado


source
Ricardo Lewandowski
Nelson Jr./SCO/STF

Ministro do STF Ricardo Lewandowski

O ministro  Ricardo Lewandowski , do  Supremo Tribunal Federal  (STF), disse que há uma “emergência de saúde pública” ao levar a pauta da vacinação contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), para julgamento do plenário da Corte.

Ao aplicar o rito abreviado a ações apresentadas à Corte pelo PDT, o PTB e a Rede Sustentabilidade, o ministro destacou a “importância da matéria e a emergência de saúde pública decorrente do surto do coronavírus”.

Em seus despachos, ele ainda pediu que o governo federal preste informações sobre essas ações e outras medidas profiláticas no combate à pandemia, além de que sejam dados pareceres da Advocacia-Geral da União (AGU) e da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Nesta sexta, o presidente da Corte,  ministro Luiz Fux afirmou que é “necessário” que o tema da vacina chegue ao poder Judiciário . “Podem escrever, haverá uma judicialização, que eu acho que é necessária, que é essa questão da vacinação. Não só a liberdade individual, como também os pré-requisitos para se adotar uma vacina”, ressaltou o ministro.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana