conecte-se conosco


Meu Pet

Dona faz alerta sobre perigo do brinquedo de corda após sua cadela morrer

Publicado

Todo dono de cachorro sabe: eles adoram brincar e quanto mais brinquedos melhor
. Porém, nem todo brinquedo é seguro para deixar disponível o tempo inteiro para o animal, até quando não tem gente por perto. Esse é o alerta de Indira Tuckler que perdeu sua cadela por causa de um brinquedo de corda. 

Na intenção de agradar seus animais de estimação Indira, que é criadora da raça Golden Retriever, comprou alguns brinquedos de corda
 com bolas na ponta para eles, acreditando que eram “muito resistentes e impossíveis de destruir”. 


undefined
Reprodução Facebook

O brinquedo de corda parecia ser inofensivo

Porém, o que aconteceu pouco tempo após o brinquedo ser entregue aos animais deixou claro o perigo que ele representava. Uma de suas cadelas conseguiu destrui-lo totalmente e acabou engolindo quase 1 metro de corda. 

No momento em que percebeu o que havia acontecido, Indira recolheu os brinquedos e correu com sua cachorrinha para o veterinário. “A bola se desenrolou e foi fazendo várias feridas no intestino enquanto tentava passar. Os veterinários tiraram quase 1 metro de corda que estava enrolada em seu intestino. Eles também removeram 35 centímetros de intestino perfurado”, contou Indira em uma publicação no Facebook. 

Leia também: Torção gástrica em cães é uma das principais causas de morte dos pets


undefined
Reprodução Facebook

A cadela não resistiu após destruir e ingerir o brinquedo de corda

Apesar da ação rápida da dona, o estrago feito pela quantidade de corda engolida foi muito grande e a cadela morreu dois dias depois. 

De coração partido, Indira decidiu contar sua história e fazer um alerta nas redes sociais: “Eu queria avisar para todos o quanto esses brinquedos podem ser perigosos. De acordo com um artigo postado pela  Germantown Veterinary Clinic, corda é o objeto mais perigoso que o cachorro pode engolir. Objetos lineares são perigosos porque viajam pelo intestino trazendo danos. Esses brinquedos são muito perigosos e mesmo assim continuam sendo vendidos em lojas”. A postagem foi compartilhada mais de 32 mil vezes. 

Leia também: Brinquedo de cachorro: saiba a importância de sempre comprar um novo

Quando for comprar um brinquedo de corda
, uma bolinha, um osso, um bichinho de pelúcia ou qualquer outra coisa para o cachorro brincar, certifique-se de que é resistente e não será facilmente destruído. No Brasil, eles costumam ter selo o Inmetro. O ideal é que apenas os objetos totalmente seguros fiquem à disposição do cachorro o tempo todo, os outros que podem ser rasgados ou despedaçados (corda, osso, bichinho de pelúcia, etc), sejam disponibilizados apenas com a presença do dono. 


publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Meu Pet

Assustada com fogos, cadela tenta cavar buraco e morre em Rondonópolis

Publicado

Apavorada com as queimas de fogos, a pit bull Zoe foi vítima fatal nesta virada de ano em MT

Um relato emocionante marcou o início deste sábado (1), quando uma clínica veterinária localizada no bairro Santa Cruz, em Rondonópolis-MT, denúnciou a morte de um animal, devido a queima de fogos realizado na virada do ano.

No texto postado em uma rede social, representantes da clínica mostram a pit bull Zoe, que durante os fogos de artifício, procurou cavar um buraco com a intenção de se esconder, porém encontrou um fio elétrico e acabou mordendo, o que levou a uma morte instantânea.

Segue texto portado.

“A imbecilidade mata! Fogos incomodam, aterrorizam e também matam! Zoe é a prova mais recente!”

Em outro trecho, a clínica explica o fato e pede consciência. “Em Rondonópolis, nessa noite da virada, amedrontada com o estampido dos fogos, instintivamente a pit bull Zoe buscou cavar um buraco para se proteger, um refúgio. No caminho, infelizmente encontrou um fio elétrico, o qual ela quis arrancar para continuar cavando o seu buraco de proteção, mordida essa que foi fatal.
Portanto, você que gosta de fogos com barulho só mudará de atitude, paradigma e conceito o dia que você descobrir que você não vive sozinho no mundo e que este não gira exclusivamente em torno de você. O dia que isso acontecer, você estará fazendo um bem imenso para idosos, acamados, crianças especiais e pets, inclusive para você. Pense nisso!”

Continue lendo

Meu Pet

Gato testa positivo para COVID-19 em Hong Kong; é terceiro caso pet confirmado

Publicado

De acordo com o departamento de agricultura de Hong Kong, um gato testou positivo para o Covid-19 após sua dona ser diagnosticada com a doença. É o segundo gato a apresentar o vírus. Um caso foi registrado na Bélgica na semana passada

Gato malhado de olhos fechados arrow-options
Stockexpert/Divulgação

Gato é segundo a testar positivo para COVID-19 após caso confirmado na Bélgica

De acordo com o site South China Morning Post, o gato apresentou sinais da doença após sua dona, de apenas 25 anos, ficar em estado grave devido ao novo coronavírus. A presença do Sars-Cov-2 foi detectado por coletas de amostras da boca, do nariz e do reto do animal.

Além de ser o segundo caso confirmado de um gato, é o terceiro de um animal de estimação no mundo. Um cachorro também havia testado positivo para o vírus em Hong Kong. Profissionais da saúde afirmam que não há evidências de que os pets sejam transmissores do vírus.




Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana