conecte-se conosco


Geral

Casos de infecções por coronavírus avançam e domingo fecha quadro com mais três mortes e 1464 atingidos

Publicado

 

.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (24), 1.464 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 40 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As últimas três mortes envolveram dois residentes de Cuiabá e um de Cotriguaçu.

Os casos confirmados estão em Cuiabá (489), Várzea Grande (124), Rondonópolis (112), Primavera do Leste (71), Tangará da Serra (66), Barra do Garças (65), Lucas do Rio Verde (46), Sorriso (37), Confresa (35), Sinop (34), Rosário Oeste (34), Jaciara (25), Peixoto de Azevedo (21), Cáceres (19), Nova Mutum (18), Pontes e Lacerda (17), Alta Floresta (16), Querência (15),  Mirassol D’Oeste (10), Tapurah (9), Chapada dos Guimarães (9), Campo Verde (9), Vila Rica (7), Jangada (7), Campo Novo do Parecis (7), Aripuanã (7), Alto Araguaia (7), São Pedro da Cipa (6), São José dos Quatro Marcos (6), Sapezal (5), Pontal do Araguaia (5), Nova Ubiratã (5), Juína (5), Ribeirão Cascalheira (4), Matupá (4), Guarantã do Norte (4), Curvelândia (4), Acorizal (4), Rio Branco (3), Poconé (3), Nova Lacerda (3), Nossa Senhora do Livramento (3), Ipiranga do Norte (3), Conquista  D’Oeste (3), Água Boa (3), Vila Bela da Santíssima Trindade (2), Vale de São Domingos (2), Santo Antônio de Leverger (2), Rondolândia (2), Poxoréo (2), Pedra Preta (2), Juscimeira (2), Jauru (2), Dom Aquino (2), Cotriguaçu (2), Colíder (2), Canarana (2), Bom Jesus do Araguaia (2), União do Sul (1), Terra Nova do Norte (1), São José do Xingu (1), São José do Povo (1), São Felix do Araguaia (1), Santa Rita do Trivelato (1), Porto Alegre do Norte (1), Ponte Branca (1), Novo Mundo (1), Nova Xavantina (1), Nova Olímpia (1), Nova Monte Verde (1), Nobres (1), Marcelândia (1), Luciara (1), Lambari D’Oeste (1), Juara (1), Campos de Júlio (1), Alto Paraguai (1), Alto Garças (1), Alto Boa Vista (1), e residentes de outros Estados (28).

Nas últimas 24 horas, surgiram 101 novas confirmações em Acorizal (1), Alta Floresta (3), Barra do Garças (3), Campo Verde (1), Chapada dos Guimarães (2), Cuiabá (64), Primavera do Leste (8), Rondonópolis (5), Rosário Oeste (1), Sorriso (3), Tangará da Serra (6) e Várzea Grande (4).

Dos 1.464 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 844 estão em isolamento domiciliar e 460 estão recuperados. Há ainda 120 pacientes hospitalizados, sendo 58 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 62 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 265 leitos de UTI e 874 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,7% masculino; além disso, 427 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 5.068 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 195 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até o último sábado (23), o Governo Federal confirmou 347.398 casos da Covid-19 no Brasil e 22.013 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 21.048 mortes e 330.890 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os números deste domingo (24).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Confira como está funcionando o atendimento ao público nos órgãos estaduais

Publicado

Maioria dos serviços está sendo prestada de forma online, através de canais digitais; órgãos públicos estão funcionando com horário reduzido, das 07h30 às 13h30

O Governo do Estado suspendeu temporariamente, por um período de quinze dias, o atendimento ao público em vários órgãos e entidades do Estado devido à quarentena obrigatória imposta pelo decreto nº 532, que reforça a classificação de risco dos municípios mato-grossenses. A medida restritiva visa prevenir a disseminação da Covid-19.

Durante este período, a maioria dos serviços são prestados de forma online, através de canais digitais. Além disso, estão funcionando presencialmente somente os serviços essenciais e com horário reduzido, das 07h30 às 13h30, em escala de revezamento dos servidores, adotada desde o início da pandemia. O restante dos servidores atuam em teletrabalho.

Saiba como estão funcionando os atendimentos ao público.

Ganha Tempo

As unidades do Ganha Tempo de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Cáceres estão fechadas. Cuiabá e Várzea Grande fecharam nesta quinta-feira (25.06). Já Rondonópolis fechou nesta sexta-feira (26.06), e Cáceres no último dia 22. Nesses dois últimos municípios, a princípio, o fechamento é por sete dias.

Os serviços prestados por órgãos estaduais nessas unidades podem ser acessados pelos canais de atendimento de cada entidade.

Detran

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) já suspendeu o atendimento presencial em 17 municípios e a partir da próxima segunda-feira (29) suspenderá em mais 36, chegando a 53 localidades no total. No caso de Cuiabá, além da sede, também estão fechados os Núcleos de Atendimento do Shopping Estação, Goiabeiras Shopping e Galeria Itália, e a unidade localizada no Várzea Grande Shopping.

Além da capital e Várzea Grande, estão fechadas as unidades de Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangara da Serra, Alta Floresta, Cáceres, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Porto Esperidião, Nossa Senhora do Livramento, Campo Verde, Confresa, Lucas do Rio Verde e Querência.

A orientação do Detran-MT neste momento de prevenção ao novo coronavírus é de que o cidadão verifique sempre se o serviço que ele deseja está disponível de forma digital, no site da autarquia e também pelo aplicativo MT Cidadão.

Sefaz

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) suspendeu o atendimento ao público – presencial e telefônico. A suspensão alcança o atendimento realizado na Agências Fazendárias, Unidades de Serviços Conveniados e na sede. Apenas os postos de fiscalização continuam com atendimento presencial, já que a parda é obrigatória.

Durante esse período, os contabilistas e contribuintes (pessoa física ou jurídica) que precisarem de serviços devem utilizar os canais eletrônicos disponíveis: “Sefaz para Você” ou e-mail das Agências Fazendárias.  O “Sefaz para Você” pode ser acessado pelo site de secretaria, no banner localizado na página inicial do portal. A Sefaz ressalta que mais de 90% dos serviços e informações fazendários estão disponíveis à população de forma online.

Sine

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) disponibilizou canais virtuais de atendimento aos trabalhadores que buscam os serviços ofertados pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine). O objetivo é auxiliar os profissionais que estão em busca de informações sobre o benefício do seguro-desemprego ou que procuram por uma vaga de emprego durante o período em que não houver atendimento presencial. Mais informações aqui.

Procon

O Procon Estadual também só está realizando atendimentos de maneira online. O consumidor pode obter orientações pelo whatsapp (65-99228-3098). Orientações, denúncias e registros de problemas de consumo podem ser feitos aqui.

PGE e CGE

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a Controladoria Geral do Estado (CGE) suspenderam os atendimentos externos. Ambas disponibilizaram canais de atendimentos por telefone, site e e-mail. O atendimento é destinado tanto para a pessoa física, como pessoa jurídica.

Entre as atribuições da PGE disponíveis de forma online estão a negociação de dívida ativa, consultas de dívidas em protesto, licenciamento de veículos e precatórios. Clique aqui  e saiba quais os canais de atendimento. Para ter acesso aos canais de atendimento da CGE clique aqui.

Saúde e Segurança

Os serviços de saúde e segurança são considerados essenciais e não pararam o atendimento ao público, mas a orientação do Governo é que a população só procure esses órgãos pessoalmente após esgotar todas as possibilidades de atendimento online.

As centrais de flagrantes de Cuiabá e Várzea Grande permanecem funcionando normalmente, mas os Boletins de Ocorrências, com exceção dos casos de flagrantes e crimes graves, podem ser realizados pela Delegacia Virtual.

Vale destacar também que pela Delegacia Virtual é possível fazer pré-registro de ocorrências envolvendo violência doméstica como injúria, ameaça, calúnia, difamação, constrangimento ilegal e violação de domicílio.

 

Continue lendo

Geral

Em novo decreto, Várzea Grande endurece regras de isolamento e proíbe venda de bebidas alcoólicas geladas

Publicado

Novo decreto foi editado pela prefeita Lucimar Campos nesta sexta-feira

Visando endurecer ainda mais as regras da paralisação das atividades não essenciais previstas em decisão do juiz da Vara da Saúde Pública de Mato Grosso, José Luiz Leite Lindote, a prefeita de Várzea Grande, Lucimar
Sacre de Campos, editou novo decreto 43/2020, e nomeou o Coronel da Polícia Militar e superintendente da Vigilância Sanitária, Alessandro Ferreira da Silva, como novo secretário de Governo.
“Vamos reforçar ainda mais a nossa fiscalização e fazer cumprir as regras do isolamento social e as medidas de segurança sanitária como uso de máscaras, distância de 1,5 metros entre as pessoas e higienização rigorosa”, disse a prefeita sinalizando que o novo decreto torna mais clara as regras de funcionamento dos serviços essenciais com parâmetros no decreto presidencial 10.282 de 20 de Março e no Decreto do Governo do Estado 522 de 12 de junho último.
Além de cumprir a ordem judicial de fechamento do comércio não essencial, o Decreto 43, reafirma aqueles setores do comércio considerados essenciais e que não tem horário de funcionamento pré-estabelecido, como as indústrias de produção e torna taxativo que nenhum setor de gêneros alimentícios pode vender bebidas alcoólicas
geladas.
“Não existe lei seca em Várzea Grande, apenas a restrição para o consumo no lugar aonde é comercializada, por isso, não iremos permitir que aconteça venda das mesmas geladas. Se o cliente quiser adquirir bebidas alcoólicas em supermercados, mercados, padarias, distribuidoras, conveniências, terá que faze-lo quente para ser consumida em sua residência”, disse o futuro secretário de Governo, Alessandro Ferreira da Silva que acumulará a função com a Vigilância Sanitária e o reforço ainda maior na fiscalização.
As alterações promovidas pelo novo decreto, segundo o presidente do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19), secretário Silvio Fidélis, a dinâmica colocada em prática pela prefeita Lucimar Sacre de Campos e recomendada ao Comitê de Enfrentamento é no sentido de atender aos anseios da população, do setor comercial e industrial e também das determinações judiciais da sentença do magistrado José Luiz Leite Lindote.
“Temos que construir um ponto de equilíbrio que contemple a todos os setores, primeiro a saúde das pessoas, segundo a cidade e o setor produtivo para continuarmos crescendo, gerando emprego e renda”, disse Silvio Fidélis.
O secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes, voltou a frisar que as pessoas precisam compreender que tem uma grande oportunidade de ajudar à Prefeitura de Várzea Grande e a Justiça a combater a pandemia da COVID 19, que é ficar em isolamento social, trabalhando em casa para os que podem e utilizando os meios de segurança como distancia de 1,5 metros entre as pessoas, uso continuo de máscaras e luvas quando necessária além da rigorosa higienização.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana