conecte-se conosco


Mato Grosso

Dois Comandos Regionais da Polícia Militar de MT estão com novos comandantes

Publicado


.

Dois comandos regionais da Polícia Militar, 6ºCR e 7ºCR, sediados em Cáceres (22km) e Tangará da Serra (239 km de Cuiabá) respectivamente, têm novos comandantes. As posses ocorreram na segunda-feira (14.09).

O 6º Comando Regional está sob o comando do coronel César Augusto de Camargo Roveri. Ele substituiu o tenente-coronel Waldez Moura Tapajós que respondia interinamente pelo comando desde o mês passado, com a saída do coronel José Nildo Silva Oliveira para assumir o Comando do 2º CR de Várzea Grande. O TC Tapajós deve permanecer na função de comandante-adjunto.

Recém-promovido ao último posto da carreira militar estadual, Roveri deixou o comando do 10º Batalhão, em Cuiabá, para ocupar o 6ºCR. Até então, ele que tinha sob sua responsabilidade o policiamento de parte da cidade de Cuiabá, uma área com 55 bairros da capital com 180 mil moradores, agora terá 11 municípios.

Na lista de atuação do 6ºCR estão: Cáceres, Mirassol D’Oeste, Araputanga, São José dos Quatro Marcos, Porto Esperidião, Rio Branco, Curvelândia, Glória D’Oeste, Indiavaí, Lambari D’Oeste, Reserva do Cabaçal e Salto do Céu.

Já para o 7ºCR, sediado em Tangará da Serra, o Comando Geral da PMMT designou o coronel Antônio Nivaldo de Lara Filho. Lara, também recém-promovido ao posto de coronel, substituiu o tenente-coronel Wendel Soares Sodré, eu estava no cargo há cerca de um ano.

Lara Filho, que ocupava uma função administrativa no Comando Geral da PMMT, em Cuiabá, no 7ºCR está à frente das ações de segurança, com policiamento ostensivo, em Tangará da Serra, Barra do Bugres, Nova Olímpia, Denise, Porto Estrela, Campo Novo dos Parecis, Sapezal e Brasnorte.

O secretário adjunto de Segurança Pública, coronel Victor Fortes, o comandante-geral, coronel Jonildo José de Assis, o subchefe de Estado Maior e diretor Operacional coronel Wankley Rodrigues, entre outras autoridades civis e militares participaram das solenidades.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Centro de Triagem atendeu mais de 600 pessoas durante a programação do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

Publicado


.

O Centro de Triagem Covid-19 registrou 612 atendimentos a pessoas com deficiência na segunda-feira (21), durante a programação que celebra o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Realização de testes, consultas, entrega de cestas básicas, kits de higienização e cadeiras de rodas foram oferecidos.

Do total de atendidos, 71 pessoas com deficiência receberam o diagnóstico positivo para Covid-19 e outros 541 tiveram o resultado negativo para doença. Para iniciar o tratamento precoce, a farmácia da unidade entregou aos pacientes 144 kits de medicamentos receitados pelos médicos.  

A ação faz parte do Programa SER Inclusivo, coordenado pela primeira-dama Virginia Mendes, em parceira com Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), Secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e o Centro de Reabilitação Dom Aquino Corrêa (Cridac) que juntos trabalharam para promover os  serviços de saúde e ação social no Dia Nacional de Luta da Pessoas com Deficiência.

O secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, esteve presente no Centro de Triagem para acompanhar os atendimentos. O gestor destacou que essa importante ação é realizada para celebrar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

“O Governo de Mato Grosso considera o dia 21 de setembro uma data muito importante. Por isso, estamos dedicando um dia especial a todas às pessoas com deficiência para ofertar um atendimento completo aqui no Centro de Triagem da Arena Pantanal, com entrega de kits de higienização, luvas, álcool, cestas básicas. É um dia especial, estamos muito felizes”, disse o gestor.  

Tânia Vanessa de Almeida Costa, moradora do bairro Ilza Terezinha, levou a filha cadeirante para realizar pela primeira vez o teste do novo coronavírus. Ela classificou como positivo a ação do Governo de Mato em realizar um dia especifico para testar pessoas com deficiência física.

“Essa é uma ação maravilhosamente perfeita, excelente. O atendimento aqui está aprovado, a equipe de profissionais é muita atenciosa e eficiente. Essa é a primeira vez que tenho a oportunidade de realizar o exame do coronavírus, o resultado foi negativo, mas o médico já passou medicamento como forma de prevenção”.

A superintendente estadual de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, Tais Augusta de Paula, disse que diante do atual cenário da pandemia do novo coronavírus é importante promover essa ação de testagem dos deficientes. Ela destacou ainda que a atual gestão é comprometida e sempre promove atividades voltadas para atender pessoas com deficiência.

“Como estamos vivendo uma pandemia, não poderíamos deixar passar em branco essa data e decidimos trazer às pessoas com deficiência de Cuiabá e da Baixada para fazer a testagem e saber se estão infectadas, isso é muito importante. Precisamos lembrar que a maioria dessas pessoas fazem parte do grupo de risco e precisamos ofertar toda atenção para o público especifico. O diferencial dessa gestão é a humanização. O Governo de Mato Grosso faz questão de pensar em todos”, afirmou Tais.

Outro assistido no Centro de Triagem foi o senhor Abraão Gomes da Silva, que veio de Várzea Grande para trazer o filho. Os dois nunca tinham realizado o teste do coronavírus. Nas palavras os pacientes, o serviço prestado pelo Governo “é benéfico, nunca tinha passado por um processo desse, o serviço aqui é muito bom, se não fosse aqui eu não teria conseguindo pagar pelo exame, pois já gasto muito com o tratamento do meu filho”.

Dados gerais de atendimento

No período de 22 julho a 20 de setembro, Centro de Triagem da Covid-19 atendeu um total de 35.758 pacientes. Os dados atualizados foram divulgados nesta segunda-feira (21.09) pela coordenação da unidade.

De acordo com tabela de dados, foram diagnosticadas 6.500 pessoas com a Covid-19. Outros 18.396 tiveram resultado negativo e 10.812 foram considerados suspeitos de estarem com a doença. Além disso, foram realizadas 2.738 tomografias, importante exame de avaliação dos pulmões dos pacientes infectados. 

A farmácia do Centro de Triagem da Covid-19 entregou aos pacientes 17.312 kits de medicamentos para o tratamento precoce da doença. Esses remédios foram receitados após realização de consulta com os médicos que atuam na unidade.

Como funciona o Centro de Triagem

O atendimento no Centro de Triagem funciona de segunda-feira a domingo, das 7h às 17h. São entregues até 800 senhas por dia, sendo 500 emitidas pela internet, através do link: triagem.mt.gov.br, e 400 senhas presenciais, entregues no local, das 6h às 6h45.

É obrigatório o uso de máscaras de proteção e as equipes do Corpo de Bombeiros monitoram o local para garantir a organização do espaço durante a entrega das senhas.

Serviço

O Centro de Triagem na Arena Pantanal fica localizado na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá.

 

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Oficialização de Pazuello em Ministério garante continuidade de ações na Saúde

Publicado


.

Foi com satisfação que recebi a notícia da permanência e oficialização de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde. O gestor, que antes atuava como interino, assumiu oficialmente a pasta na última semana. Como secretário estadual de Saúde de Mato Grosso, entendo que a nomeação de Pazuello é a garantia de que daremos continuidade às ações que iniciamos; e avalio positivamente essas iniciativas.

É certo que a Saúde, independentemente do contexto político, figura entre as pastas mais importantes de um governo. Contudo, em meio à pandemia que desvendou o completo despreparo do mundo, a gestão da Saúde é mais que essencial e decisiva.

Nestes últimos meses, intensos e difíceis para quem atua na linha de frente do combate à Covid-19, o Estado de Mato Grosso contou com o amparo do Governo Federal e priorizou o trabalho conjunto, exatamente como é preconizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).   

Abrimos mais de 160 leitos de Terapia Intensiva (UTI), monitoramos os estoques de Equipamentos de Proteção Individual, testamos a população mato-grossense e oferecemos os medicamentos em casos de prescrição médica. Com o apoio dos municípios de Mato Grosso, chegamos a 300 novos leitos de UTI.

Contudo, nenhuma dessas ações seria possível sem o apoio do Ministério da Saúde, que é a base sólida da gestão tripartite tão defendida pelo SUS. É a atuação integrada das esferas Federal, Estadual e Municipais que rende bons resultados para a população.

Avalio que, durante o período em que atuou como interino, Pazuello buscou o diálogo com os Estados e soube ouvir as pontuações dos gestores estaduais por meio do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass). Evidentemente, o contexto é o mais desafiador dos últimos tempos, mas entendo que o alinhamento entre o poder de diálogo e a prática política facilita o trajeto.

Enquanto gestor, fico contente com a decisão do Governo Federal. O atual ministro demonstrou comprometimento com a Saúde Pública nos períodos críticos da pandemia e soube conduzir a pasta que, ao meu ver, é a mais importante deste país. Registro as estimas de êxito ao ministro Eduardo Pazuello e torço para que as ações da Saúde, bem estruturadas até aqui, continuem a beneficiar a nossa população e fortaleçam o valoroso SUS.

 

Gilberto Figueiredo é secretário estadual de Saúde de Mato Grosso e vice-presidente regional do Conass

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana