conecte-se conosco


Economia

Dois anos sem festa, produtores abrem a 54ª Expoagro Cuiabá com muitos shows e atrações nesta segunda

Publicado

A semana de 4 a 10 de julho será cheia de atividades no Parque de Exposição Jonas Pinheiro, em Cuiabá. A 54ª edição da Expoagro está de volta trazendo diversão, informação e bons negócios. “Todos estão ansiosos pela Expoagro, especialmente a população de Cuiabá e cidades vizinhas. É uma feira tradicional e que vem com uma programação pensada com carinho para ser um evento grandioso”, afirma Celso Nogueira, presidente do Sindicato Rural de Cuiabá.

A programação já está definida e começa com a solenidade de abertura na segunda-feira (04.07), às 18 horas, com a presença de diversas autoridades. Em seguida, o Fórum das Cadeias Produtivas, que será o momento de troca de informações e debates sobre as principais cadeias produtivas do agronegócio. A palestra de abertura é de Ricardo Nicodemus, presidente da Associação Brasileira de Marketing Rural (ABMRA).

O Fórum das Cadeias Produtivas continua no Centro de Eventos da Acrimat, no Parque de Exposições, de 5 a 7 de julho, sempre às 16h. Saiba mais aqui e faça sua inscrição gratuita: https://www.sympla.com.br/forum-das-cadeias-produtivas__1631189.

Para quem procura diversão, a Expoagro organizou shows para todos os gostos musicais. Nos dias 5 e 6 de julho, serão apresentações gratuitas com a cantora gospel Soraya e a dupla Brenno Reis e Marco Viola, respectivamente. Já na quinta (07.07), Zé Felipe sobe ao palco da Expoagro com seus maiores sucessos, e também tem a abertura do rodeio. A sexta (08.07) é vez do pagode de Dilsinho e Sorriso Maroto e, no sábado (09.07), o sucesso nacional sertanejo Henrique e Juliano, com a final do rodeio. E fechando a feira, tem show gratuito no domingo (10.07), com a atração regional Roberto Lucialdo, a dupla a dupla Valesca e Fernanda e para a criançada a atração com Tia Hanna. Os ingressos podem ser adquiridos www.ingressos.musiva.com.br

O rodeio é uma das atrações mais esperadas da 54ª Expoagro, realização do Sindicato Rural e da JB Rodeios. A abertura do rodeio será dia 07 de julho com uma grande cerimônia e a final será dia 09 com a entrega de R$ 80 mil em prêmios, dentre eles um carro 0km, e uma grande queima de fogos.

Haverá ainda, durante a exposição, prova do laço, no dia 5 de julho, e também a prova de hipismo, no dia 9 de julho, a partir das 7h da manhã, na Sociedade Hípica Cuiabana, localizada no Sindicato Rural de Cuiabá, dentro do Parque de Exposição.

Para acompanhar tudo sobre a 54ª Expoagro, siga @expoagrocuiabamt e @sindicatoruraldecuiaba e também pelo site www.sindruralcuiaba.org.br

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Bolsonaro pede que bancos reduzam juros em consignados do BPC

Publicado

Bolsonaro pediu para banqueiros reduzirem juros sobre consignados para beneficiários do BPC
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Bolsonaro pediu para banqueiros reduzirem juros sobre consignados para beneficiários do BPC

O presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu para que bancos reduzam os juros de empréstimos consignados para beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC). A declaração foi dada nesta segunda-feira (8), em um encontro com banqueiros intermediada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O pedido de Bolsonaro acontece após o Planalto sancionar uma lei que prevê o aumento da margem de consignado para beneficiários do BPC e Auxílio Brasil. A medida enfrenta resistência dos grandes bancos por medo do aumento de endividamento das famílias brasileiras.

“Faço apelo para vocês agora, vai entrar o pessoal do BPC no consignado. Isso é garantia, desconto em folha. Se puderem reduzir o máximo possível”, afirmou.

O texto prevê a concessão de crédito no limite de 40% da renda do beneficiário. Dirigentes da Febraban e de instituições bancárias acreditam que a lei é uma forma de Bolsonaro alavancar sua campanha.

No encontro, o presidente relembrou o pedido para supermercados reduzirem a margem de lucro sobre a cesta básica. Na época, a inflação atingia o maior patamar em cinco anos e travava o desenvolvimento econômico.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Críticas à Febraban

Esse será o primeiro encontro entre banqueiros e Bolsonaro após críticas feitas pelo presidente à carta escrita por membros da Universidade de São Paulo (USP) em apoio à democracia. A Febraban foi uma das instituições que assinaram o documento.

Segundo Bolsonaro, a carta tem viés político e seguiu as críticas do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, ao dizer que banqueiros assinaram o texto “pois perderam R$ 40 bilhões com o Pix”.

Aos banqueiros, Bolsonaro chamou o manifesto de “cartinha” e negou sua assinatura. O candidato à reeleição ainda teceu críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao seu adversário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


Fonte: IG ECONOMIA

Continue lendo

Economia

Censo pode ser respondido pelo telefone ou pela internet; veja como

Publicado

Censo pode ser respondido pelo telefone ou pela internet; veja como
Arquivo

Censo pode ser respondido pelo telefone ou pela internet; veja como

Além da coleta presencial e pela internet, é possível responder ao Censo 2022 por ligação. Desde o último dia 1º, mais de 183 mil recenseadores estão nas ruas de todos os 5.570 municípios brasileiros para visitar 89 milhões de endereços. 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Esta é a primeira vez que o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) libera a participação pelo telefone — no último Censo, em 2010, já era possível responder as perguntas via internet. A pesquisa é realizada a cada dez anos, mas acabou sendo adiada em 2020 e 2021 devido à pandemia de Covid-19 e a cortes orçamentários.

Independente da escolha (presencial, telefone ou internet), o recenseador deverá visitar o domícilio para captar a coordenada e fazer o contato com o morador.

A partir daí, o cidadão poderá realizar ou agendar a entrevista presencial, marcar com o recenseador uma entrevista por telefone ou optar pelo autopreenchimento via internet. Se escolher responder pela internet, receberá um e-ticket, com validade de sete dias.

A entrevista por telefone também será utilizada para aqueles que optarem pelo autopreenchimento pela internet, mas não concluírem o questionário. Para isso, o IBGE criou o Centro de Apoio ao Censo (CAC), disponível pelo número 0800 721 8181.

Em caso de recusa ou ausência do morador, o recenseador deixará um bloco de recado e/ou tentará o contato por telefone. Além disso, deverá retornar ao domicílio, no mínimo, mais quatro vezes, sendo que uma obrigatoriamente em turno alternativo.

Depois que o recenseador encerra a coleta no setor censitário, o supervisor retornará nos domicílios com morador ausente ou com recusa expressa e entregará uma carta de notificação, contendo um e-ticket válido por dez dias para o preenchimento pela internet.

Fonte: IG ECONOMIA

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana