conecte-se conosco


Cuiabá

DO publica 1ª convocação dos 1603 aprovados em concurso público para Secretaria Municipal de Educação

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá publicou no Diário Oficial, páginas 254 a 288, os atos de nomeação e de convocação de posse dos candidatos aprovados no concurso público da Secretaria Municipal de Educação.

Os atos se referem aos cargos de professor, para o qual estão sendo chamados 651 profissionais, técnicos em desenvolvimento infantil, 823 profissionais, e técnicos em nutrição escolar, 129 profissionais, totalizando 1.603. Esta é a primeira convocação do concurso público.

 Com a convocação para posse, os candidatos devem observar os documentos e exames médicos necessários descritos no ato de convocação. O prazo de entrega do documento e laudo médico é de 30 dias, contatos a partir da data de publicação da nomeação.

Para a entrega dos documentos, os candidatos devem agendar uma  data no link já disponível no site da Prefeitura de Cuiabá (https://forms.gle/atYzpxjr9yJbsjcC9) e comparecer na Secretaria Municipal de Educação, na Rua Diogo Domingos Ferreira, nº 292, bairro Bandeirantes, datas e horários pré-agendados.

O secretário de Educação, Alex Vieira Passos, falou sobre a importância deste momento para a educação de Cuiabá. “Com a posse dos novos profissionais, a educação vai continuar avançando na eficiencia e qualidade do ensino publico municipal”, destacou.

Leia Também:  Ernesto Manoel Barbosa

Confira anexo os atos de nomeação e convocação de posse

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Emanuel lamenta processo por improbidade e diz que “se for para garantir saúde”, arcará com sanções do MP e TCE

Publicado

FLÁVIO GARCIA / Especial para ODOC

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou durante o lançamento do programa Cuiabá Recicla, no Shopping Popular,  que “se tiver que responder processo por contratação temporária e não deixar nenhuma unidade sem atender a população, eu respondo”. O prefeito e o ex-secretário de Saúde do município, Huark Douglas Correia, se tornaram réus por improbidade administrativa em razão do excesso de contratações temporárias na Saúde.

O prefeito diz que vê com tristeza essa decisão. “De um lado, a sociedade cobra que não pode faltar profissionais na ponta. De outro, eu tenho que contratar. Não posso deixar uma unidade de saúde sem profissionais, a rotatividade é muito intensa e a responsabilidade muito grande. Essa decisão veio depois que eu promovi o processo seletivo. Vamos mostrar nossa boa intenção, nossa responsabilidade social. Na defesa vamos mostrar isso, vamos superar. Eu vou mostrar a nossa boa intenção”, disse.

“Não tem pediatra em Cuiabá suficiente para atender todas as unidades e todos os plantões. Por outro lado, eu fui condenado recentemente porque faço contratação temporária. Se eu contrato, posso ser processado. Se não contrato, eu deixo a ponta vulnerável”, explicou.

Leia Também:  Câmara aprova CPI do Saneamento

O prefeito adiantou que fez o processo seletivo, mas que isso não é suficiente para atender a demanda existente. “Eu fiz o processo seletivo, mas não é possível atender a demanda do ritmo que minha gestão está caminhando na saúde pública. Estão acontecendo algumas situações pontuais nas regiões Leste e Oeste. Na policlínica do Planalto e Upa Morada do Ouro. As demais unidades estão atendendo o dia todo”, afirmou.

Sobre a movimentação dos médicos, que decidiram permanecer em assembleia permanente, o prefeito adiantou que vem conversando com a categoria. “Já marcamos nova reunião para primeira semana de fevereiro. Vamos avançar. Eles têm razão em alguns pontos, nós em outros”.

Para o prefeito, essa situação só se resolve com muito diálogo. “Como que resolve, conversando, dialogando, cobrando mais produtividade, mais carinho, mais humanização. É um desejo mútuo, tanto nosso como deles. O que importa é a razão maior que é avançar sempre na melhoria, na humanização”, completou.

Continue lendo

Cuiabá

Prefeito lamenta falecimento de pai do presidente da Assembleia Legislativa

Publicado

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, lamenta o falecimento de Benedito Caetano Botelho, aos 95 anos, ocorrido na manhã desta sexta-feira (17). Pai do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o deputado Eduardo Botelho, ele lutava contra um câncer.

O prefeito externa suas sinceras condolências e deseja força para que possam lidar com a dor da partida.  “Lamento com toda sinceridade a partida de Benedito. Desejo que em sua memória seus entes queridos encontrem forças para superar esse momento de profunda tristeza”, afirmou.

À família, ele coloca-se ainda a disposição. “Deixo registrados meus pêsames e o mais profundo  desejo de que familiares e amigos se sintam reconfortados. Que as homenagens e palavras de acolhimento se multipliquem e cheguem a todos como um abraço companheiro.” 

Benedito era casado com dona Venina Vieira Botelho e deixa dez filhos. Mais informações sobre o horário e local do velório e sepultamento ainda serão repassadas pela família.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Leia Também:  Campanha de Combate à Hanseníase começa nesta quinta-feira (09) em Cuiabá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana