conecte-se conosco


Registro Geral

Dividida pelo aeroporto, Várzea Grande está “rachada”; metade da cidade em quarentena e outra parte a todo vapor

Publicado

Imagem registrada em 1/4/20: Para sacar benefício do INSS, ao menos 200 pessoas se aglomeraram em frente a Caixa Econômica Federal (CEF) da Filinto Muller, em Várzea Grande

Conforme reportagem especial divulgada pelo portal ODOCUMENTO (Veja ao lado), Várzea Grande, segunda maior cidade de Mato Grosso, apresenta quadro atípico para uma cidade com 250 mil habitantes. Na região central, desde a avenida da FEB, até os limites da Júlio Campos, a população praticamente ignora o isolamento social, determinado pelo Ministério da Saúde como única alternativa para conter o avanço da pandemia causada pelo coronavírus. Na Filinto Muller, por exemplo, a nossa equipe de reportagem flagrou cerca de 200 pessoas aglomeradas em frente a agencia da Caixa Econômica Federal (CEF). Eles foram receber o benefício do INSS de forma presencial, mas o banco oferece canal digital, o que evita deslocamento às agências, em todo país. “Meu vô é sistemático. Ele tem medo e não sabe mexer com o celular. Por isso, venho todo mês com ele pra sacar o aposento”, disse Carlos Alessandro, neto de seu Antenor de Barros, aposentado de 69 anos. Nos demais corredores comerciais como Ulisses Pompeu e Alzira Santana, o vai e vem de pessoas e pedestres continua intenso. Preocupante, né?

publicidade
8 Comentários

8
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
PedroVadãoManoel FranciscoBotelhoDanielly Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcelo
Visitante
Marcelo

Sou residente em VG e tenho visto muitas pessoas aglomeradas em lanches e bares. Nao se trata de atividade essencial mas de descaso ou ignorancia extrema.

Elizabete0
Visitante
Elizabete0

Cadê a Prefeita da cidade pra fazer valer sua responsabilidade, bota a polícia pra correr com esses assassinos da rua

Leonice
Visitante
Leonice

A prefeita LUCIMAR Campos tem q ter pulso firme e fazer toque de recolhida…Esse vírus existe e as pessoas agem com inconsequência e ñ levam à sério.

Danielly
Visitante
Danielly

A cidade n tem prefeito(a).

Botelho
Visitante
Botelho

Deixam de fazer Terrorismo.

Manoel Francisco
Visitante
Manoel Francisco

Vão trabalhar cambada….
Façam sua parte vai ver tão falando e também estão fazendo o mesmo ou até poor…..

Vadão
Visitante
Vadão

Aqui em vg tá um zona cadê a fiscalização nessa hora que a guarda municipal tinha que estar na rua ou então libera tudo logo já que não tem competência pra fiscalizar

Pedro
Visitante
Pedro

Preocupante sera as contas chegarem e ficarem com essa palhaçada de “isolamento social” isso nao vai adianta em nada, so vai afeta a economia. Supermercados e farmácias pode ir, ok, mas ir em uma loja qualquer não pode ou ir ao trabalho não pode, se não pego no serviço pega na fila do supermercado. Uma palhaçada isso, vamos nos preocupar com a DENGUE.

Registro Geral

Temendo avanço do Covid-19, TCE e MPC prorrogam teletrabalho até dia 15 de junho

Publicado

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) e o Ministério Público de Contas (MPC) prorrogaram para 15 de junho o retorno das atividades presenciais. A justificativa é o temor do avanço de casos do novo coronavírus em Mato Grosso. Os órgãos também estabeleceram que os prazos dos processos virtuais e não virtuais permanecem suspensos até 12 de junho. A partir de 15 de junho, os prazos serão retomados no estágio em que se encontravam no momento da suspensão, sendo restituídos por tempo igual ao que faltava para a sua complementação.

Continue lendo

Registro Geral

Vereadores barram criação de comissão para fiscalizar gastos da prefeitura com pandemia

Publicado

A Câmara Municipal de Cuiabá rejeitou na manhã desta quinta-feira (28), por treze votos a dez, o pedido para instalação de uma comissão especial temporária para fiscalizar os gastos da prefeitura de Cuiabá com os recursos recebidos para o enfrentamento do coronavírus. A prefeitura já recebeu R$ 24 milhões do governo federal e mais R$ 10,8 milhões da Câmara Municipal, recurso este do duodécimo e das emendas impositivas dos vereadores para o combate à pandemia. Com a sanção do projeto de socorro aos estados e municípios pelo presidente Jair Bolsonaro, a prefeitura de Cuiabá ainda vai receber nos próximos dias, aproximadamente, R$ 200 milhões. O pedido para criação da comissão foi do vereador Dilemário Alencar (Podemos).

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana