conecte-se conosco


Política Nacional

Diligência externa em Roraima

Publicado

A Comissão de Direitos Humanos aprovou requerimento de diligência externa em Roraima, no dia 12 de maio, para acompanhar as medidas adotadas pelas autoridades sobre a situação da comunidade Yanomami.

Mais informações a seguir

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política Nacional

Comissão debate criação de rota turística em Santa Catarina

Publicado

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Discussão e votação de propostas. Dep. Rodrigo Coelho PODE - SC
Rodrigo Coelho pediu a realização do debate

A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados debate nesta quarta-feira (6) a criação da rota de integração turística “Caminhos de Peabiru”, no norte de Santa Catarina, no Sul do País. Os Caminhos de Peabiru são antigos caminhos utilizados pelos indígenas sul-americanos desde muito antes do descobrimento das Américas pelos europeus, ligando o litoral ao interior do continente.

Para o deputado Rodrigo Coelho (PODE-SC), que propôs o debate, a criação de uma rota turística que una os municípios atravessados pelos antigos caminhos fará a ligação dos elementos de turismo cultural, gastronômico, histórico, religioso e de natureza hoje já existentes.

“Cabe à Comissão de Turismo despertar para a importância econômica e social da instituição da rota turística Caminhos do Peabiru, dado seu potencial de estímulo turístico que transcende os limites dos estados do sul do País”, afirma o parlamentar.

Foram convidados, entre outros, representantes do Ministério do Turismo; da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina; e a gerente de Turismo da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville, Vanessa Venzke Falk.

Veja a lista completa de convidados

O debate será realizado às 15 horas, no plenário 5.

Da Redação – RL

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Continue lendo

Política Nacional

Data de conquistas, 2 de agosto é agora o Dia Nacional da Natação

Publicado

No dia 2 de agosto de 1952, Tetsuo Okamoto conquistou a primeira medalha olímpica brasileira na natação, um bronze nos 1.500 metros. Exatamente 30 anos depois, em 2 de agosto de 1982, Ricardo Prado ganhou a medalha de ouro nos 400 metros medley no mundial de Guayaquil. E a partir de hoje o 2 de agosto passa oficialmente a ser celebrado como Dia Nacional da Natação. Foi sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, a Lei 14.389, de 2022, que formaliza a comemoração.

Publicada na edição desta sexta-feira (1º) do Diário Oficial da União (DOU), a norma tem origem no PL 5.514/2019, do deputado Luiz Lima (PL-RJ), nadador olímpico. No Senado, coube à senadora Leila Barros (PDT-DF) relatar a proposta. 

Maria Lenk

Leila Barros lembrou que o Brasil participa da natação nos Jogos Olímpicos desde 1920. A brasileira Maria Lenk (1915-2017) foi a primeira mulher sul-americana a competir, nos jogos de 1932 (Los Angeles). De 1952 (Helsinque) a 2016 (Rio de Janeiro), foram 15 medalhas conquistadas por brasileiros, com destaque para a medalha de ouro de César Cielo, em 2000 (Sydney).

“A natação traz muitos benefícios à saúde: a musculatura é mais exigida e como consequência há enrijecimento dos músculos, definição da silhueta do corpo e maior flexibilidade nas articulações, além de propiciar relaxamento e melhora na autoestima de seus praticantes. Trata-se de atividade que deve ser incentivada e, para tanto, a instituição de um dia nacional pode muito contribuir”, afirma Leila no relatório.

A escolha de 2 de agosto para o Dia Nacional da Natação foi sugerida por três entidades ligadas ao esporte: a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e o Conselho Federal de Educação Física (Confef).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana