conecte-se conosco


Mulher

Dia Nacional do Livro: 9 obras escritas por mulheres brasileiras

Publicado


source

Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral

Dia Nacional do Livro: 9 obras escritas por mulheres brasileiras

Em 29 de outubro, no Brasil, é comemorado o Dia Nacional do Livro . Para não deixar essa data tão importante passar em branco, reunimos algumas dicas de leitura – com obras de autoras inspiradoras. A melhor parte é que, além de se jogar em histórias envolventes, você ainda pode incentivar o trabalho dessas mulheres brasileiras. Confira 7 sugestões recém-lançadas de diferentes gêneros da literatura do nosso país para apreciar e escolha a sua!

Indicações incríveis para celebrar o Dia Nacional do Livro

Dia Nacional do Livro: 7 obras escritas por mulheres brasileiras
Foto: Shutterstock

Pequeno manual antirracista

Nada melhor do que comemorar o Dia Nacional do Livro, incentivar mulheres brasileiras e ainda se informar sobre uma temática tão necessária. Na obra, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro propõe onze lições para entender as origens do racismo e combatê-lo. Entre os temas abordados estão os impactos do preconceito racial, branquitude, violência e cultura. A autora ainda reforça que essa é uma luta de todas e todos!

Bom dia, Verônica

Indicação perfeita para as amantes de suspense e mistério! Inicialmente publicada sob o pseudônimo Andrea Killmore, a obra foi escrita, na verdade, pela criminóloga Ilana Casoy em colaboração com o escritor Raphael Montes. Conta a história de uma policial que presencia um suicídio inesperado e recebe a ligação anônima de uma mulher clamando por sua vida. O nome te parece familiar? É porque, recentemente, o livro ganhou uma série nacional na Netflix , estrelada por Tainá Müller e Camila Morgado.

Feminismo pra quem?

Quem usa bastante as redes sociais com certeza já deve ter se deparado com vários debates acerca do feminismo, não é mesmo? Nesse livro, Daniela Brum discorre sobre os limites dos debates da luta feminista na internet e até que ponto eles estão discutindo assuntos realmente pertinentes. O título é lançamento da Astral Cultural, clique aqui e adquira o seu agora mesmo!

Simplesmente Bela

A vida nunca mais será como antes após a pandemia, não é mesmo? Pensando nisso, a culinarista e apresentadora Bela Gil apresenta 40 dicas para viver com menos consumo, estresse e impacto ambiental . E as sugestões não estão relacionadas apenas à alimentação, mas também com saúde, higiene e autocuidado. Uma ótima opção de leitura para transformar o seu estilo de vida e aprender a agir com mais consciência!

Sol em Júpiter

Não poderia faltar uma indicação de romance na lista do Dia Nacional do Livro. Em “Sol em Júpiter”, Lola Salgado conta a história de uma youtuber chamada Sol, que leva uma vida aparentemente perfeita e cheia de realizações. Todas as certezas da protagonista passam a ser questionadas após uma terrível descoberta sobre o seu passado. No meio do furacão, ela conhece Júpiter, um rapaz que balança seu coração, ajudando-a a dar a volta por cima.

A morte é um dia que vale a pena viver

Uma das maiores referências sobre cuidados paliativos no Brasil, a médica Ana Claudia Quintana Arantes procura tratar de maneira surpreendente um tema que ainda é tabu: a morte. De acordo com a autora, não deveríamos nos assustar tanto com a finitude em si, mas a possibilidade de chegarmos ao fim da vida sem aproveitá-la. Assim, o livro faz um convite a refletirmos sobre a nossa existência, medos e angústias.

Vozes femininas

Para quem gosta de conhecer personalidades com incríveis histórias, o livro “Vozes femininas” é a escolha certa. Nele, a autora Zoë Sallis reúne 40 entrevistas com diferentes mulheres – algumas famosas, outras nem tanto – dando a elas um espaço que elas nunca tiveram, para debater assuntos sobre os quais elas sempre foram silenciadas. Garanta o seu exemplar agora mesmo e mergulhe nessas histórias clicando aqui.

Nunca foi sorte

A partir de sua história de vida, Adriana Sant’Anna escreve sobre o poder de se reinventar sempre. A influenciadora digital compartilha ferramentas que testou em sua rotina e a ajudaram a “deixar para trás uma vida de derrotas e amargura para conquistar o sucesso em todos os níveis”, por definição própria. Leitura ideal para quem está enfrentando desafios e deseja mudar de vida!

Jamais peço desculpas por me derramar

Para fechar essa lista do Dia Nacional do Livro com chave de ouro, aqui vai uma indicação de poesia. Ryane Leão, autora do best-seller “Tudo nela brilha e queima”, afirma que sua escrita é a chance de ser ela mesma em um mundo que a silencia enquanto mulher negra . Entre as temáticas abordadas na obra, destacam-se o amor próprio, empoderamento, desapego, rotina, dores, recomeços, mudanças e transições. Vale a pena conferir!

Texto: Milena Garcia | Edição: Renata Rocha e Mariana Oliveira

Fonte: IG Mulher

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Cantora Christina Perri fala sobre morte de filha recém-nascida

Publicado


source
christina perri
Instagram/Reprodução

Cantora divulgou a notícia em seu Instagram

A cantora norte-americana Christina Perri, de 34 anos de idade, anunciou na madrugada desta quarta-feira (25) a morte de sua filha caçula, que nasceu recentemente.

“Ontem à noite nós perdemos nossa bebê. Ela nasceu em silêncio depois de lutar muito para sobreviver no nosso mundo. Ela está em paz agora e vai viver para sempre em nossos corações”, escreveu ao postar uma foto segurando a mão da bebê.

Christina, dona do hit “A Thousand Years” também é mãe de Carmella, de 2 anos. O pai das duas filhas é Paul Costabille, marido de Perri desde 2017.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

O poder transformador da Gratidão

Publicado


source

João Bidu

undefined
Lu Fernandes

O poder transformador da Gratidão

O hábito de agradecer faz com que as pessoas valorizem seus acertos, direcionem a suas frequências para uma alta vibração em alinhamento com a alegria e a aceitação dos detalhes do cotidiano, uma vez que são capazes de colocar seu foco nos acontecimentos positivos do dia a dia. Quando vamos desenvolvendo a capacidade de se sentir grato pelas coisas que acontecem em nossa vida, deixamos de condicionar nossa felicidade e bem-estar a acontecimentos específicos, passando a ter expectativas positivas a respeito da vida como um todo.

A gratidão funciona como uma espécie de reprogramação da nossa mente e energia, ressignificando nosso olhar e nossas emoções consideradas negativas, como exemplo medo, frustração e decepção, e forma que lidamos com as nossas conquistas. O ato de agradecer e de aplicar práticas de gratidão nos conecta com a nossa história, com o que temos de mais valioso em nós, com nossos valores individuais e com tudo que conquistamos no nosso dia-a-dia, além de nos ajudar a reprogramar a nossa mente para a valorização do positivo, mesmo em situações possivelmente “negativas”.

A neurociência comprova  que a felicidade está diretamente relacionada com a gratidão, quando exercitamos nas práticas e nos colocamos no estado de gratidão, registramos positivamente essas emoções em nosso sistema límbico, responsável pela nossa sobrevivência  e frequências emocional,  e elevamos a nossa auto-estima, desenvolvemos a resiliência, curamos nosso ego e ativamos nosso sistema de recompensa, auto valor e merecimento em nosso cérebro, trazendo uma sensação de realização, coragem e bem-estar. 

Dessa forma, o cérebro entende que algo positivo está acontecendo e libera dopamina, um neurotransmissor que é responsável pela sensação de prazer. 

A dopamina é a substância que nos traz a motivação para irmos em busca de nossas metas e sonhos. Ela funciona como um ciclo de realização, onde quanto mais a pessoa se sente feliz e realizada, mais seu organismo sente a necessidade de realizar outras metas. E quanto mais esse processo é reforçado e exercitado, mais mudanças positivas e prosperidade você vai trazendo para sua vida.

Claro que quando convidamos a pessoa a entrar nessa freqüência, não estamos dizendo que ela deve ignorar os aspectos que precisam ser trabalhados e melhorados na sua vida, ao mesmo tempo em que é preciso ser grato, também é fundamental estar consciente da constante evolução e desenvolvimento pessoal da nossa vida.

Inúmeras práticas nos ajudam a entrarmos nessa freqüência e mantermos o nosso nível de dopamina elevado. Seguem algumas delas:

 – Exercite seu pensamento focando na conquista, vigiando frases do tipo “eu não sou capaz”, “eu não consigo” ou “eu não mereço”. Quando se ver nessa situação, pense ao contrário, “eu posso”, “eu consigo” ou “eu mereço”. Não importa se ainda não sabe bem o caminho, mas traga a certeza de que o encontrará e seja grato por essa oportunidade de aprendizagem, fortalecimento e evolução

Pratique meditações para a gratidão

Faça um diário ou a caixinha da gratidão e vai depositando ou registrando todo dia uma gratidão. Seja grato a tudo ao seu redor, mesmo as dificuldades. Ex. Seja grato pela sua casa, mesmo que não seja do jeito que gostaria, mas é ela que acolhe. Seja grato as suas contas e dívidas, elas representam conquistas, crescimento e possibilidades de acesso a algo importante para você

Seja gentil com você mesmo, com as suas vontades, com os seus valores e se conecte com a sua história, não importa qual ela seja: é a sua história

E pratique mais ações e atividades que te façam bem e elevem seu astral e sua energia.

O uso dos óleos essenciais te ajudarão a ativar a dopamina e despertar essa expressão da gratidão. Dicas de alguns óleos:

OEs Bergamota, Limão e Laranja Doce – Esses óleos estão entre os mais pesquisados cientificamente por seus efeitos positivos sobre o humor. Estudos indicam que seu uso aromático faz com que o cérebro aumente a liberação de dopamina e serotonina, eliminando estados  depressivos, de ansiedade e outros transtornos do humor que nos colocam em estados de bloqueio e baixa freqüência. 

OE de Copaíba – Além de aumentar nossa imunidade, esse óleo nos traz força, vitalidade, profundidade, nos dá suporte e fortalecendo para nossas bases.

OE de Rosas – Eleva nosso freqüência, equilibrando todos os Chakras e nos colocando no estado mais puro de amor e gratidão. Além disso esse óleo nos leva ao processo de aceitação e perdão, eleva nossa auto-estima e nos coloca na freqüência da atração. 

OE Sálvia Esclaréia: Este óleo traz equilíbrio e aumenta os níveis de dopamina e serotonina, pensa-se que esse efeito explica sua notável ação antidepressiva

OE de Ylang ylang – A delicadeza dessa linda flor, nos traz alegria  nos coloca em contato com o outro e com a vida, trazendo movimento, proximidade, atração, elevando a nossa vibração. 

Pratique a gratidão e transformações incríveis acontecerão na sua vida.

Namastê!

TEXTO:  Lu Fernandes | Terapeuta holística, aromaterapeuta, estudiosa do ocultismo e práticas espirituais, Sacerdotisa na Magia Natural e Guardiã nos Círculos de Mulheres.

INSTAGRAM: @terapeutamagica

LEIA TAMBÉM:  

Afastando as energias negativas com Óleos Essenciais

Como amenizar a dor das perdas com os óleos essenciais

  • Óleos essenciais e os arquétipos das Deusas
  • Fonte: IG Mulher

    Continue lendo

    Envie sua denúncia

    Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
    Denuncie

    Política MT

    Policial

    Mato Grosso

    Esportes

    Entretenimento

    Mais Lidas da Semana