conecte-se conosco


Geral

Detran suspende atendimento em 56 cidades e prorroga fechamento temporário de unidades

Publicado

Medida leva em conta dados divulgados no último boletim epidemiológico sobre a Covid-19

A partir da próxima segunda-feira (6), o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) vai suspender, temporariamente, o atendimento presencial em mais quatro municípios do Estado, totalizando 56 cidades com suspensão temporária do atendimento em Mato Grosso.

Também será prorrogado o prazo de suspensão, por mais 14 dias, dos atendimentos presenciais nas unidades que já se estavam fechadas desde os dias 22 e 25 de junho, respectivamente.

As medidas tiveram como base o Boletim Informativo n° 116 da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), divulgado na quinta-feira (2), com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

No dia 22 de junho, o Detran-MT já havia suspendido, temporariamente, o atendimento presencial em 17 municípios do Estado. No dia 25 de junho, foram suspensos o atendimento em mais 36 municípios. Agora, considerando as recomendações de medidas sanitárias em conformidade com a classificação de risco publicada no Boletim da SES-MT, de 02 de julho, o Detran-MT totaliza a suspensão do atendimento presencial em 56 cidades mato-grossenses. CONFIRA AQUI AS UNIDADES QUE ESTARÃO FECHADAS TEMPORARIAMENTE

Os municípios elencados na lista foram considerados de risco muito alto e alto risco de contágio do novo coronavírus, conforme o boletim informativo da SES-MT.

O prazo de suspensão do atendimento deve durar pelos próximos 14 dias, podendo ser prorrogado conforme determinação do Governo do Estado. Por este motivo, o Detran-MT informa que não irá realizar novos agendamentos para atendimento nessas cidades, até a reabertura dessas unidades.

Durante o período de suspensão dos atendimentos presenciais nas 56 cidades, o Detran-MT informa que irá realizar a liberação de veículos removidos que encontram-se apreendidos nos pátios do Detran no Estado aos proprietários que desejarem retirar o veículo.

Serviços online

Durante a suspensão temporária do atendimento presencial, o Detran-MT orienta a população que verifique se o serviço que deseja está disponível de forma digital, no site da Autarquia (www.detran.mt.gov.br) ou pelo aplicativo MT Cidadão.

Através do site ou pelo aplicativo, podem ser feitas a solicitação da segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), troca para a CNH definitiva, solicitação da Permissão Internacional para Dirigir (PID), além da emissão de taxas como o IPVA, Seguro DPVAT e multas, consulta a informações de veículo, informações de condutor, resultado de Recurso de Infração, Certidão Negativa de Multa, emissão da Certidão de Condutor, validar documentos e Certidão de Propriedade.

Impressão do Licenciamento

Um dos serviços disponíveis online é a impressão do Licenciamento Anual de Veículos, que pode ser feito em papel A4, em qualquer lugar em que o cidadão tenha acesso à impressora e a internet.

O serviço foi autorizado pelo Denatran e disponibilizado pelo Governo do Estado no site do Detran-MT e pelo aplicativo MT Cidadão. O documento em papel A4 tem o mesmo valor jurídico do conhecido “verdinho”, que era impresso em papel moeda.

“O cidadão que já tem o veículo emplacado em seu nome e deseja ter acesso ao documento, este ficará disponível de forma automática após o pagamento de todos os débitos obrigatórios para trafegabilidade do veículo”, reforçou o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

Suspensão de prazos

Conforme a deliberação n° 185 de 19 de março de 2020, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), continua valendo a suspensão do prazo para os seguintes serviços:

– Transferência de propriedade do veículo;

– Emplacamento por mudança de cidade ou município;

– Primeiro emplacamento veicular;

– Prazo de validade indeterminado da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e Permissão para Dirigir (PPD), para os motoristas que estão com o documento vencido desde o dia desde o dia 19 de fevereiro de 2020.

Emissão de CNH

Mesmo com o fechamento temporário em razão da pandemia do novo coronavírus, o Detran-MT continua emitindo a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) aos condutores que solicitam o documento via aplicativo MT Cidadão.

O documento é enviado pelos correios no endereço cadastrado junto ao Detran-MT ou na unidade escolhida pelo condutor, podendo, neste último caso, ser retirado pelo mesmo assim que a unidade for reaberta para atendimento ao público.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Bares, restaurantes e agências de viagens são discutidos na próxima live do Governo do Estado

Publicado


Projeto MT Unido para Superar | Turismo leva informações por meio de eventos ao vivo com nomes renomados de cada setor

esafios na transformação do setor de alimentos e bebidas, vendas online para agenciamento e desenvolvimento econômico no turismo são os temas das próximas lives que estão sendo realizadas às terças e quintas-feiras, às 16h30, dentro do projeto MT Unido para Superar | Turismo. O objetivo da secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio da adjunta de Turismo, é dar ferramentas para que os empresários e turistas consigam retomar o setor.

Nesta terça (11), o evento online será voltado para empresários de bares e restaurantes, também fortemente afetados pela pandemia. Serão convidados a chef Ariane Malouf, do restaurante Mahalo, Lamoniel, empresário especialista em churrasco do Açougue 154, e com mediação de Fábio Passos, consultor em Hotelaria e Turismo, Francisco Gomes, do Empadas do Barriga, além da âncora Rejane Pasquali.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, as lives e reuniões online são importantes para auxiliar todo o setor. “Estamos há muitos meses trabalhando para uma retomada do turismo segura e concreta, para que seja possível fomentar a economia dos municípios com atrativos turísticos sempre mantendo os protocolos do Selo do Turismo Responsável”, afirma.

“Desde o início da pandemia realizamos reuniões online com gestores municipais e empresários e também as lives nas redes sociais. Agora vamos formatar uma rodada de negócios em parceria com o Sebrae MT e uma campanha publicitária voltada para o mato-grossense conhecer nosso Estado. Tudo para ajudar o empresário a retomar o rendimento do seu negócio”, diz Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo.

Já foram debatidos os temas de protocolo de biossegurança, geração de empregos no turismo, dimensionamento da economia de entretenimento. Elas estão nos canais do Governo do Estado no YouTube e na página do Facebook.

 

Continue lendo

Geral

Quase 65 mil visitas virtuais são realizadas em unidades penais durante pandemia

Publicado


Desde 18 de março visitas presenciais estão suspensas; visitas virtuais podem ser realizadas por videochamada, áudio, email ou carta

Adotada com uma das medidas para impedir a contaminação em massa do coronavírus em pessoas privadas de liberdade, as visitas virtuais foram realizadas 64.463 vezes nas unidades penais de Mato Grosso. O levantamento é da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP), que levou em consideração o período de 15 de abril (quando a visita foi implementada) a 31 de julho. Por enquanto, ainda não há previsão para retorno das visitas presenciais.

A Portaria nº 10/2020/SAAP/SESP estipulou quatro formas de visitas virtuais: videochamadas ou videoconferências, áudios, cartas e e-mails. Grande parte das unidades penais adotaram mais de uma forma de contato entre presos e familiares, como é o caso da Penitenciária Central do Estado (PCE), Cadeia Pública de Jaciara, Cadeia Feminina de Nortelândia, Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, entre outras.

A experiência de adoção das visitas virtuais tem sido de grande valia na opinião da diretora da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, Maria Giselma Ferreira Silva. Giselma conta que muitas recuperandas têm familiares que moram em outros estados e com as visitas presenciais era difícil a vinda deles para Cuiabá.

“A gente tem percebido que as reeducandas estão mais tranquilas e mais felizes. Mas muito mais satisfeitos ficam os próprios familiares. Temos muitas mães que entram em contato com a gente pedido notícias das filhas e conseguimos aqui adotar tanto a videochamada, quanto as cartas e e-mails como forma de comunicação”, contou Giselma.

Todo o processo de visitação virtual é acompanhado por assistentes sociais e policiais penais. A periodicidade da visita depende da capacidade operacional de cada unidade, podendo ser semanal, quinzenal ou mensal.

A superintendente de Políticas Penitenciárias da SAAP, Michelli Egues Monteiro, diz que o distanciamento é necessário para preservar a saúde dos recuperandos. “Sabemos que nada substitui o abraço do familiar, porém trata-se de situação de excepcionalidade, então foi necessária a adoção de medida para minimizar os efeitos do isolamento, que hoje é exigido pelo bem de todos”.

Números

O maior número de visitas virtuais ocorreu por videochamadas, totalizando 25.538 atendimentos; seguido de e-mails, com 18.198 atendimentos; cartas, com 16.714 e áudios, com 4.013 atendimentos.

Ainda não há previsão para a retomada das visitas presenciais, já que os casos de Covid-19 ainda estão ocorrendo em larga escala. No entanto, foram justamente essas medidas de precaução adotadas, como a suspensão das visitas presenciais, que não deixaram que os casos da doença tivessem grandes consequências para os recuperandos.

De acordo com o último boletim do Sistema Penitenciário, atualizado em 9 de agosto, apenas dois óbitos foram registrados entre presos durante a pandemia. Dos 771 casos confirmados entre reeducandos, 235 já foram curados e os demais seguem com sintomas leves, sem a necessidade de internação.

“A suspensão das visitas presenciais se mostrou eficaz não apenas pelo baixo índice de contaminação comparado com outros Estados, mas pela resposta que temos recebido de alguns familiares, assim como dos servidores. Ressalto que o Sistema Penitenciário teve que se adequar a uma realidade até então não vivida, mas não deixou de assegurar o direito dos recuperandos de manterem o contato com seus familiares e as medidas de segurança da tropa do Sistema Penitenciário”, pontuou o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores.

 

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana