conecte-se conosco


Tecnologia

Desejos da Black Friday: compare modelos de notebook para cada bolso

Publicado

source
notebook Black Friday arrow-options
shutterstock

Saiba como escolher um bom notebook para a Black Friday


Escolher um bom notebook não costuma ser uma tarefa fácil. Os dispositivos têm diversas especificações que precisam ser analisadas antes de bater o martelo na escolha que vai variar, ainda, de acordo com cada usuário. 

E a Black Friday pode ser um bom momento para comprar notebooks, já que os preços tendem a cair na data. Uma pesquisa realizada pelo JáCotei mostrou, inclusive, que os notebooks foram a única categoria dentre as analisadas que viu seu preço cair no período que antecipa a Black Friday .

Isso significa que dá para confiar ainda mais nas promoções de notebooks durante o dia 29 de novembro, já que os preços dos dispositivos, no geral, não tiveram aquele aumento que antecipa uma falsa queda. 

Leia também: Preços sobem antes da Black Friday; confira quais produtos são mais atingidos

Como escolher um bom notebook?

Mas, afinal, qual notebook comprar durante a Black Friday ? Essa escolha vai depender muito do tipo de usuário. Existem notebooks de R$1.500 e notebooks de R$20.000 e, nesse meio, muitos modelos diferentes e que atendem a diversos públicos.

Mas, independentemente do perfil de usuários, alguns itens devem ser observados com atenção na hora de escolher seu computador portátil. 

Um deles é o processador . A Intel é a marca de processadores utilizadas pela maioria das fabricantes de notebooks, e seus processadores são da linha Intel Core . Dentro dela, temos o Core i3, i5, i7 e i9.

Como esperado, quanto maior o número, melhor o processador. Isso porque a quantidade de núcleos aumenta, o que permite que várias tarefas sejam executadas ao mesmo tempo. Além disso, a frequência também aumenta conforme os números sobem, o que melhora a velocidade de processamento. 

Essa escolha, portanto, depende muito do uso de cada pessoa. Para atividades básicas, um core i3 é o suficiente. Já para usar jogos ou programas mais pesados , vale a pena investir em um processador melhor. E não é só o número ao lado do “i” que deve ser observado.

Também existem as gerações de processadores , que representam o quão moderno ele é. Nesse caso, vale a mesma regra numeral: quanto maior a geração, melhor a capacidade de processamento. 

Leia também: Já pensou em transformar um iPad em plataforma para games hardcore?

Além do processador , também é importante prestar atenção à memória RAM . Ela é considerada a memória de curto prazo do dispositivo, que influencia diretamente na velocidade de processamento do notebook.

Quanto maior a memória RAM, mais ela ajuda o processador. Geralmente, os notebooks mais básicos têm memória RAM de 4GB.

Leia Também:  Ex-apresentador de “Caçadores de Mitos” constrói armadura do Homem de Ferro

Outra questão é o armazenamento . Se o usuário quer bastante espaço no notebook, vale a pena priorizar uma memória maior. Por outro lado, há que não ligue tanto para isso, usando HDs externos ou armazenamento em nuvem.

Mas mais do que a capacidade de memória, é interessante se atentar à peça responsável por isso, que pode ser um HD ou um SSD . O SSD, apesar de encarecer o notebook, melhora a velocidade do dispositivo como um todo, e já está presente em notebooks mais modernos. 

Vale ressaltar que priorizar o SSD é vantajoso, sobretudo, para quem faz um uso mais intenso do computador. Para quem quer pagar pouco e tem um uso moderado, o HD é suficiente.

Outra peça que é bom ficar de olho para quem usa o notebook para jogos ou programas mais pesados é a placa de vídeo , que vai auxiliar na hora de transferir o que está sendo processado para a tela. 

Leia também: Xô, Black Fraude: extensões do Google Chrome vão te mostrar o menor preço

Prestando atenção a esses itens básicos e tendo em mente o uso que você quer fazer do notebook, a escolha fica mais fácil. Confira os modelos que separamos para você ficar de olho durante a Black Friday , separados por faixa de preço. Vale lembrar que é sempre bom olhar o histórico de preço do produto escolhido, para ter certeza se a promoção é realmente boa. 

Notebooks da Black Friday por menos de R$2.000

notebook acer arrow-options
Divulgação

O notebook da Acer rotaciona a tela touchscreen


Os notebooks dessa faixa de preço são os mais simples, destinados a pessoas que fazem um uso mais básico, seja para trabalho, estudo ou lazer, sem abusar de programas, games e vídeos muito pesados. A expectativa é que os preços, que já são atraentes, fiquem ainda melhores durante a Black Friday

Uma opção interessante até R$2.000 é o Compaq Presario CQ21 , com Intel Core i3 de quinta geração, que faz um bom trabalho por pouco mais de R$1.500.

Na mesma faixa de preço, o Samsung E30 se destaca pelo bom custo-benefício, trazendo um Core i3 de sétima geração, 1 TB de armazenamento e tela Full HD, não muito comum para notebooks nessa faixa de preço. 

Leia também: Pesquisa revela maior desejo dos brasileiros para a Black Friday; confira

Para além deles, o Positivo XC7660 também é uma boa opção para quem quer gastar um pouco menos, também com 1 TB de armazenamento e Core i3 de sexta geração.

Para quem pode pagar um valor mais próximo dos R$2.000, o Asus X541UA , o Acer A315-53-34Y4 (com i3 de oitava geração) e o Acer CB5-132T-C67Q são boas pedidas. O Acer A315 tem tela touchscreen que rotaciona, quase transformando seu notebook em um tablet, e vem com SSD de 32 GB. 

Leia Também:  Agora dá para enviar figurinhas no WhatsApp web e desktop

Notebooks da Black Friday entre R$2.000 e R$3.000

Lenovo IdeaPad S145 arrow-options
Divulgação

O Lenovo IdeaPad S145 é uma boa opção para essa faixa de preço


Na faixa dos R$2.000 a R$3.000, os notebooks começam a ficar mais encorpados, trazendo especificações um pouco melhores.

Dentre os mais baratos, próximos dos R$2.000, uma boa opção é o Dell i15-3567-m30p , com Core i5 de sétima geração, 4 GB de memória RAM e 1TB de armazenamento. Na mesma faixa de preço, o Samsung X30 traz especificações ainda melhores: Core i5 de oitava geração e 8 GB de RAM, um bom custo-benefício. 

Perto dos R$2.500, o Vaio VJF155F11X-B0211B é uma boa opção, com especificações parecidas com as do Samsung X30. Mais perto dos R$3.000, um notebook muito interessante é o Lenovo IdeaPad S145 . Com Core i7 da sétima geração, o dispositivo já é capaz de rodar programas mais robustos. 

Leia também: Xiaomi anuncia notebooks gamer mais poderosos neste domingo

Notebooks da Black Friday entre R$3.000 e R$4.000

Samsung NP800G5M arrow-options
Divulgação

Nessa faixa de preço, especificações melhores vão aparecendo


Quanto mais caros os notebooks vão ficando, mais especificações interessantes vão aparecendo. Nessa faixa de preço, uma boa opção é o Vaio Fit 15S , com Core i7 de oitava geração, 8GB de RAM e 1TB de armazenamento. 

Mas para quem gosta de jogar games mais pesados, alguns notebooks nessa faixa de preço já trazem placas de vídeo interessantes, o que melhora a experiência. Alguns modelos bons para ficar de olho são o Acer AN515-51-50U2 , o Lenovo Legion Y530 e o Samsung NP800G5M

Leia também: Jovens chineses só poderão jogar games online por 90 minutos diários

Notebooks da Black Friday por mais de R$4.000

Perto dos R$4.000, o Lenovo 520 se mostra uma opção interessante, com destaque para a tela touchscreen que rotaciona.

Por volta dos R$6.000, os notebooks vão ficando com especificações mais robustas, trazendo SSD com mais espaço e boa placa de vídeo na composição. Nessa faixa de preço, um bom exemplo é o Dell G3-3590-M30 .

Quanto o assunto são notebooks, o céu é o limite. E aí vale se atentar muito à necessidade de cada usuário. Os Macbooks , da Apple, se mostram boas opções para quem utiliza software de edição de imagem ou vídeo, e variam bastante de preço.

Para os gamers, as especificações do computador precisam ser ainda mais potentes para uma boa experiência, e vão surgindo opções com desempenho melhor – e mais caras.

Um exemplo é o Gamer Acer Predator Triton 500 , que ultrapassa os R$18.000. A fabricante Avell , que tem vários modelos voltados para os jogadores em uma gama muito grande de preços, também prepara promoções para a Black Friday .

Fonte: IG Tecnologia
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Tecnologia

Publicado

source
black friday arrow-options
Unsplash

Veja quais sites você deve evitar durante a Black Friday

Com a Black Friday se aproximando, surgem também as dúvidas a respeito das promoções realizadas na data.

Desde que o evento chegou ao Brasil , muitos casos de descontos falsos foram registrados, fazendo com que os consumidores fiquem com o pé atrás em relação à data. 

E as reclamações são muitas. No ano passado, 4.200 queixas foram registradas no site Reclame Aqui  durante a sexta-feira da Black Friday , número que bateu recorde – nos dois anos anteriores, a plataforma havia recebido 3.500 e 2.900 reclamações, respectivamente.

Até janeiro deste ano, mais de 97 mil compras relacionadas à Black Friday de 2018 ainda receberam reclamações, como atraso nas entregas.

Leia também: Desejos da Black Friday: compare modelos de notebook para cada bolso

As empresas mais reclamadas na Black Friday 2018

E, falando em índices passados, uma boa estratégia para se proteger durante o próximo dia 29 de novembro é olhar para os últimos anos e ver quais empresas mais tiveram reclamações

No Reclame Aqui, quem liderou o ranking em 2018 foram as Lojas Americanas, seguida das Casas Bahia e da Netshoes.

A respeito dos motivos das reclamações, o principal foi a maquiagem dos preços , também em destaque nos anos anteriores. 

Leia também: Preços sobem antes da Black Friday; confira quais produtos são mais atingidos

Os produtos com maiores índices de reclamações fora os eletrônicos , com ranking liderado por celulares e smartphones , e contando com televisores dentro dos cinco principais alvos de queixa. 


Além do Reclame Aqui , o Procon também divulgou uma lista de empresas que têm histórico de desrespeito aos direitos dos consumidores. A lista feita pelo Procon de Santa Catarina pode ser encontrada neste link , enquanto a relação organizada pelo Procon de São Paulo pode ser vista aqui

Leia Também:  Microsoft cria celular com duas telas e suporte para Android; veja as fotos

Como garantir descontos reais na Black Friday

Para não cair em promoções falsas, o Procon do Rio de Janeiro orienta que os consumidores já fiquem de olho nos preços dos produtos desejados antes da Black Friday , para perceber se os descontos anunciados são realmente reais – para isso,  algumas ferramentas podem ajudar. 

Leia também: Celulares da Black Friday: confira os melhores modelos para adquirir na data

Além disso, o órgão diz que é necessário saber dos d ireitos dos consumidores , sobretudo no que diz respeito às compras online, que têm grande fluxo durante a Black Friday.

Uma informação relevante para ficar atento é que, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, um cliente não precisa de justificativas para cancelar uma compra online dentro de sete dias. 

Outra dica, dada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor ( Idec ), é guardar todos os anúncios de promoções que receber e fazer captura da tela de todo e qualquer problema que encontrar.

Se algum site der um problema durante a compra e você perder a promoção, o consumidor tem o direito de requerer o mesmo produto com as mesmas condições e preço anunciados. 

Leia também: Pesquisa revela maior desejo dos brasileiros para a Black Friday; confira

Também é importante ficar de olho no prazo de entrega. Mais uma vez, é bom fazer uma captura de tela dessa informação, para conseguir cobrar a empresa em questão.

Caso haja algum problema, o primeiro passo é entrar em contato com a empresa para tentar resolver a situação. Se a solução não for alcançada, o consumidor pode registrar uma queixa no Procon ou entrar com ação no Juizado Especial Cível .

Leia Também:  Wi-Fi público é seguro? Entenda os riscos de usar o Wi-Fi fora de casa

Como não cair em golpes na Black Friday

Os problemas relacionados ao direito do consumidor, que já deixam muita gente preocupada, não são os únicos vilões da Black Friday .Como durante a data há muito mais pessoas atrás de descontos online, o cenário se torna propício para que criminosos apliquem golpes digitais .

Segundo dados da empresa global de cibersegurança Kaspersky , os ataques de phishing , por exemplo, aumentam quatro vezes neste período. 

Leia também: Conheça 6 golpes que podem te fazer perder dinheiro e saiba como evitá-los

Ataques de phishing são aqueles em que os criminosos utilizam algum motivo falso para fazer com que as vítimas entreguem informações importantes, como dados do cartão de crédito.

Nesse período de ofertas, é muito comum que promoções falsas sejam divulgadas a fim de roubarem esses dados dos internautas. Para não cair em uma roubada e ter uma Black Friday mais tranquila, é bom seguir as seguintes dicas de segurança digital :

  1. Tome cuidado com promoções boas demais recebidas por email, mensagem, redes sociais ou SMS; 

  2. Certifique-se de que o site da promoção que você recebeu é o mesmo endereço da loja que a promoção diz se referir. Na dúvida, procure pelo desconto diretamente no site da loja, sem clicar em links;

  3. Confirme que o site é seguro. Para isso, verifique todos os caracteres da URL, checando se a grafia está correta, e veja se o site tem o protocolo de segurança HTTPS (ou o símbolo do cadeado verde no início da URL);

  4. Não utilize um Wi-Fi público para realizar compras online, porque as redes podem ser interceptadas por criminosos que podem obter acesso aos seus dados financeiros;

  5. Não use computadores públicos para realizar suas compras;

  6. Mantenha seu antivírus atualizado.

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

Publicado

source

Olhar Digital

PlayStation 5 arrow-options
Reprodução

Novas renderizações mostram design diferente para o PlayStation 5


Novas renderizações em 3D do PlayStation 5 mostram um novo design para o console , diferente dos mostrados anteriormente. Vale ressaltar, no entanto, que elas não são oficiais nem feitas pela Sony , mas sim desenhos imaginados por fãs. O mais recente veio do varejista alemão MediaMarkt Saturn. 

O desenho mostra um console quadrado com bordas mais arredondadas. Uma luz de status percorre toda a lateral do PlayStation 5 . Nas renderizações, a maior mudança está nos controles DualShock 5, completamente redesenhados. Veja a seguir o vídeo que mostra o design: 


A proposta do MediaMarkt Saturn ainda inclui carregamento sem fio dos controles: a carga se dá simplesmente ao colocá-los em cima do console. Além disso, o display de LCD presente no DualShock 5 é praticamente idêntico àquele visto na parte de cima do PlayStation 5 .  

Leia também: Como será o PlayStation 5? Imagens vazadas revelam design

O modelo tem integração com os sistemas de PlayStation anteriores. Enquanto o conceito elaborado pela LetsGo Digital apresenta um console com design totalmente diferente do usual, o do MediaMarkt Saturn mantém as características do PlayStation 4 e acrescenta detalhes, como o display e as luzes laterais. 


Já a tela nos controles parece mais interativa e, de fato,  touchscreen . O grande diferencial dessa versão está no corpo do console : ele é completo e linear, enquanto os anteriores tinham uma grande reentrância no meio. 

Leia também: Vem mais PlayStation por aí: Sony registra patentes até o PS10

Na parte traseira do controle, há um indicador luminoso de recarga de bateria. O acessório tem melhor feedback de sensações (como a vibração) e gatilhos adaptáveis ao jogador. A renderização utiliza “Grand Theft Auto VI” para demonstrar o local onde se inserem os discos dos jogos.

O console teria 2TB de memória interna, duas entradas USB, transmissão em Full HD 4K, hardware Ray Tracing, CPU AMD Zen 2 e GPU RYZEN DNA. Enquanto a Sony não anuncia a nova geração do console, restam as artes conceituais para quem anseia por um novo PlayStation .

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana