conecte-se conosco


Turismo

Descubra 7 lugares mal-assombrados pelo mundo para visitar no Dia das Bruxas

Publicado

source

Você já conhece o que o Halloween nos Estados Unidos reserva para a sua viagem . Mas e quanto a lugares mal-assombrados ao redor do mundo? A verdade é que, da Indonésia até o meio-oeste norte-americano, não faltam atrações do tipo para quem não se sente incomodado com os calafrios.

Abóbora de Halloween no escuro cercada por névoa arrow-options
shutterstock

Desde cavernas até vilas inteiras, não faltam opções de lugares mal-assombrados para explorar no Halloween

Para você conhecer alguns dos principais pontos do tipo, o site de viagens  Booking.com separou os 7  lugares mal-assombrados mais assustadores ao redor do globo.

Lugares mal-assombrados ao redor do mundo

  1. Tonopah, Nevada, EUA
  2. Pluckley, Kent, Reino Unido
  3. Cluj-Napoca, Romênia
  4. Rajastão, Índia
  5. Cartago, Costa Rica
  6. Cayo, Belize
  7. Central Java, Indonésia

1. Tonopah, Nevada, EUA

Cidade de Tonopah durante o por do sol arrow-options
shutterstock

Lugares mal-assombrados no mundo: Tonopah é famosa por seu céu escuro e cemitério fantasmagórico

Iniciando a lista de lugares assustadores para visitar no Halloween , a cidade de Tonopah é famosa por ter um dos céus mais escuros dos Estados Unidos, tornando-a ideal para observar as estrelas.

Se você estiver sentindo-se aventureiro à noite, pode fazer um passeio pelo cemitério local, conhecido pela atmosfera fantasmagórica. Também dá para fazer um roteiro dois em um viajando para a cidade fantasma de Rhyolite, a 1h30 de Tonopah.

Estabelecida em 1904 pelos garimpeiros da Corrida do Ouro, a cidade foi extinta em 1916 após não conseguir superar uma crise financeira que levou ao fechamento das minas de ouro em 1911. 

Segundo o Booking.com , para complementar o clima de Dia das Bruxas , vale se hospedar na suíte Lady in Red do Mizpah Hotel, cuja decoração em tons vinho lembra os quartos de diversos filmes de terror.

2. Pluckley, Kent, Reino Unido

Riacho e igreja na vila de Pluckley, no Reino Unido arrow-options
Divulgação/Booking.com

Lugares mal-assombrados no mundo: a vila de Pluckley é oficialmente a mais paranormal da Grã-Bretanha

Pluckley ostenta uma fama que poucos podem reivindicar: a de vila mais mal-assombrada da Grã-Bretanha, que inclusive foi reconhecida pelo Guiness Book of World Records . Em 1989, o livro dos recordes mundiais oficializou o  status  que Pluckley já tinha conquistado com os nativos da região.

E se você estiver por Londres no Halloween, dá até para fazer um bate e volta, já que a vila fica a meros 89 km da capital do Reino Unido. Quando estiver lá, preste atenção para avistar atividades paranormais – segundo o  Booking.com , 16 aparições já foram registradas em Pluckley.

Para alguns, a atmosfera de terror pode ser reforçada pela aparente calmaria do local, típica das vilas do interior da Inglaterra que aparecem em filmes. Para encerrar sua busca por lugares mal-assombrados no Reino Unido, vale também uma passagem pelo New Tavern Fort ou pelo Castelo de Rochester.

O primeiro, localizado em Gravesend, ficou famoso pela aparição do fantasma de um soldado da Era Vitoriana em 1992. Já o segundo, a apenas 20 minutos do New Tavern Fort e 40 minutos de Pluckley, abriga o espírito da Dama de Branco e inclusive foi cenário do livro “Haunted Castles of Britain and Ireland”, de Richard Jones.

3. Cluj-Napoca, Romênia

Caminho na floresta de Hoia-Baciu arrow-options
Divulgação/Booking.com

Lugares mal-assombrados no mundo: próxima de Cluj-Napoca, a floresta de Hoia-Baciu é das mais assustadoras do mundo

A Romênia muitas vezes é lembrada como o lar do Conde Drácula, que assombrava a Transilvânia. O castelo Bran, que inspirou o romance “Drácula” de Bram Stoker, pode ser visitado pelos fãs da história.

Mas o país também oferece outros lugares mal-assombrados para você explorar, a exemplo de Cluj-Napoca, cidade considerada a capital não oficial da região que fica a 4h30 do castelo do Drácula. 

Ela fica num ponto ideal para uma incursão na floresta de Hoia-Baciu, considerada uma das mais assustadoras do mundo, de acordo com o  Booking.com . Ela é o pacote completo para o Dia das Bruxas, com relatos tanto de assombrações como de extraterrestres.

Para completar o pacote, as vistas dessa mata assustadora podem dar uma bela foto para levar de lembrança da sua viagem. 

Leia também: Região da Romênia te leva para um conto de fadas na vida real

4. Rajastão, Índia

Ruínas do Bhangarh Fort arrow-options
Divulgação/Booking.com

Lugares mal-assombrados: reza a lenda que o Bhangarh Fort, construído em 1573, é amaldiçoado

Saindo da Europa e chegando à Ásia, a lista de lugares para visitar no Dia das Bruxas faz uma parada no Rajastão um dos estados indianos. Lá, um dos destaques é o Bhangarh Fort, fortaleza construída em 1573 que ganhou o título de lugar mais mal-assombrado de toda a Índia.

Dentre as histórias a respeito do lugar, uma das mais famosas é a de uma maldição que condenou-o a passar toda a eternidade sem um telhado. Dessa forma, qualquer tentativa de construir um teto para ele desmoronaria. Outras histórias famosas envolvem a Princesa Ratvanati, conhecida por ser muito bela, mas também por ser amaldiçoada.

A entrada do local é gratuita, mas só é permitida durante o dia. Segundo o Booking.com , os melhores meses para visitá-lo são entre setembro e fevereiro – pegando justamente a época do Halloween.

Mas as assombrações no Rajastão não param por aí: a 30 minutos de carro do Bhangarh fica o Ajabgarh Fort, também abandonado e dito amaldiçoado. Para uma experiência mais imersiva, vale hospedar-se no Tree House Resort, que lhe proporcionará conforto e relaxamento para se recuperar das aventuras.

5. Cartago, Costa Rica

Fachada abandonada do Sanatorio Duran arrow-options
shutterstock

Lugares mal-assombrados: o Sanatorio Duran foi abandonado em 1960 e está em decadência desde então

Voltando para as Américas, a cidade de Cartago, a 45 minutos de San José, é o lar tanto de belezas naturais como de lugares mal-assombrados. Um deles é o Sanatório Duran, construído nos anos 1920 para tratar pacientes com tuberculose.

Desativado desde os anos 1960, ele passa uma sensação de decadência constante, com aparições paranormais bastante comuns, segundo relatos. O ingresso para visitação custam 495 colones (R$ 3,54*) é barato e permite que os visitantes explorem a área livremente. 

6. Cayo, Belize

Entrada para a Actun Tunichil Muknal arrow-options
shutterstock

Lugares mal-assombrados no mundo: a Actun Tunichil Muknal já foi um lugar usado pelos Maias para ritos religiosos

Também no Mar do Caribe, o distrito de Cayo, em Belize, abriga várias cavernas assustadoras para você explorar no Halloween. Uma delas é a Actun Tunichil Muknal, conhecida também como ATM ou “A caverna mais assustadora do mundo”.

Com registros humanos que datam de 1 mil anos atrás, ela está aberta ao público desde 1998 e faz parte de um sítio arqueológico Maia. Uma de suas características mais assustadoras são os restos calcificados da Doncella de Cristal (ou Dama de Cristal, em português), uma jovem que foi sacrificada aos deuses pelos Maias.

Localizada no meio da mata, você terá de percorrer uma trilha guiada de uma hora passando por rios e terreno acidentado na Reserva Natural da Montanha de Tapir para chegar até lá. Outros rastros deixados pelos Maias são as caveiras encolhidas, que você pode conferir em Cahal Pech ou em Xunantunich.

7. Central Java, Indonésia

Portas 'infinitas' do Lawang Sewu arrow-options
Divulgação

Lugares mal-assombrados no mundo: o Lawang Sewu é o lugar predileto dos fantasmas, segundo os locais

Finalmente, a lista de lugares mal-assombrados para visitar no Dia das Bruxas para na região de Central Java, nas ilhas da Indonésia. Lá, um dos assombros é o Lawang Sewu (“Milhares de Portas” no idioma local), um edifício em estilo europeu construído na cidade de Semarang em 1904 para abrigar a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais.

Segundo os moradores locais, o prédio é um dos favoritos dos fantasmas. Ele também já serviu como presídio durante a ocupação dos japoneses e seu porão foi cenário de inúmeras execuções.

Leia também: Alugar casa ou reservar hotel? Veja qual o melhor tipo de estadia em Orlando

Outra atração assustadora na região é a vila de Desa Wisata Lembah Kalipancur, localizada a 30 minutos do Milhares de Portas. Um de seus destaques é uma perturbadora e fascinante aeronave abandonada, que pode se provar um ótimo plano de fundo para suas fotos de lugares mal-assombrados durante uma viagem pela Indonésia – ou pelo mundo.

*valor pesquisado em 18 de outubro com o colones (moeda da Costa Rica) a R$ 0,072

Fonte: IG Turismo
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Turismo

10 destinos “fora do radar” para conhecer em 2020

Publicado

source

Ao pesquisarmos algum destino de viagem na internet, sempre aparecem os mais tradicionais como Nova York, Paris e Buenos Aires. Porém, se você está afim de conhecer novos rumos em 2020, o Guia Travel Hacker 2020 do KAYAK identificou destinos que devem entrar no radar dos viajantes brasileiros este ano.

Leia também: As maiores tendências de cruzeiro para 2020

A ideia do Guia foi focar em destinos que têm um volume de buscas baixo apesar de uma grande oferta de hospedagem e atrações turísticas. O objetivo é estimular viagens para destinos “fora do radar” e ajudar viajantes a evitar o overtourism – excesso de turismo em algumas cidades mais populares, que pode levar a práticas predatórias e superlotação.

E não existe ano mais perfeito para fazer essas viagens do que 2020. Com nove feriados prolongados no calendário, o brasileiro terá a chance de ampliar o cardápio de destinos. “Esse é um ano cheio de oportunidades de viagem. Planejar com antecedência é fundamental para tornar os planos, realidade” comenta Eduardo Fleury, Líder de Operações do KAYAK no Brasil.

Confira abaixo os 10 destinos fora do radar para conhecer em 2020:

1. Nairóbi, Quênia

nairóbi arrow-options
shutterstock

Nairóbi é a capital do Quênia e tem uma fauna muito exótica

Nairóbi é a capital do Quênia, país localizado na África Oriental, e chama atenção por suas belezas naturais. Conhecido como um bom local para fazer safáris em família , Nairóbi oferece aos turistas parques nacionais, o Karura Forest, museus de história africana e modernos shoppings centers para as compras.

O Itamaraty recomenda viajar ao Quênia com grau moderado de cautela. Para entrar no país é necessário ter passaporte válido por, no mínimo, seis meses; ter tomado a vacina da febre amarela e retirar o visto numa das embaixadas.

2. Chiang Mai, Tailândia

tailândia arrow-options
Wikipedia

Chiang Mai, na Tailândia, é um dos destinos “fora do comum” para experimentar em 2020

A Ásia passa por um problema com o turismo no momento por causa do surto do novo coronavírus na China, porém, é um dos continentes mais ricos em história e cultura. A cidade de Chiang Mai, na Tailândia , é exemplo disso.

Fundada em 1296, a cidade tem diversos monumentos e muralhas do Reino de Lunna (1558) e os pontos turísticos para visitação são variados, entre eles, o Templo de Ouro, um parque e um santuário de elefantes, os templos Wat Pha Lat e Wat Phra Singh, além de mercados municipais e cachoeiras.

Não há restrições financeiras para os brasileiros entrarem na Tailândia. O Itamaraty recomenda “viagem com alto grau de cautela” e não há necessidade de visto para turismo até 90 dias.

3. Cidade da Guatemala, Guatemala

guatemala arrow-options
Wikimedia Commons

A cidade da Guatemala, na Guatemala, é destino na América Central

Localizada na América Central, a Guatemala tem uma história rica do período Maia e suas principais atrações turísticas estão relacionadas com esse período. Na cidade da Guatemala o viajante poderá conhecer o Parque Central, a Catedral Metropolitana (repleta de pinturas coloniais e esculturas religiosas), os templos Tikal e Yaxha, além de lagos, montanhas e parques com vistas incomparáveis.

Os brasileiros que quiserem visitar o país devem tomar vacinas contra Hepatite A, B, raiva e febre tifóide. Não é necessário visto de turismo pelo período de 90 dias.

4. Kingston, Jamaica

jamaica arrow-options
Wikimedia Commons

Kingston é a capital da Jamaica

A capital da Jamaica entra nos roteiros de destinos para viajar no Caribe e também no  Guia Travel Hacker 2020 do KAYAK por sua baixa procura. A cidade de 1,2 milhão de habitantes encanta os turistas com suas belezas naturais. Além do mar de águas cristalinas, Kingston ainda oferece um museu dedicado ao cantor Bob Marley, muitos parques e fortes do período colonial, mercados e lojas para lembrancinhas.

O Itamaraty recomenda viagem com cautela ao país caribenho e é exigido vacina contra febre amarela para entrada. Não é necessário visto de turismo para até 90 dias de permanência na Jamaica.

5. São Petersburgo, Rússia

são petersburgo arrow-options
Arquivo pessoal

Palácio de inverno, São Petersburgo, rússia

São Petersburgo fica localizada na zona portuária da Rússia e já foi capital imperial por 2 séculos. Conhecida como o ‘centro cultural da Rússia ’, a cidade oferece muitas atividades aos turistas. Assistir um espetáculo de balé ou ópera no Teatro Marrinski, ver uma exposição no Museu Russo, visitar uma das catedrais e passear pelo Peterhof (complexo de parques com o Grande Palácio, planejado pelo Czar Pedro) estão entre elas.

Não é necessário visto de turista para entrar na Rússia e nem vacinação específica. O passaporte do brasileiro precisa estar válido a, pelo menos, seis meses é importante ter 10 mil dólares (R$ 43 mil, na cotação atual*) para passar pela imigração.

6. Amã, Jordânia

amã arrow-options
Reprodução/ cvc

Amã é a capital da Jordânia e está na lista de destinos “fora do comum”

Com 4 milhões de habitantes, a cidade de Amã é a capital da Jordânia e mescla modernidade com ruínas antigas. Os turistas que optarem por passar um feriado de 2020 na cidade poderão visitar pilares do Templo Romano de Hércules e o complexo do Palácio Umayyad, do século VIII. Um teatro romano e diversos museus completam o roteiro turístico.

No país é falado árabe e inglês e não é necessária nenhuma vacinação ou quantia em dinheiro para a entrada. O visto de turismo e de negócios, no entanto, é exigido para os brasileiros.

7. Nova Orleans, Estados Unidos

nova orleans arrow-options
shutterstock

Nova Orleans tem vida noturna agitada

Única cidade americana da lista do KAYAK, Nova Orleans é muito procurada por turistas que apreciam jazz, R&B e Soul. A cidade tem uma vida noturna agitada e culinária que mescla os estilos francês, africano e americano.

O turista pode conhecer os bairros Garden District e Downtown/Warehouse District; fazer compras no Magazine Street; visitar o Audubon zoológico e outros tantos museus e construções históricas. Os Estados Unidos exigem visto de entrada para brasileiros.

8. Quito, Equador

quito arrow-options
shutterstock

O marco “Medio del Mundo”, em Quito, no Equador

A capital do Equador tem muitos pontos turísticos para os viajantes e raramente está na lista de desejos dos brasileiros. Construída sobre as fundações de uma antiga cidade inca, o local oferece os parques Itchimbia Arqueológico Rumipamba, a Plaza de La Independencia e a Plaza de San Francisco como destinos para visitação.

Não há restrições do Ministério das Relações Exteriores quanto aos brasileiros visitarem Quito. Para entrar no Equador , no entanto, é necessário ter vacina contra a febre amarela e não há necessidade de visto para brasileiros, já que os países do Mercosul podem ser acessados apenas com o RG.

9. Salta, Argentina

argentina arrow-options
Pixabay

Salta, na Argentina, é um destino para quem gosta de montanhas

Como alternativa para Buenos Aires ou Mendoza na Argentina , surge Salta. Localizada no noroeste montanhoso do país, a cidade tem uma variação de pontos turísticos como a Plaza 9 de Julio, a Catedral de Salta, a Câmara Municipal El Cabildo e o Museu de Arqueologia de Alta Montaña (MAAM). Além das belezas naturais da Cuesta del Obispo, das Salinas Grandes e do Anfiteatro Natural são 

Para entrar na Argentina, assim como para visitar o Equador, não é requisitado visto dos brasileiros.

10. Queenstown, Nova Zelândia

queenstown arrow-options
Divulgação/AJ Hackett Bungy New Zealand

Queenstown é um destino para quem gosta de aventura

A cidade de Queenstown fica às margens do lago Wakatipu, na Ilha Sul. O local é conhecido pela prática de esportes de aventura, além de oferecer belos cenários com vinhedos e cidades mineiras históricas. Por lá o turista encontrará muitas belezas naturais como o Moke Lake, o parque Coronet, o Sunshine Bay Walk e muitas outras atrações. É possível fazer compras em Queenstown e visitar edifícios históricos.

Leia também: 11 parques nacionais – pelo Brasil e pelo mundo – que te deixarão de queixo caído

Aos que escolherem a Nova Zelândia como um dos destinos de férias não terá nenhum impeditivo de entrada, já que o país não exige visto de turista para brasileiros, nem vacinação específica e quantia fixa de dinheiro.

*valor pesquisado em 17 de fevereiro com o dólar a R$ 4,33

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Turismo

Mulher “monta” em homem no avião e causa polêmica

Publicado

source

Um casal exagerou no momento a dois e causou polêmica dentro de um avião. A imagem postada no perfil do Instagram @passengershaming, que é famoso por divulgar atitudes vergonhosas de passageiros, uma mulher está sentada no colo de um homem.

Leia também: 10 dicas do que não fazer durante uma viagem de avião

avião arrow-options
Reprodução/ Instagram

O casal virou polêmica num perfil de Instagram

De acordo com o relato de outros passageiros, o casal estava se beijando quando a mulher decidiu “montar” no homem sentado no banco da janela para se aconchegar. Ela segurou o encosto do assento e ele, segurou firme nos quadris da mulher. Apesar do avião cheio, o casal pareceu não se importar com a plateia.

A fotografia rendeu muitos comentários nas redes sociais. “Essas pessoas nasceram sem vergonha?”; “Toda vez que viajo, gosto cada vez menos da raça humana”; “Pobre rapaz sentado ao lado deles”.

Apesar de ter chocado muitos usuários do Instagram, algumas pessoas encontraram graça na situação. “Isso é hilário … deixe que eles fiquem loucos, parecem felizes. Talvez um pouco bêbados, mas felizes”.

Leia também:Tem medo de avião? Confira algumas dicas para superar a fobia

Nem a postagem do Passenger Shaming, nem o The Sun (que também reportou a notícia), deixou claro o que aconteceu ao casal após a fotografia. Se os dois foram punidos, não dá para saber, mas o que você faria se isso acontecesse ao seu lado? Comente.

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana