conecte-se conosco


Internacional

Descobertas sobre buraco negro vencem Nobel de Física

Publicado


O britânico Roger Penrose, o alemão Reinhard Genzel e a norte-americana Andrea Ghez conquistaram o Nobel de Física de 2020 por suas descobertas sobre um dos fenômenos mais exóticos do universo, o buraco negro, informou  a entidade que concede a premiação nesta terça-feira (6).

Penrose, professor da Universidade de Oxford, ficou com metade do prêmio pelo seu trabalho que usa a matemática para provar que os buracos negros são uma consequência direta da teoria geral da relatividade.

Genzel, do Instituto Max Planck e da Universidade da Califórnia, Berkeley, e Ghez, da Universidade da Califórnia, Los Angeles, dividiram a outra metade por terem descoberto que um objeto invisível e extremamente pesado governa a órbita das estrelas no centro da nossa galáxia.

O prêmio de Física é o segundo Nobel deste ano a ser anunciado, depois que três cientistas venceram a premiação de medicina na segunda-feira (5) pela descoberta da Hepatite C.

Entre os prêmios Nobel, o de Física geralmente domina os holofotes com premiações passadas indo para estrelas da ciência, como Albert Einstein, por descobertas fundamentais sobre a formulação do universo, incluindo a teoria geral da relatividade.

“As descobertas dos laureados deste ano estabeleceram novos parâmetros no estudo de objetos compactos e super massivos”, disse David Haviland, presidente do comitê do Nobel de Física, ao anunciar o prêmio de 10 milhões de coroas suecas, o equivalente a 1,1 milhão de dólares. “Mas esses objetos exóticos ainda apresentam muitas questões que imploram por respostas e motivam pesquisas futuras.”

Ghez é somente a quarta mulher a conquistar o Nobel de Física, depois de Marie Curie, em 1903; Maria Goeppert Mayer, em 1963, e Donna Strickland, em 2018.

Os prêmios Nobel foram criados pela vontade do empresário sueco e inventor da dinamite Alfred Nobel e são entregues desde 1901. A premiação deste ano acontece sob a sombra da pandemia de covid-19, que limitou a maior parte das festividades que geralmente cercam os prêmios e colocou os cientistas de todo o mundo em uma corrida para desenvolver uma vacina.

 

publicidade
1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Venezuela confirma que 8 soldados foram sequestrados por guerrilheiros

Publicado


source
Venezuela confirma que 8 soldados foram sequestrados por guerrilheiros
Reprodução

Venezuela confirma que 8 soldados foram sequestrados por guerrilheiros

O ministro da Defesa venezuelano, Vladimir Padrino, informou neste sábado que oito de seus soldados foram capturados e estão detidos por grupos armados dissidentes das Farc, na Colômbia, após combates no estado de Apure, na fronteira entre os dois países, onde acontecem confrontos armados desde março.

O ministro disse que os paramilitares ofereceram uma prova de vida dos sequestrados em 9 de maio e exigiu que os captores “preservassem suas vidas e integridade física”.

“Estabelecemos os contatos para levar à sua libertação antecipada e a Chancelaria da República está em coordenação com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, para que este sirva de elo na entrega dos nossos irmãos combatentes”, disse o ministro, ao ler um comunicado na televisão estatal.

Esta foi a primeira confirmação oficial do caso, que já fora adiantado por uma organização não governamental venezuelana, FundaREDEDS, em uma denúncia no início desta semana. Segundo a ONG, os sequestradores integram uma dissidência das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que não se desmobilizou após o acordo de paz com o governo da Colômbia, e os sequestros ocorreram após combates em meados de abril em uma área de Apure, perto da fronteira com a Colômbia.

Analistas militares venezuelanos, como Rocío San Miguel, disseram que não há precedentes de soldados venezuelanos detidos por insurgentes do país vizinho pelo menos desde os anos 1990.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha confirmou que tem conhecimento das alegações, anunciando que os soldados venezuelanos estavam em seu poder, mas se recusou a dar detalhes, indicando que o trabalho humanitário do Comitê é bilateral e confidencial.

As autoridades de Caracas relataram combates em Apure desde 23 de março com grupos ilegais colombianos, que não identificaram, e nos quais morreram pelo menos uma dezena de soldados venezuelanos, enquanto o Serviço de Migração da Colômbia informou que cerca de 5 mil pessoas chegaram da Venezuela fugindo desses confrontos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Israel destrói prédio em Gaza que abrigava escritórios de imprensa

Publicado


Israel realizou um ataque e destruiu uma torre de 12 andares em Gaza que abrigava os escritórios da Associated Press e de outros meios de comunicação dos Estados Unidos neste sábado (15), alegando que o prédio também foi usado pelo grupo militante islâmico Hamas.

O prédio al-Jalaa na Cidade de Gaza, que também abriga os escritórios da emissora Al Jazeera, do Catar, bem como outros escritórios e apartamentos, foi evacuado depois que o proprietário recebeu um aviso prévio da ataque iminente.

Um jornalista palestino foi ferido no ataque, informou a mídia palestina. Destroços e estilhaços voaram a dezenas de metros de distância.

Os militares israelenses disseram que seus “aviões de combate atingiram um prédio de vários andares que continha ativos militares pertencentes aos escritórios de inteligência da organização terrorista Hamas”.

Eles disseram que haviam fornecido um aviso prévio aos civis no prédio, permitindo que todos saíssem.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana