conecte-se conosco


Política Nacional

Deputados discutem inversão de pauta na CCJ para priorizar orçamento impositivo

Publicado

Deputados da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara discutem agora requerimento de inversão de pauta para analisar primeiro a proposta que amplia o orçamento impositivo (PEC 34/19).

Se o requerimento for aprovado, a discussão da reforma da Previdência (PEC 6/19) só deve começar depois que o orçamento impositivo for analisado.

Neste momento, os deputados discutem a favor e contra a inversão de pauta. A reunião do colegiado começou há duas horas, depois de uma reunião dos líderes partidários para tentar um acordo na ordem na votação. Não houve, porém, consenso entre os parlamentares.

Discussão Deputados de vários partidos criticaram a fala do deputado Gilson Marques (Novo-SC) de que as emendas orçamentárias de iniciativa dos parlamentares são feitas para “chantagear voto” em época de eleição. “Estamos pensando em nosso próprio umbigo”, disse Marques, ao criticar a inversão de pauta.

O deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA) afirmou que Marques fez uma fala irresponsável. “Não é justo que as pessoas se elejam para vir e desvalorizar esta Casa. Ninguém está chantageando ninguém”, declarou.

Leia Também:  Comissão especial debate concessão de subsídios tributários, financeiros e creditícios

Segundo a líder da Minoria, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), os parlamentos foram criados no mundo para legislar principalmente sobre orçamento de cada nação. “Não faz sentido afirmar que o orçamento é uma atribuição do Executivo”, disse.

Marques pediu desculpas aos parlamentares pela fala e defendeu a revisão do pacto federativo. “Tem de ser revisto o pacto federativo, que o dinheiro fique nos municípios, não no governo federal”, afirmou.

Mais informações a seguir

Fonte: Agência Câmara Notícias
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política Nacional

Bolsonaro inaugura aeroporto em Vitória da Conquista, na Bahia

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro inaugurou hoje (23) o Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, na Bahia. Em seu discurso, ele disse ter determinado aos ministros que não deixem obras paradas pelo país. “Obras eleitoreiras não acontecerão mais a partir do meu governo. Vamos concluir as obras”, afirmou.

Bolsonaro destacou que o aeroporto trará muitos benefícios para a região com o incremento do turismo. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o início das operações de voos comerciais está previsto para a quinta-feira (25). O novo aeroporto poderá receber aeronaves a jato de grande porte. O terminal está localizado nas proximidades da BR-116, a 10 km do centro de Vitória da Conquista. O valor total da obra está estimado em R$ 105,8 milhões.

Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o novo aeroporto é essencial para a conectividade do estado da Bahia. “Trata-se da maior obra da aviação regional do Brasil. E o governo federal deu continuidade a esse trabalho, mostrando que a infraestrutura para nós é uma questão de Estado”, afirmou o ministro, em nota. “É resultado de um esforço coletivo, o que faz com que esse equipamento importante seja entregue agora à sociedade baiana”.

Leia Também:  Embaixador diz que reformas atrairão empresas japonesas para o Brasil

 

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista (BA).

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista (BA). – Alan Santos/PR

Nordeste

Em seu discurso, Bolsonaro disse amar o Nordeste. “Eu amo o Nordeste. Afinal de contas, a minha filha tem em suas veias sangue de cabra da peste. Cabra da peste de Crateús, o nosso estado mais para cima, o nosso Ceará.”

E acrescentou: “Não estou em Vitória da Conquista. Não estou na Bahia, nem no Nordeste. Estou no Brasil. Não há divisões entre nós: [por] sexo, raça, cor, religião ou região. Somos um só povo, uma só raça, um só ideal e um só objetivo: colocar esse grande país no lugar de destaque que ele merece”.

No domingo (21), o presidente comentou que não havia constrangimento em sua visita à Bahia, após criticar alguns governadores do Nordeste na semana passada. Em conversa com os jornalistas, na porta do Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que o Nordeste é “sua terra”.

Edição: Narjara Carvalho

Fonte: EBC Política
Continue lendo

Política Nacional

Proposta prevê que cão de busca e salvamento seja transportado na cabine dos aviões

Publicado

O Projeto de Lei 3229/19 prevê que o cão de busca, resgate e salvamento, quando estiver acompanhando agente de órgão de segurança em missão oficial, poderá ser transportado na cabine de aeronaves comerciais. O texto insere dispositivo no Código Brasileiro de Aeronáutica (Lei 7.565/86).

A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados.

“Apartar o cão do seu adestrador e transportá-lo em local destinado à carga pode expô-lo a situação estressante, em virtude da separação e do confinamento a que são submetidos”, disse o autor do projeto, deputado Coronel Armando (PSL-SC).

Atualmente, os cães-guias que acompanham pessoas com deficiência visual já são transportados na cabine das aeronaves (Lei 11.126/05). Os animais de maior porte são levados no compartimento de carga dos aviões, em recipientes próprios para esse tipo de transporte.Tramitação

Tramitação A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara Notícias
Leia Também:  Embaixador diz que reformas atrairão empresas japonesas para o Brasil
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana