conecte-se conosco


Política MT

Deputado Nininho indica ao governo a necessidade de atender a população com exames de tomografia

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Na sessão desta quarta-feira (15), o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, fez uma indicação ao governo do estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, para viabilizar exames de tomografias computadorizadas (TC) nas principais unidades de saúde pública, com o objetivo de diagnosticar com precisão o grau de contaminação pulmonar pelo novo coronavírus, e assim,  possibilitar o tratamento precoce da doença.

O parlamentar teve o apoio de outros deputados. Ele defendeu que com a TC o sucesso nos tratamentos tendem a aumentar. Nininho chegou a relatar a situação que passou há cerca de 40 dias, quando esteve em tratamento contra o vírus.

“Graças a Deus eu não tive sintomas, fiquei isolado e cumpri o protocolo administrado pelo médico cardiologista Dr. Carretoni, só que, antes disso, fiz o teste rápido em quatro laboratórios – três deram negativo e um positivo. O PCR (outro tipo de exame), a mesma coisa . Me isolei e passado o isolamento, fiz o exame de sorologia que identificou que eu estava ganhando anticorpus. Mas vejam o tempo, eu fui assintomático, só que muitos óbitos têm ocorrido porque este vírus é letal”, explicou Nininho.

Segundo ele, a demora dos resultados e a dúvida quanto aos sintomas podem ser resolvida de maneira rápida. “Os exames de laboratórios demoram e quando o paciente chega grave, já chega nas unidades precisando de UTI, em muitos casos não resistem, por isso acredito que a tomografia é o melhor caminho para identificar qualquer sinal no pulmão e começar o protocolo o quanto antes, de maneira precisa”, defendeu.

“Neste cenário, a tomografia computadorizada tem se mostrado uma aliada fundamental dos profissionais da saúde e dos pacientes, pois os resultados podem contribuir de forma determinante no direcionamento precoce da conduta médica dos pacientes. Estudos feitos em pacientes com comprovação laboratorial para Covid-19, as imagens de tomografia demonstraram características de lesões pulmonares bastante específicas para esta doença”, diz trecho da indicação.

Outro ponto que o deputado alertou é para a economia. “A conta é simples, quanto custa uma diária de UTI e quanto custa uma tomografia? O estado e os municípios pólos têm condições de atender a população com este exame, se preciso, até adquirir mais equipamentos e contratar profissionais, mas precisamos salvar vidas”, reforçou o parlamentar.

Fonte: ALMT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Rogério Gallo vai apresentar as metas físicas e fiscais a parlamentares e a população

Publicado


.

Foto: Marcos Lopes

 O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), assinou o Ato nº 22/2020 que autoriza as Comissões de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária e a de Saúde, Previdência e Assistência Social realizarem audiências públicas para discutirem as metas fiscais e físicas e a situação sanitária em Mato Grosso, respectivamente.  

As datas e os horários para os debates das metas físicas e fiscais já foram confirmados para os dias 11, 25 e 27 de agosto, às 14 horas. Nesses dias a Comissão de Fiscalização vai ouvir o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo. Ele vai fazer a exposição dos números e como foram aplicados os recursos financeiros pelo governo do Estado. A audiência pública é feita semestralmente pela Parlamento e a equipe econômica do governo. 

Até o fechamento desta edição, a data e o horário da audiência pública da Comissão de Saúde ainda não tinham sido confirmados pela Secretaria Parlamentar da Mesa Diretora. A autorização à realização da audiência pública está embasada no artigo 369 do Regimento Interno da Assembleia Legislativa. A norma dispõe que o gestor do Sistema Único de Saúde (SUS) tem a obrigação de prestar contar trimestralmente à comissão.  

De acordo com o documento, as audiências públicas serão realizadas por meio de plataforma digital (https://zoom.us/ ou equivalente), sendo conduzidas pelo presidente das respectivas comissões fisicamente da Sala 202. Os demais deputados que compõem a comissão devem participar de forma virtual.  

A participação virtual é estendida ao secretário de Estado ou a seu representante. O documento permite ainda a participação de um representante do Poder Judiciário, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e Defensoria Pública. 

Entre as novidades é à participação da sociedade civil organizada e da população na reunião através da plataforma digital. Mas será facultado o ingresso simultâneo de até 20 inscritos por audiência pública. A garantia da inscrição é a cronológica. Os interessados podem fazê-la pelo e-mail: [email protected]

A população já pode se inscrever para participar de forma virtual das audiências públicas. Nos três debates serão apresentadas as metas físicas e fiscais realizadas pelo governo do estado, em 2019 e 2020. Os interessados podem fazê-la até três dias antes da realização de cada audiência pública.  

Quem não conseguir acesso à plataforma digital pode acompanhar as discussões pelos meios de comunicação disponíveis à população pela TVAL (canal aberto 30.1), analógico (canal 30) e Rádio Assembleia FM-89,5, pela página institucional do Facebook e ainda pelo canal do Youtube, pesquisando por TV Assembleia MT.  

Além disso, o cidadão pode contribuir com o debate e enviar suas sugestões por meio de correio eletrônico para no seguinte endereço: [email protected].  Para os interessados, a íntegra do Projeto de Lei Orçamentária Anual poderá ser acessada no endereço: https://www.al.mt.gov.br/proposicao/

Cronograma das audiências públicas da Comissão de Fiscalização 

Dia 11/08 – às 14 horas – audiência pública para análise e debate das Metas Fiscais, do 1° quadrimestre de 2020. 

Dia 25/08 – às 14 horas – audiência pública para apresentação da evolução e debate das Metas Físicas, referente ao 2° quadrimestre de 2019. 

Dia 27/08 – às 14 horas – audiência pública para apresentação da evolução e debate das Metas Físicas, referente ao 2° quadrimestre de 2019. 

 

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Cuiabá retoma promoções e progressões funcionais aos servidores de carreira, e pagamento de retroativos

Publicado


De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, as mudanças visam garantir direitos dos servidores, que estavam suspensos

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) assinou o Decreto nº 8.024, publicado na segunda-feira (3), alterando o Decreto nº 7.900, de 9 de maio de 2020 e retomando alguns benefícios aos servidores municipais. Dentre os benefícios que foram retomados são as autorizações e novas concessões de promoções e progressões funcionais e o pagamento de valores retroativos devidos a qualquer título. Também foi retomada a tramitação de processos administrativos no âmbito da Secretaria Municipal de Gestão.

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, as mudanças visam “garantir direitos elementares dos servidores, que estavam suspensos em virtude do impacto na receita do Município nesse período de pandemia, em que as atividades econômicas ficaram paradas, logo, a arrecadação do Município também sofreu queda. A medida agora decretada visa dar estabilidade aos servidores que quiserem pleitear os seus direitos junto à Administração municipal”, explica.

Com o Decreto nº 8.024, enquanto perdurar o estado de emergência derivado da pandemia de Covid-19, ainda continuam algumas suspensões, como concessão de horas extras a quem não exerce atividade essencial, alteração de carga horária de trabalho (com exceção dos servidores da área fim da Secretaria Municipal de Saúde), auxílio transporte, nomeações, entre outros.

A secretária-adjunta de Gestão, Mariana Cristina Ribeiro dos Santos, explica que essas suspensões seguem mantidas porque se justificam diante do momento atual de pandemia e do regime de teletrabalho, ao qual a maioria dos servidores está submetida.

Além disso, ela lembra que, por força da Lei complementar nº 173/2020, o Município precisa seguir uma série de regras, principalmente no quesito Gestão de Pessoas, para fazer jus ao recebimento de auxílio financeiro do Governo federal para combate ao novo coronavírus, até dezembro de 2021.

 

 

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana