conecte-se conosco


Política MT

Deputado Claudinei celebra a nomeação de 30 delegados para PJC-MT

Publicado


.

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS

Desde o início do mandato, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) buscou fazer as devidas articulações com o governo do estado de Mato Grosso para a nomeação dos aprovados em concursos da área da segurança pública. O parlamentar, nesta sexta-feira (20), comemorou a publicação no Diário Oficial do Estado com o Ato de n.º 6.619/2020, que garante a nomeação de 30 delegados para atender a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT).

O concurso público dos aprovados a serem nomeados foi lançado em edital, no dia 16 de março de 2017, para formação de cadastro de reserva no cargo de delegado de polícia substituto da PJC-MT. O resultado final da aprovação foi divulgado, em 8 de novembro de 2018. 

Claudinei diz que a situação destes aprovados é muito próxima da realidade vivida por ele, em que foi aprovado no concurso para assumir o cargo de delegado da PJC-MT, em 1999, mas só foi nomeado em 2002. Também, conta que a seleção para este cargo é muito criteriosa. “Foram sete etapas a serem cumpridas para a aprovação ao cargo de delegado. Eu, que sou natural de Marialva (PR), tinha custos com deslocamento, alimentação e hospedagem, já que não era ainda residente fixo em Mato Grosso”, lembra o parlamentar que atuou na instituição por 18 anos. 

Nomeação

Claudinei que é presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), promoveu no dia 12 de maio, 1° reunião extraordinária que contou com a participação do delegado-geral da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT), Mário Dermeval Aravechia de Resende.

Nesta oportunidade, o parlamentar recebeu a informação de Aravechia que a Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT) havia confirmado a nomeação de delegados aprovados em concurso. “Em relação aos delegados, a maioria está em processo de afastamento, sendo 27 aptos para aposentadoria. Após diversas apresentações feitas pela instituição da polícia civil, acabou o governador se convencendo de que é necessária essa implementação de nossos quadros, porque também temos um cadastro reserva que está valendo”, anunciou o delegado Mário durante a reunião da Comissão.

O quadro funcional da PJC-MT, atualmente, conta com 215 delegados, 678 escrivães e 2.065 investigadores. “Eu reconheço que um delegado titular em uma unidade policial é essencial. Perante as dificuldades financeiras enfrentadas pelas instituições de segurança, o bom gestor sempre busca meios para driblar as dificuldades e, assim, proporcionar o melhor atendimento ao público”, conta o deputado.

Para Claudinei, a segurança pública não pode parar e é de suma importância o aumento de efetivo para atender a população mato-grossense. “Nossa luta ainda continua para a nomeação de aprovados em concurso público ligados à segurança pública. Os aprovados em cargos de agente penitenciário e profissionais de nível superior do sistema penitenciário é uma das reivindicações feitas para Comissão de Segurança”, declara o parlamentar. 

Os deputados estaduais que integram também a Comissão de Segurança Pública são vice-presidente Silvio Fávero, os membros titulares Ulysses Moraes (PSL) e Thiago Silva (MDB).

Fonte: ALMT

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Ex-primeira-dama e outras seis pessoas tornam-se réus por desvios de recursos na Secretaria de Assistência Social

Publicado

Desvios ocorreram em contratos firmados entre a Setas e empresas de fachada

A juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular, acatou pedido do Ministério Público Estadual (MPE) e aceitou a acusação contra a ex-primeira-dama do Estado Roseli Barbosa e outras seis pessoas por um esquema de desvio de recursos públicos da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas). A determinação foi publicada no Diário Oficial de Justiça de quinta-feira (2).

Além da ex-primeira dama, tornaram-se réus por improbidade administrativa: Vanessa Rosin Figueiredo (ex-secretária-adjunta), Rodrigo de Marchi (ordenador de despesas da Setas), Paulo Cesar Lemes (empresário e delator do esquema), Jean Estevan Campos Oliveira (que também comandou a Setas), o Instituto de Desenvolvimento Profissional do Brasil (Indesp) e Ricardo Mário Ceccarelli (presidente do Indesp).

Todos são acusados de envolvimento em suposto esquema de favorecimento em licitações e desvio de dinheiro público da (Setas), por meio de contratos milionários com instituições sem fins lucrativos, Os desvios foram concretizados por meio de fraudes em licitações firmadas com institutos e empresas de fachada que em tese, deveriam oferecer cursos de qualificação profissional para a população, principalmente no período que antecedeu a Copa do Mundo de 2014 que teve Cuiabá como uma das subsedes.

 

Continue lendo

Política MT

Termo das obras de ponte sobre o rio das Mortes é assinado

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Dr. Eugênio (PSB) comemorou no final da tarde desta quinta-feira (2), a assinatura do termo de lançamento de serviços das obras da ponte sobre o rio das Mortes, entre as cidades de Nova Nazaré e Cocalinho.

O ato de assinatura do termo de lançamento foi realizado pelo governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), através de videoconferência, com a presença do secretário de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo de Oliveira.

O deputado lembrou que desde o primeiro dia que colocou os pés no Parlamento do estado, tinha cobrado que o sonho da ponte saísse do papel e se tornasse realidade. 

“Apesar de tudo que estamos passando em relação à saúde, hoje foi um dia muito feliz pra mim e para todos, quero lembrar que a construção da futura ponte sobre o rio das Mortes, na MT-326, é uma antiga luta da sociedade regional, e que passou a ter apoio técnico e político da nossa equipe, a partir do momento que me tornei o deputado do Araguaia”.

A construção da ponte sobre o rio das Mortes vai ajudar na melhoria e rapidez do trânsito e no escoamento da gigantesca produção de calcário existente no município de Cocalinho, a ponte fica na “Rodovia do Calcário”. Outra obra lançada na quinta-feira foi à ponte sobre o Córrego Água Suja, em Nova Nazaré. A ponte de madeira existente atualmente no local está interditada, depois que foi incendiada e teve a estrutura parcialmente comprometida.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana